Revista JRG de Estudos Acadêmicos http://revistajrg.com/index.php/jrg Revista JRG pt-BR revistajrg@gmail.com (Jonas Rodrigo Gonçalves) revistajrg@gmail.com (Danilo da Costa) Ter, 02 Jan 2024 15:34:02 +0100 OJS 3.2.1.2 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Germinação de sementes de cereus jamacaru dc. Subsp. Jamacaru oriundas do curimataú oriental paraíbano submetidas a diferentes temperaturas http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/937 <p>O Cereus jamacaru DC. subsp jamacaru pertencente a família Cactaceae endêmica do Brasil, encontrada predominantemente no Nordeste. É uma espécie que se desenvolve bem em áreas de clima seco e solos rasos, com bom desenvolvimento em temperaturas que se enquadram no intervalo de 20°C e 30 ºC. Este trabalho objetivou investigar o potencial de germinação de sementes de mandacaru provenientes de quatro áreas do Curimataú Oriental do município de Solânea-PB submetidas a duas temperaturas, constituindo um fatorial 4 x 2. O teste de germinação foi conduzido com 4 repetições de 50 sementes, utilizando-se o papel “mata-borrão” como substrato, totalizando 200 sementes tratamento, nas temperaturas de 25°C e 30°C, desenvolvido em delineamento inteiramente casualizado. As variáveis analisadas foram: germinação, índice de velocidade de germinação e o tempo médio de germinação. A germinação não foi influenciada pelas temperaturas, entretanto, o índice de velocidade de germinação e o tempo médio de germinação se sobressaíram na temperatura 30°C. Em relação às áreas, as sementes provenientes da área Salgado obtiveram médias elevadas de germinação, as de Varjota e Palma para o IVG e tempo médio de germinação, respectivamente. As sementes de C. jamacaru provenientes do Curimataú Paraibano de Solânea apresentaram diferenças significativas quanto à germinação em relação às áreas estudadas, sendo a área Salgado a que obteve maior média (97%). As sementes de Cereus jamacaru DC. Subsp. jamacaru na temperatura de 30ºC apresentaram maior vigor em relação ao IVG, com destaque para a área Varjota. Na área Palma as sementes apresentaram menor tempo médio de germinação (4,01 dias) na temperatura 30°C</p> Rayane Ellen de Oliveira Jerônimo, Joana D’Arck Pê de Nero, Vinicius Alves Martins, Elyan Figueiredo da Silva Cabral, Gilvaneide Alves de Azêredo, Vênia Camelo de Souza Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/937 Sex, 16 Fev 2024 00:00:00 +0100 Variability of temperature, rainfall and reference evaporation of catolé do Rocha-PB municipality, semi-arid region of Brazil http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/578 <p><em>The state of Paraíba, specifically in the alto sertão of Paraíba, is characterized by the spatial and temporal variability of rainfall, of temperature and evapotranspiration, coming from the semi-arid climate that is inserted in the region, and yet, the performance of different meteorological systems. The objective was to quantify the rainfall, temperature and reference evaporation (mm/ month and mm/year) comprised in the experimental period between 2016 to 2020, in the municipality of Catolé do Rocha-PB, in order to determine the history of the rainy and dry season, and thus, minimize agricultural production losses due to environmental factors. The daily rainfall, temperature and reference evaporation data were obtained by means of a rain gauge and the indirect method of the class A tank, respectively. The rainfall (mm year<sup>-1</sup>) was analyzed by the nonparametric Friedman test, the Conover test and reference evaporation (mm year<sup>-1</sup>) applied the parametric test of the ANAVA and the test of Tukey HSD. Both parametric and non-parametric tests were analyzed by Real Statistics. Temperature data was compiled from the website (www.inmet.gov.br) in order to control, statically collecting and decision-making in the process of building scientific knowledge regarding meteorological data (climate - Temperature). Were also analyzed pearson's correlation matrices and elementary principal components analysis for the rainfall variables, Eto and Temperature in the studied experimental period. Were also studied the principal component analysis between the years 2016 to 2020 and its significance by the t test. The average reference evaporation between 2016 and 2020 was 2.1 times greater than rainfall. Mean rainfall and reference evaporation in Catolé do Rocha-PB between 2016 and 2020 were 827 mm ano<sup>-1</sup> and 1704 mm year<sup>-1</sup> and are compatible with historical averages of 800 mm year<sup>-1</sup> and 1700 mm year<sup>-1</sup>, respectively. Inglesa.</em></p> Géssica Martins de Figueredo, Caio da Silva Sousa, Evandro Franklin de Mesquita, Francisco de Oliveira Mesquita, José Paulo Costa Diniz, José Félix de Brito Neto, Alberto Soares de Melo, Josinaldo Lopes Araújo Rocha Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/578 Qui, 15 Fev 2024 00:00:00 +0100 Ações da atenção primária à saúde ao idoso durante a pandemia da Covid-19: uma revisão narrativa http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/905 <p><strong>Objetivo:</strong> Reunir artigos científicos na literatura acerca das ações desenvolvidas/propostas na Atenção Primária à Saúde (APS) para o cuidado da pessoa idosa na pandemia da Covid-19. <strong>Método:</strong> Revisão narrativa da literatura. O levantamento bibliográfico foi realizado no mês de outubro a dezembro de 2020, nas bases de dados LILACS, SCIELO, IBECS, PUBMED e Google Acadêmico. Foi realizada análise da temática publicada na literatura. <strong>Resultados: </strong>Foram incluídas sete publicações, que apontaram uma reestruturação nos serviços/ações da APS, tais como adesão a recursos tecnológicos, visitas domiciliares e fortalecimento com outros setores de assistência com vistas ao atendimento integral ao idoso durante a emergência da pandemia da Covid-19, com o intuito de manter o atendimento dessa parcela da população. <strong>Conclusão:</strong> Tem sido de fundamental importância o desenvolvimento de novas ações e do emprego de inovações tecnológicas pela APS para otimizar a qualidade no atendimento à saúde do idoso em tempos de pandemia.</p> <p>&nbsp;</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>Palavras-chave: </strong>Atenção primária à saúde. Idoso. Infecções por coronavírus. Equipe de Assistência ao Paciente.</p> Ana Beatriz de Almeida Lima, Maísa Isabella Faustino Santos, Clodis Maria Tavares, Ana Cecília Silvestre da Silva Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/905 Ter, 20 Fev 2024 00:00:00 +0100 Avaliação da nefrotoxicidade induzida por platinas em pacientes em tratamento quimioterápico http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/929 <p>São esperados 704 mil casos novos de câncer no Brasil para cada ano do triênio 2023-2025. As modalidades no tratamento do câncer envolvem cirurgia, quimioterapia e radioterapia. Entretanto, as drogas antineoplásicas podem acometer células do corpo com funcionamento normal, gerando efeitos tóxicos ao organismo. Dentre os quimioterápicos utilizados no tratamento do câncer, a cisplatina foi um dos primeiros compostos derivados da platina a serem descobertos, entretanto possui como fator limitante no seu uso, o desenvolvimento de complicações como a nefrotoxicidade. Após a descoberta dos efeitos colaterais no uso de cisplatina, buscou-se a obtenção de análogos que produzissem menos efeitos colaterais, surge então, a segunda geração de platinas, a carboplatina e em seguida a oxaliplatina. Objetivou-se avaliar a ocorrência da nefrotoxicidade induzida por platinas em pacientes realizando tratamento quimioterápico com esses antineoplásicos. Realizou-se uma análise descritiva de todas as variáveis do estudo. Participaram do estudo 160 pacientes. A maioria do sexo feminino, representando 62,5%. Cerca de 57,5% dos pacientes possuíam idade menor do que 60 anos, e 73% da amostra se declararam como pardos/amarelos. A maioria não possuía comorbidades e não apresentava hábitos de vida nocivos. 30% dos pacientes apresentavam metástase. Da amostra total, 28 pacientes foram identificados com Estágio 1 de Injúria Renal Aguda, 1 paciente com Estágio 2, e 2 pacientes com Estágio 3. O medicamento mais nefrotóxico foi a cisplatina. Os pacientes do sexo masculino e os que que possuíam metástases apresentaram maior chances de desenvolvem alguma injúria renal durante o uso de platinas. A partir da pesquisa, foi possível traçar um perfil dos pacientes que fizeram uso dos antineoplásicos derivados das platinas e identificar o medicamento mais envolvido nesse problema. Ampliar o conhecimento sobre o tema, permite que sejam traçadas estratégias visando a prevenção do problema, promovendo um tratamento com menos reações adversas para o paciente oncológico.</p> <p>&nbsp;</p> Raissa Pereira Santos, Lorena Silveira da Silva, Kaic Leite Meira, Hugo Carvalho Barros Gonçalves, Fábio Siqueira Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/929 Sáb, 06 Jan 2024 00:00:00 +0100 O uso da técnica de ulectomia como opção cirúrgica em casos de retenção prolongada na erupção dentária no âmbito odontopediátrico: Uma série de casos http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/900 <p style="font-weight: 400;">O processo de cronologia da erupção dentária é uma parte integrante do crescimento e desenvolvimento infantil. No entanto, o atraso na erupção dos dentes é algo frequente em muitas crianças, sendo necessário o cirurgião-dentista e/ou odontopediatra saber avaliar cada caso. Um dos motivos relacionados a esse atraso é a fibrose gengival, que após uma avaliação clínica e de exames radiográficos minuciosos da região, constatando-se ausência de tecido ósseo, opta-se pelo tratamento por meio da técnica de ulectomia, a qual consiste na exérese dos tecidos que revestem a face incisal da coroa dentária de um dente não irrompido, com o objetivo de permitir um caminho livre para esse dente vir a ocupar sua posição na arcada. O objetivo desse trabalho é relatar uma série de casos clínicos que evidenciam irrompimento dos elementos 11, 12, 21 e 22. Os pacientes descritos relataram queixa de ausência dos dentes anteriores, que após o exame clínico e radiográfico, observou-se que se tratava de uma retenção de erupção dentaria devido a um fibrosamento gengival. O tratamento proposto foi a ulectomia utilizando a técnica convencional, com o bisturi, e a técnica com laser de alta potência, visando a exposição das bordas incisais desses elementos, propiciando, consequentemente, a movimentação eruptiva. Conclui-se que, frente a possíveis casos de retardo na erupção dentaria, a ulectomia se mostra como uma excelente escolha de tratamento, pela sua técnica simples, de recuperação e resultados rápidos, aspirando devolver para os pacientes funcionalidade, saúde e estética.</p> Mateus Sousa Ferreira, Ataydes Dias Magalhães, Bianca Diniz Frazão Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/900 Sáb, 27 Jan 2024 00:00:00 +0100 Frequência e perfil da mielotoxicidade induzida por quimioterápicos em pacientes oncológicos em um hospital público do Distrito Federal http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/927 <p>A mielossupressão induzida por agentes quimioterápicos, definida como a presença de anemia (hemoglobina &lt; 10,0 g/dL), neutropenia (contagem absoluta de neutrófilos &lt; 1,5×10<sup>9</sup>/L) e/ou trombocitopenia (plaquetas &lt; 75×10<sup>9</sup>/L), acarreta inúmeras complicações para pacientes oncológicos. Esta condição está associada ao aumento do risco de infecções, fadiga, sangramento, gerando elevação dos custos em saúde, piora na qualidade de vida e no desempenho do tratamento, que por vezes necessita ter sua dose reduzida ou seu ciclo adiado. O objetivo deste estudo foi investigar a incidência e delinear o perfil da mielotoxicidade induzida por quimioterápicos em pacientes adultos com câncer do Hospital Regional de Taguatinga. Foi realizado um estudo transversal descritivo, os dados foram coletados ao longo do período de janeiro a dezembro de 2022. A população analisada totalizou 267 pacientes, com idade média de 56,6 anos e predominância do gênero feminino (73,4%), sendo mama a localização de câncer mais frequente. A classe farmacológica mais prescrita foi a dos agentes alquilantes, recomendada para 230 pacientes. Os protocolos mais frequentemente prescritos foram doxorrubicina + ciclofosfamida, com 88 pacientes (33%), cisplatina monodroga, com 41 pacientes (15,4%), oxaliplatina + capecitabina, com 40 pacientes (15%), e carboplatina + paclitaxel, com 37 pacientes (13,8%). O protocolo composto por carboplatina + paclitaxel foi associado a maior incidência de anemia. Já o protocolo doxorrubicina + ciclofosfamida demonstrou maior propensão à neutropenia, independentemente do grau. Ademais, aproximadamente metade dos pacientes submetidos ao protocolo oxaliplatina + capecitabina apresentaram trombocitopenia de grau 2. A análise comparativa de cada parâmetro associado à mielotoxicidade foi realizada em cada ciclo de quimioterapia e mostrou diferenças entre os protocolos, variando de toxicidade crescente, pontual ou já evidente no primeiro ciclo, com o grau 2 mais frequentemente observado. Essas alterações se manifestaram após a administração da quimioterapia, enfatizando a necessidade de acompanhamento e monitoramento para possíveis intervenções.</p> Lorena Silveira da Silva, Kaic Leite Meira, Raissa Pereira Santos, Hugo Carvalho Barros Gonçalves, Fábio Siqueira Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/927 Sex, 05 Jan 2024 00:00:00 +0100 Risk determinants associated with the non-performance of periodic preventive exams for cervical cancer in the Northern Region, municipality of Porto de Moz, Pará - Brazil: a descriptive study http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/920 <p>Quantitative descriptive cross-sectional study using a pre-coded questionnaire containing socioeconomic information of patients assisted at a Basic Health Unit in the municipality of Porto de Moz, located in the interior of the state of Pará, Brazil. The data was collected from October 10 to 28, 2022, with the participation of 263 women aged 18 to 64 years who sought care at the research site. The objective of this study was to identify factors related to non-adherence to the Papanicolaou test. Approximately 19.5% of the women did not undergo the exam due to being single, having at least one child, and being between the ages of 18 and 23. Among those who had incomplete elementary education, 29.4% did not take the test, and the majority earned less than one minimum wage. Furthermore, it was found that women in stable relationships did not feel the need to use condoms, which has negative implications for the public health network.</p> Ad’villa Silva Ramos, Murilo Amorim, Célio Amoêdo de Melo, José Eduardo Gomes Arruda, Alexandre Mansuê Ferreira Carneiro Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/920 Sex, 16 Fev 2024 00:00:00 +0100 Educação Infantil e currículo: o (não)lugar do brincar nos atos curriculares http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/893 <p>O presente estudo tem como objetivo trazer à tona reflexões teóricas sobre as aproximações e distanciamentos presentes na relação entre o currículo da Educação Infantil e o (não)lugar do brincar na construção curricular. A reflexão é tensionada por uma dicotomia que atravessa a Educação Infantil onde, de um lado temos a regulação dominante e colonizadora dos adultos, concebida pela racionalização dos números, horários e rotinas universalizantes, e de outro, temos a manifestação imaginativa e inventiva do brincar, a expressividade brincante da criança, a cultura infantil e o tempo-espaço sentido e vivido. Deste modo, tendo como método adotado a pesquisa qualitativa de cunho bibliográfico, o estudo foi edificado nos pressupostos teóricos que tratam sobre o currículo (SANTOMÉ, 1998; SACRISTÁN, 2000 e MOREIRA E SILVA, 2013) em interface com as discussões específicas a respeito do currículo da Educação Infantil (OLIVEIRA, 2010, 2011), bem como, nos campos da Sociologia da Infância (SIROTA, 2001; SARMENTO, 2003, 2004, 2008, 2015; CORSARO, 2011) e da Psicologia Histórico-Cultural (VIGOTSKI, 1991; 2008, 2014), para fundamentar as discussões sobre o sujeito criança e o brincar, respectivamente. Partindo dos aportes da Sociologia da Infância, considerando que as crianças integram realidades específicas, sendo capazes de compreendê-las e modifica-las, acreditamos que a discussão acerca do protagonismo infantil é fundamental para (re)pensarmos o currículo, alargando o nosso olhar a fim de dar conta dos espaços/lugares/tempos destinados às crianças e ao brincar, com vistas a contribuir para a ampliação do debate sobre aspectos essenciais à construção curricular da Educação Infantil.</p> Hortência Pessoa Pereira, Fábio Viana Santos, Mariana Aguiar Manenti Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/893 Seg, 08 Jan 2024 00:00:00 +0100 Os quintais agroflorestais e sua contribuição para a segurança alimentar e nutricional de adolescentes do Assentamento Rural Tarumã Mirim-Manaus-AM http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/942 <p>Sabendo da importância de uma alimentação saudável e adequada para a promoção da saúde e prevenção de doenças, por esta razão o objetivo deste trabalho foi de avaliar a contribuição das espécies que compõem os quintais agroflorestais para o consumo alimentar de adolescentes de 15 a 19 anos, alunos do ensino médio tecnológico, localizada no Assentamento Tarumã Mirim. O presente estudo foi realizado em uma escola municipal localizada na Comunidade Ramal do Pau Rosa, no Projeto de Assentamento Tarumã Mirim, BR174 (trecho Manaus – Boa Vista), com acesso pelo Km 21, município de Manaus –AM. Neste trabalho foi utilizado o Formulário de Marcadores de Consumo Alimentar, para investigar a frequência alimentar dos adolescentes, este formulário foi elaborado pelo SISVAN (Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional). A frequência das refeições diárias também foi estudada (café, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia) para verificar o ritmo alimentar desses indivíduos. Paralelo a isso, foi realizado um levantamento de espécies de autoconsumo alimentar das espécies oriundas dos quintais agroflorestais produtivos. Os resultados indicaram que a maioria do que é produzido nos sítios é vendido e pouco é consumida pelos produtores, e observou-se que a base da alimentação dos adolescentes é de produtos industrializados, comprados na cidade. Apesar de se considerarem saudáveis, ainda tem que melhorar o hábito de consumirem verduras e frutas cruas que estão nos seus quintais.</p> <p>&nbsp;</p> Anna Carla de Castro Paixão, Diana Nunes de Oliveira, Wellison Rafael de Oliveira Brito Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/942 Sex, 16 Fev 2024 00:00:00 +0100 As plantas na constituição de professores: formação e prática docente em Biologia http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/910 <p>A pesquisa tem como objetivo analisar os currículos das Licenciaturas de Ciências Biológicas, a fim de verificar de que modo se dispõem os saberes relacionados às plantas, bem como verificar sua adequação para a formação e prática dos professores de Biologia na região metropolitana de Manaus, no sentido da valorização dos saberes populares amazônicos sobre as plantas. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, baseada na análise das entrevistas e questionários de professores de Biologia da cidade de Manaus, bem como por meio da análise de documentos oficiais. Os dados foram analisados por meio da Análise Textual Discursiva. Com base nas análises realizadas, foi possível compreender como está ocorrendo o ensino de conteúdos associados às plantas na formação dos professores e, consequentemente, na formação dos estudantes da educação básica. Com base na Análise Textual Discursiva, obtivemos quatro categorias que emergiram das falas dos professores: Ensino voltado para a sala de aula, espaços e estruturas nas escolas, relações dos professores com as plantas e Ensino de Botânica. Foi possível verificar que durante a formação inicial dos professores, as disciplinas que abordam conteúdos associados às plantas são muito específicas, no que chamamos de "Botânica pura" (Taxonomia, Sistemática, Anatomia e Fisiologia), não havendo nessas disciplinas, uma relação de contexto com a futura prática docente dos licenciandos. Além disso, o próprio conteúdo programático do ensino médio não fortalece a prática do ensino destes conteúdos, já que não consta no conteúdo obrigatório. Dessa forma, de acordo com sua constituição docente, o que envolve os saberes e as experiências de cada professor, alguns desenvolveram habilidades na prática de ensino de Botânica, outros por sua vez, realizam atividades superficiais. Com base nesses resultados, incentivamos uma reflexão e também uma reformulação dos currículos da graduação para que incluam, nos documentos oficiais, uma relação entre as disciplinas específicas de Botânica e a prática do futuro docente, para que, ao formar os docentes, esses sejam capacitados para promover uma aprendizagem de conteúdos associados às plantas com práticas que considerem o universo temático do estudante como elemento estruturador de suas práticas, pois o conhecimento dessa área é essencial na formação de amazônidas que compreendam a relevância de seus saberes para a preservação de sua memória biocultural.</p> Diana Nunes de Oliveira, Welton Yudi Oda Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/910 Ter, 23 Jan 2024 00:00:00 +0100 Utilização de modelo didático no ensino de DNA com acessibilidade a deficientes visuais http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/938 <p>Ao decorrer dos anos, tem-se a necessidade de que as aulas de Biologia sejam reinventadas, fazendo com o ensino tradicional seja repensado, onde o professor enquanto mediador do conhecimento necessitará tornar suas aulas de Biologia mais dinâmicas e atrativas, contribuindo assim para máxima absorção de conhecimentos ensinados em sala de aula. Em adição, o profissional precisará pensar em abordagens que alcancem os discentes que apresentam alguma necessidade especial tais como: os deficientes visuais. A utilização de modelo didático favorece com que haja uma experiência mais próxima com o objeto de estudo em questão e a inclusão de pessoas com deficiências visuais no ensino regular favorece com que haja a quebra de paradigmas, uma vez que esses alunos possuem as mesmas habilidades cognitivas e possibilidades de conhecimento. Nesse sentido, buscou-se produzir a estrutura do DNA com acessibilidade a pessoas com deficiências visuais. Construiu-se as duplas fitas de DNA em formato 3D, e para representar cada base nitrogenada que a compõem, colocou-se a letra que a identifica em formato de braile, possibilitando assim que a atividade de tato fosse realizada pelo deficiente visual e que o mesmo conseguisse identificar a base nitrogenada presente. Além disso, a dupla fita foi identificada com materiais de fácil acesso, onde a cada toque eles observaram a presença da divisão do ácido nucleico em duas partes. Neste trabalho, desenvolvemos estratégias lúdicas dentro de sala de aula favorecendo com que o processo ensino e aprendizagem de Biologia fosse realizado de forma eficaz.</p> Sarah Lorena Silva Santos, Welberth Santos Ferreira, Suelen Rocha Botão Ferreira Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/938 Sex, 16 Fev 2024 00:00:00 +0100 O uso do ultrassom na avaliação de massa magra e previsão de desfechos clínicos em pacientes críticos http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/907 <p>A perda muscular em pacientes críticos é comum devido a imobilização prolongada, estado inflamatório, gravidade da doença de base, complicações metabólicas e dificuldade na adequada ingestão de nutrientes essenciais. Nesses pacientes, o acompanhamento do estado nutricional é essencial, mas desafiador devido às limitações práticas em ambientes de cuidados intensivos.&nbsp; Nesse contexto a ultrassonografia tem emergido como uma ferramenta promissora à beira leito para avaliação de massa muscular.&nbsp; Esta revisão bibliográfica integrativa tem como objetivo responder à seguinte pergunta: reduções na qualidade e quantidade muscular têm implicação sobre os desfechos clínicos em pacientes críticos? A pesquisa por artigos científicos foi conduzida através de uma busca eletrônica no portal <em>PubMed</em>, com critérios de inclusão que englobaram artigos completos disponíveis eletronicamente, publicados em português, inglês ou espanhol, abordando a qualidade/quantidade muscular (avaliada por ultrassom) e desfechos clínicos em pacientes adultos críticos (idade &gt; 18 anos). Estudos focados no músculo peitoral e diafragma, pesquisas com pacientes não críticos, artigos de revisão e cartas de apresentação foram excluídos da amostra. Quinze estudos, totalizando 992 pacientes, preencheram os critérios de seleção. As reduções observadas durante o período de internação mostraram-se significantes e progressivas, estabelecendo uma correlação consistente com desfechos clínicos e funcionais na maioria dos estudos. O aumento na ecogenicidade e reduções na espessura e área muscular parecem estar relacionados ao aumento da mortalidade, tempo de ventilação mecânica, tempo de internação, disfunções orgânicas e piora da capacidade funcional. Este conjunto de evidências ressalta a importância da avaliação muscular e da ultrassonografia como uma ferramenta valiosa para compreender e antecipar desdobramentos clínicos em pacientes críticos.</p> Yone Gabrielle do Nascimento Sodré, Polyana Alves Rodrigues Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/907 Ter, 23 Jan 2024 00:00:00 +0100 Conhecimento interprofissional e fatores intervenientes no cuidado ao paciente crítico com COVID-19 em parada cardiopulmonar intra-hospitalar http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/932 <p>Objetivo: Verificar o conhecimento explícito e os fatores não modificáveis que interferem no conhecimento sobre ressuscitação cardiopulmonar intra-hospitalar no cuidado realizado por profissionais de saúde. Método: Estudo transversal quantitativo desenvolvido em uma Unidade de Terapia Intensiva adulto com amostra constituída por 115 profissionais de saúde. Utilizou-se questionário semiestruturado, validado pelo método Delphi, dividido em três domínios. Foi realizada análise descritiva e testado hipótese pelos testes Kruskal-Wallis e Dunn-Mann-Whitney. Foram calculadas correlações de Spearman entre variáveis contínuas/ordinais e considerado como significativo α de 5%. Resultados: O conhecimento sobre suporte básico de vida foi superior ao suporte avançado de vida (68,8% vs 59,1%). Os profissionais apresentaram nota mediana de 80 (70-85) pontos em relação ao conhecimento relacionado a parada cardiopulmonar em pacientes com COVID-19. A idade (p=0,044) e o tempo de formação profissional de saúde (p=0,007) se mostraram como fatores não modificáveis que interferem significativamente no nível de conhecimento. Conclusão: O conhecimento interprofissional explícito sobre o atendimento ao paciente em parada cardiopulmonar mostrou-se satisfatório, mas ainda com lacunas no que se refere aos aspectos relacionados ao atendimento do indivíduo com COVID-19. A idade e o tempo de formação do profissional de saúde se mostraram como fatores não modificáveis que interferem significativamente no nível de conhecimento.</p> Susi Cristalino Pereira, Tayse Tâmara da Paixão Duarte, Marcia Cristina da Silva Magro Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/932 Qui, 15 Fev 2024 00:00:00 +0100 A participação de mulheres como técnicas em equipes de futsal no Paraná http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/901 <p>O objetivo do presente estudo foi elucidar em que termos acontece a inclusão de mulheres como treinadoras de equipes profissionais de futsal no Paraná. Para tanto, foram entrevistadas as cinco mulheres registradas como treinadoras na chave ouro do campeonato paranaense, com 38 ± 8 anos de idade, com 18 ± 6 anos de profissão, tendo suas respostas organizadas de acordo com a teoria da análise de conteúdo de Bardin (1977). No que diz respeito à inserção no esporte, nota-se que se dá através dos círculos sociais compostos de família e amigos primeiramente como expectadoras, passando para atletas e posteriormente para treinadoras. Esta última posição se dá primeiramente através da formação acadêmica, onde já acontecem as primeiras experiências com a gestão esportiva, não necessariamente na modalidade, mas, que as mesmas utilizam de iniciação para a prática laboral, transferindo essa seara de conhecimentos e vivências para a gestão em seus clubes e participação em competições, absorvendo os demais personagens (gestores, atletas, torcida, árbitros e adversários) neste ínterim, onde as mesmas relatam ainda haver muito preconceito, ainda que velado, mas, que transpor essa barreira é apenas mais uma motivação para trabalhar. Em suma, é possível concluir que o espaço da mulher no futsal vem sendo galgado em diversas frentes, e para que haja ampliação no número de treinadoras, é necessário expandir o acesso e consequentemente, a quantidade de praticantes na modalidade.</p> Rafael Gemin Vidal, Alessandra Fátima Cezne Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/901 Dom, 21 Jan 2024 00:00:00 +0100 Carcinoma adenoide cístico em palato duro: relato de caso http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/926 <p>O carcinoma adenoide cístico (CAC) é o tumor maligno mais frequente das glândulas salivares menores. É uma neoplasia maligna rara de crescimento lento, caracterizando prognóstico desfavorável, devido a sua agressividade e grande potencial de recidivas. Representam 3-10% do total das neoplasias da cabeça e do pescoço, sendo que as de glândulas salivares menores constituem aproximadamente 25% do total dos tumores de glândulas salivares. Neste trabalho temos como objetivo relatar um caso de CAC em palato mole com evolução rápida e assintomático. Este tumor é comumente caracterizado pela presença de dor, alta taxa de recidiva, metástase e baixa sobrevida. A realização de estudos com acompanhamento destes pacientes é de suma importância para uma melhor avaliação do prognóstico da doença.</p> Laura de Jesus Araujo, Emanuella Priscilla Magalhães Gomides, Lara Mônica Feliciano de Jesus, Irisley de Jesus Araujo, Guilherme dos Santos Silva, Cláudio Maranhão Pereira Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/926 Ter, 06 Fev 2024 00:00:00 +0100 Avaliação da cardiotoxicidade em pacientes com câncer de mama em tratamento com trastuzumabe em uma unidade de oncologia do Distrito Federal http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/919 <p>O câncer de mama é um conjunto de doenças com elevada incidência na população brasileira e no seu tratamento há a utilização de antineoplásicos cardiotóxicos. Este trabalho tem como objetivo desse analisar a cardiotoxicidade em pacientes com câncer de mama <em>receptor tipo 2 do fator de crescimento epidérmico humano</em>em tratamento com trastuzumabe no ambulatório de oncologia do Hospital Regional de Taguatinga – Distrito Federal,por meio de um estudo transversal no período entre janeiro de 2022 a dezembro de 2022, utilizando os valores da Fração de Ejeção do Ventrículo Esquerdo &nbsp;antes e durante o tratamento antineoplásico. Além disso, também foram verificadas informações como idade, comorbidades e hábitos nocivos para traçar um perfil dos pacientes. 34 pacientes foram incluídos na pesquisa, sendo em sua totalidade do sexo feminino, com predomínio de idade inferior a 60 anos e cor/raça parda/amarela. Com relação as características clinicas, a maioria das pacientes não possuíam outras comorbidades e nem fazia uso de hábitos noviços de vida, sendo que apenas três tiveram redução do valor da Fração de Ejeção do Ventrículo Esquerdo ≥ 16% e dentre estas, duas com valores inferiores a 55%. De maneira geral, o tratamento do câncer de mama pode resultar em cardiotoxicidade, sendo este efeito adverso presente nas pacientes em tratamento no Hospital Regional de Taguatinga.</p> Kaic Leite Meira, Raissa Pereira Santos, Lorena Silveira da Silva, Hugo Carvalho Barros Gonçalves, Fabio Siqueira Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/919 Seg, 29 Jan 2024 00:00:00 +0100 Cinética da decomposição da matéria orgânica vegetal e liberação do CO2 edáfico em sistemas de cultivo e em áreas de floresta http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/944 <p>As análises de gases produzidos pelo solo fornecem importantes indicativos nos processos radiculares e microbiais que nele ocorrem. Estudos de evolução de CO<sub>2 </sub>e difusão de O<sub>2</sub>, dentro da massa do solo e da rizosfera, podem mostrar as interações predominantes entre microrganismos do solo e a decomposição da matéria orgânica. Devido às limitadas informações sobre esses processos, o presente trabalho objetivou avaliar a dinâmica da decomposição dos resíduos vegetais de <em>Schinus terebinthifolius e Gliricidia sepium </em>e a respiração edáfica em diferentes sistemas de uso e manejo do solo. A escolha das espécies se deu pelo fato destas apresentarem diversas utilidades e terem sido introduzidas em várias microrregiões do nordeste brasileiro, sobretudo, no semiárido. O monitoramento da respiração edáfica foi realizado entre o período de 21 de fevereiro a 23 de junho de 2022, durante o período de chuva na região. Utilizou-se cinco sistemas de uso e ocupação do solo: Mandala agrícola (MA), Floresta (F), Sistema agroflorestal (SA), Monocultivo de palma (MP) e Área degradada (AD). Para quantificar o dióxido de carbono liberado em cada sistema, utilizou-se a metodologia proposta por Grisi (1978). Os resultados demonstraram que os diferentes sistemas de cultivo e floresta influenciam a decomposição da fitomassa foliar de<em> G. sepium</em> e <em>S. terebinthifolius</em>. A velocidade de decomposição de <em>G. sepium</em> é maior no sistema de cultivo no MP, seguido pela AD, FL, MA e SAF. A velocidade de decomposição da <em>S. terebinthifolius</em> é maior na área AD, seguido pela MP, MA, FL e SAF. As diferentes formas de uso e cobertura da terra interferem na respiração edáfica. Sistemas com maior intervenção antrópica liberam mais CO<sub>2</sub> para atmosfera. Áreas de vegetação natural funcionam como receptoras e poços de CO<sub>2</sub>. O sistema do SAF emite maior quantidade de CO<sub>2</sub>, seguido pela MA, AD, MP e FL.</p> Ariel Roxany da Silva Brasileiro, Alex da Silva Barbosa, Anderson Matias Fragoso, Maria Janaina Lira Vital, Italo de Souza Aquino Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/944 Ter, 20 Fev 2024 00:00:00 +0100 Todo dia uma questão, todo dia uma luta - A experiência emocionalmente vivida na criação e/ou acionamento de estratégias de permanência por estudantes negras lésbicas e bissexuais na UFMT http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/915 <p>As cotas raciais são políticas de ações afirmativas à curto prazo que visam corrigir desigualdades no ingresso na Educação Superior, o que implica na garantia da permanência. Assim, nosso objetivo é compreender as estratégias de permanência que estudantes negras lésbicas e bissexuais criam e/ou acionam no enfrentamento à estrutura racista, machista e homofóbica ainda vigente na Educação Superior brasileira afim de concluírem suas graduações, a partir da psicologia sócio-histórica, mais especificamente o conceito de experiência emocionalmente vivida. São utilizadas na análise as contribuições que o Estudo das Relações Raciais em interface com a Educação e a Psicologia já revelaram, do Feminismo Negro, bem como as importantes observações feitas no campo científico acerca da permanência na Educação Superior no contexto de democratização do acesso à educação superior e o conceito de experiência emocionalmente vivida cunhado por Vygotsky (1935). É uma pesquisa qualitativa de caráter bibliográfico e exploratório, na qual utilizamos a técnica de coleta de dados das entrevistas semiestruturadas, sendo que para chegar até as estudantes, usamos a amostragem em “bola de neve”. Ao final da análise do conteúdo, evidencia-se que as estudantes negras lésbicas e bissexuais criam e acionam diversas estratégias de permanência para conseguirem enfrentar a estrutura social marcada pelo racismo, machismo, lesbofobia, bifobia e elitismo que infelizmente também estão presentes no meio universitário. Foi observado também que há a necessidade de intervenções institucionais para mudar este cenário, pois, estes atravessamentos comprometem o desempenho acadêmico destas estudantes. As falas revelam que a não conclusão dos cursos nos quais estão matriculadas é produto do processo de exclusão e isolamento que elas sofrem ao longo da graduação, estes por sua vez advindos da marca do elitismo nas universidades, do epistemicídio que silencia mulheres negras por séculos, bem como das dificuldades enfrentadas para acessar programas de auxílios que lhes são de direito.</p> Valquiria da Silva Ferreira, Ana Luisa Alves Cordeiro Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/915 Dom, 28 Jan 2024 00:00:00 +0100 O papel da família na promoção do envelhecimento saudável em idosos: uma revisão integrativa http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/940 <p>O estudo objetivou investigar na literatura científica a importância da família para a promoção do envelhecimento saudável em idosos. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica do tipo revisão integrativa da literatura, com dados extraídos do LILACS, BDENF e IBECS via plataforma BVS, SCOPUS e WEB OF SCIENCE. Foram identificados 1299 artigos estudos primários cuja a temática foi sobre o papel da família frente ao envelhecimento saudável da população idosa, publicados em inglês, espanhol e português nos anos de 2018 a 2023 por meio dos Descritores em Ciências e Saúde (DECS) e Medical Subject Headings (MESH) indexados nas bases de dados supracitadas, sendo selecionados para o desenvolvimento do trabalho apenas 08 artigos. Os critérios de exclusão foram: produção duplicada, teses e dissertações, artigos de revisão, de opinião e ensaios teóricos, cartas ao editor, boletins e resumos, artigos incompletos, livros, monografias, manuais e guias. Os resultados mostraram que existe um envelhecimento populacional e para que seja de forma saudável, a família precisa compreender como se dá esse processo, as particularidades dessa fase da vida, mesmo com as mudanças nos padrões familiares existe a necessidade de perdurar o cuidado e atenção aos idosos. Conclui-se com este trabalho que juntamente com o envelhecimento populacional, existe a necessidade de conhecer o processo de senescência do ser humano e todas as características atribuídas a ele, família é a principal rede de apoio do idoso, sendo as pessoas mais próximas que cuidam em momentos de dependência.</p> Emmily Fabiany Sousa Rodrigues, Thamiris Siqueira da Silva, Raydelane Grailea Silva Pinto, Maísa Ravenna Beleza Lino, Filipe Melo da Silva, Matheus Henrique da Silva Lemos Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/940 Dom, 18 Fev 2024 00:00:00 +0100 Academic development in technical high school courses in the north region of Brazil: overcoming obstacles and promoting engagement http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/898 <p>Continuous development in academic learning can be hindered by rigid rules, resulting in a disconnection between students and the learning process. Promoting socialization and a sense of belonging in the academic environment contributes to student satisfaction. The ability to manage emotions is crucial when facing social challenges, preventing the emergence of emotional instabilities. This article presents a literature review that addresses the teaching and learning process. Based on this review, a structured questionnaire was developed and administered to 108 students from the integrated technical courses at the Tarauacá campus of IFAC, with the purpose of collecting relevant data on their perceptions, opinions, and experiences. Through this process, the psychological consequences of these aspects and their impact on academic performance and learning were aimed to be understood. Upon analyzing the selected studies and the questionnaire results, it is evident that there are practical, cognitive, and emotional challenges that affect students' learning process. To overcome these obstacles, it is important to address issues such as social pressure, differences in learning pace, and inappropriate practices, creating a positive learning environment and adapting pedagogical approaches to students' needs. The constructive approaches proposed in the reviewed studies positively influence students' academic performance, stimulating essential skills and promoting a holistic education. However, it is necessary to rethink the structure of education to keep students motivated, considering issues such as school dropout caused by challenges like remote campus location and financial limitations.</p> Luana de Jesus Souza, Dion Alves de Oliveira, Rodrigo Duarte Soliani, Simone de Freitas Ferreira Alves, Muller Padilha Gonçalves, Leonardo Augusto Rodrigues da Silva Nora, Francisco Bezerra de Lima Júnior Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/898 Seg, 08 Jan 2024 00:00:00 +0100 Experimentações e inovações no fazer da telenovela brasileira http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/682 <p style="margin: 0cm; text-align: justify;"><span style="font-family: 'Arial',sans-serif;">Neste artigo propomo-nos a identificar rupturas e descontinuidades no formato da telenovela brasileira, considerando aquelas produções que apresentaram novidades no nível da narrativa, da linguagem televisiva e da temática abordada. Para isso, fizemos um recorte empírico de algumas telenovelas de ruptura na teledramaturgia nacional desde a década de setenta até a contemporaneidade, como Saramandaia (1976), Pantanal (1990) e Cordel Encantado (2011), dentre outras, e mapeamos as marcas de inovação do projeto poético que direcionou a produção delas, a partir de uma análise dos mecanismos de ruptura que elas introduziram. </span></p> Aliana Barbosa Aires, Josenilde Silva Souza, Andrea Celeste Montini Antonacci Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/682 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Papel do Enfermeiro no Tratamento da Hanseníase http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/678 <p>Objetivo: Este estudo tem como objetivo ressaltar a importância do enfermeiro, diante da adesão e eficácia ao tratamento da hanseníase. Método: Trata-se de uma revisão de literatura, que determina síntese de informações de artigos disponíveis na literatura, utilizando-se de técnica para análise dos dados achados e evidenciado por autores especializados na temática. Resultados: A pesquisa nas bases de dados descritas com quantidade total de 36 no LILACS, 20 no BDENF e 23 no SCIELO. Após leitura dos temas, foram escolhidos 06 artigos no LILACS, 05 no BDENF e 06 no SCIELO. Discursão: O enfermeiro tem papel fundamental no rastreamento da hanseníase para diagnóstico precoce, atuando ativamente do tratamento, com planejamento nas ações de educação em saúde com foco na diminuição de incapacidades e transmissão, ou seja, o enfermeiro deve orientar a importância da adesão ao tratamento. Conclusão: Concluímos que o enfermeiro possui um papel essencial no tratamento da hanseníase, pois atua de forma proativa, com realização das consultas de enfermagem.</p> Paula Cristina da Silva, Rafael dos Santos, Ironaide Ribas Pessoa Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/678 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Tratamento da sífilis congênita em recém-nascidos: uma revisão integrativa http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/685 <p><strong>RESUMO</strong></p> <p><strong>Objetivo: </strong>Identificar através da literatura científica a eficácia do tratamento da sífilis congênita em recém-nascidos perante a alta incidência de casos notificados. <strong>Método:</strong> Trata-se de um estudo de revisão integrativa, qualitativa permitindo sua análise com base em dados avaliados nas revistas acadêmicas BVS, SCILEO, Google Acadêmico e um livro de Pesquisas Científicas, no período de 2020 a 2022. <strong>Resultados: </strong>Utilizando como base 11artigos e um livro de Pesquisas Científicas da Saúde, analisados após sua leitura, foram evidenciados a importância do Enfermeiro e suas estratégias de prevenção no que se refere ao tratamento da sífilis.<strong> Conclusão:</strong> Apesar da sífilis congênita ser de fácil diagnóstico, as estratégias da atenção básica garantem a eficácia no tratamento, mesmo perante a incidência dos casos.</p> Jucilene Santos de Sousa, Welda Pollyana Oliveira Silva, João Paulo Malta da Silva Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/685 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Tecnologias no ensino de matemática: uso da calculadora HP 12 c na resolução de problemas de matemática financeira em um curso de matemática licenciatura http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/692 <p>O objetivo deste estudo é apresentar, de forma clara e objetiva, os principais recursos disponíveis na calculadora HP 12 C, em especial operações algébricas, envolvendo porcentagem, juros e descontos por meio de resolução de problemas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com intervenção, e para isso utilizou-se a calculadora financeira HP 12 C como ferramenta pedagógica para a resolução de problema. Com essa estratégia a investigação propôs-se contribuir com os alunos para o exercício da cidadania, resolvendo situações do cotidiano, bem como subsidiar informações e conhecimentos que poderão ser úteis no mercado de trabalho. Apresenta-se aos sujeitos de investigação conceitos básicos relacionados ao tema proposto, com exemplos contextualizados, especificando os principais agentes que facilitam o entendimento do conteúdo.</p> Darcio Pereira Damaceno, Raimundo José Barbosa Brandão, Raimundo Martins Reis Neto Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/692 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Assistência de enfermagem nas perdas neonatais: revisão integrativa http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/668 <p><strong>Objetivo:</strong> buscar na literatura a importância da sensibilização da equipe de enfermagem quando as perdas neonatais. <strong>Método</strong>: revisão integrativa da literatura em que foram realizadas buscas nos bancos de dados LILACS, SciELO, BDENF, considerando como critérios de inclusão estudos primários disponíveis na íntegra, publicados em português, e no período de 2018 e 2022. Os critérios de exclusão foram estudos do tipo revisão da literatura, duplicados, carta ao editor, editoriais, resumos publicados em anais de eventos, opiniões pessoais, dissertações, teses, capítulos de livros e manuais institucionais. <strong>Resultados:</strong> foram selecionados 05 artigos, sendo todas as publicações de origem brasileira. &nbsp;Após leitura integral e análise dos estudos, foram construídas duas categorias temáticas, são elas: Vivencias da equipe de enfermagem no processo de morte e morrer de neonatos e Impactos de perdas neonatais para a equipe de enfermagem. <strong>Conclusão:</strong> a morte neonatal é um fenômeno complexo e assim como a morte depende dos aspectos culturais onde ela ocorre. Os profissionais de enfermagem que atuam na assistência ao neonato podem enfrentar inúmeros desafios. Nesse contexto, eles carecem de treinamento para realizar atendimento sensível às necessidades dos pacientes e de seus familiares, sem deixar de lado os seus aspectos psicológicos e emocionais.</p> Maria Camila Vieira da Silva, Estella Emmânuelle de Oliveira Guimarães, Bruna Luizy dos Santos Guedes Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/668 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 O impacto da Covid-19 na saúde física e mental de estudantes universitários da Cidade de João Pessoa, Paraíba http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/694 <p>Objetivo: Identificar os principais fatores que interferiram na saúde física e mental dos estudantes universitários durante à pandemia causada pelo coronavírus 19. Métodos: Trata-se de estudo transversal descritivo, conduzido com 584 indivíduos, estudantes universitários, de ambos os sexos, idade de 21 a 30 anos. Optou-se por incluir alunos matriculados que vivenciaram a pandemia da COVID-19. Os critérios de exclusão foram os alunos que ingressaram na faculdade após o início da pandemia. Os dados obtidos foram analisados por estatística descritiva através do software Statistical Package for the Social Sciences 22.0 (SPSS). O estudo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: A amostra, com média de idade de 21 ± 30 anos, apresentou transtorno psicológico associado à pandemia (47,8%), tendo apenas 45,5% mantido o peso no período pandêmico. Há relação entre o consumo de bebida alcoólica com transtorno psicológico (p=0,003) e tratamento psiquiátrico (p=0,006), além de hábito tabagista com sexo (p=0,001) e também com tratamento psiquiátrico (p=0,034). Diante da proibição governamental da presença dos alunos nas instituições, em razão da quarentena doméstica imposta, as escolas e universidades tiveram que adotar o modelo virtual de aprendizagem. Os resultados da pesquisa evidenciam que a interrupção do aprendizado presencial, mediada pela quarentena, afetou a saúde mental e física dos alunos participantes. Conclusão: os resultados apontam que quase metade dos entrevistados apresentaram reduções nos comportamentos positivos de saúde e deterioração da saúde mental e física dos discentes.</p> Alice Lins de Albuquerque Cavalcanti Mendes, Lara Nunes Gomes, Eveline de Almeida Silva Abrantes, Layza de Souza Chaves Deininger, Gregório Fernandes Gonçalves Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/694 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Projeto terapêutico singular em uma unidade primária de saúde: um relato de experiência http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/667 <p><strong>Introdução: </strong>O Projeto Terapêutico Singular é um trabalho realizado pela equipe interdisciplinar de saúde com vistas ao acompanhamento de um caso específico que envolve um sujeito ou uma comunidade.<strong> Objetivo</strong>: Relatar a experiência acadêmico assistencial de estudantes de Enfermagem&nbsp; durante a elaboração conjunta de um projeto terapêutico singular (PTS) &nbsp;na Unidade de saúde da Família Guaxuma em&nbsp; &nbsp;visita domiciliar de usuária com&nbsp; doença&nbsp; crônica agudizada. <strong>Método</strong>: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, do tipo relato de Experiência, que aborda a vivência das enfermeirandas, no estágio curricular obrigatório em uma Unidade de Saúde da Família, na construção de um PTS. <strong>Resultados:</strong> foram realizados visitas domiciliar e &nbsp;encontros&nbsp; semanais com a equipe multiprofissional em saúde &nbsp;para&nbsp; discussão&nbsp; dos&nbsp; casos,&nbsp; visando&nbsp; alinhar&nbsp; os objetivos&nbsp; terapêuticos&nbsp; a&nbsp; curto,&nbsp; médio&nbsp; e&nbsp; longo&nbsp; prazo,&nbsp; resultando&nbsp; na&nbsp; construção&nbsp; do plano&nbsp; de&nbsp; intervenções baseado&nbsp; nas&nbsp; necessidades&nbsp; de&nbsp; saúde,&nbsp; sociais&nbsp; e&nbsp; político-programáticas&nbsp; do sujeito singular. <strong>Considerações finais</strong>: A proposta do PTS permitiu problematização por parte&nbsp; da&nbsp; equipe&nbsp; multiprofissional&nbsp; das necessidades&nbsp; específicas&nbsp; do&nbsp; individuo,&nbsp; contemplando a&nbsp; integralidade&nbsp; da&nbsp; atenção&nbsp; em&nbsp; uma&nbsp; perspectiva humanizada&nbsp;&nbsp; do&nbsp;&nbsp; atendimento,&nbsp;&nbsp; socialização&nbsp;&nbsp; dos&nbsp;&nbsp; saberes,&nbsp;&nbsp; incorporação&nbsp;&nbsp; da&nbsp;&nbsp; multidimensionalidade&nbsp;&nbsp; nas abordagens e o aprimoramento das práticas assistenciais.</p> Maria Angélica dos Santos de Lima, Rayanne kelly de Alcântara Calado, Maria da Gloria Freitas, Maria José Ribeiro Sampaio Silva Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/667 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 A intervenção fisioterapêutica em lactentes com assimetria craniana http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/676 <p><strong>Introdução</strong>: As assimetrias cranianas são deformidades que acometem muitos lactentes no Brasil. O problema de pesquisa deste estudo é: quais os recursos fisioterapêuticos utilizados no tratamento da assimetria craniana que demonstram resultados efetivos? <strong>Objetivo:</strong> Realizar um levantamento bibliográfico sobre a efetividade de tratamentos fisioterapêuticos voltados para os bebês com assimetria craniana. <strong>Métodos</strong>: Trata-se de uma pesquisa bibliográfica do tipo revisão integrativa da literatura para possibilitar a análise de estudos científicos já realizados a respeito do tema. Os dados foram coletados no período de 2019 a 2023, tendo como critério de inclusão artigos publicados no período de 2018 a 2023 em bases indexadas. <strong>Conclusão</strong>: a diferenciação entre a eficácia dos tratamentos é difícil devido à falta de sistemas de medição e protocolos padronizados, à variedade de resultados e à escassez de estudos de alta qualidade e com amostras significativas. Por isso, mais estudos tanto sobre a assimetria craniana quanto ao TMC são necessários. No entanto, no geral, as orientações sobre reposicionamento (incluindo tempo na posição supino) e alongamento conduzido por profissional especializado se mostraram intervenções de baixo risco, potencialmente úteis e de baixo custo a serem consideradas pelos pais e pelos profissionais.</p> Luciano de Oliveira, Mariane Sales Martins, Valmir Batista Miranda Júnior Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/676 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 As causas da não adesão de gestantes de baixo risco ao pré-natal na Atenção Primária à Saúde e suas repercussões http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/677 <p><strong>Objetivo</strong>: identificar os principais fatores que influenciam a não adesão das gestantes de baixo risco ao pré-natal oferecido na Atenção Primária à Saúde. <strong>Método</strong>: trata-se de uma revisão integrativa de literatura, que buscou artigos científicos sobre o tema publicados entre 2013 e 2023, nas bases de dados Pubmed, Google Acadêmico, Scielo e Biblioteca Virtual de Saúde, tendo oito estudos selecionados, analisados e discutidos. <strong>Conclusão</strong>: a falta de adesão das gestantes de baixo risco ao pré-natal é um desafio complexo e multifatorial. Os aspectos socioeconômicos, culturais, psicossociais e organizacionais atuam de forma interligada, influenciando os caminhos que cada gestante toma em busca de assistência e cuidado durante a gestação.</p> Karina da Silva de Paula, Amanda Cabral dos Santos Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/677 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Letramento matemático e científico no curso de licenciatura em pedagogia: a utilização de metodologias ativas na construção de experimentos científicos http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/695 <p>Esta pesquisa é de natureza qualitativa e procura articular o letramento científico e matemático com a utilização de metodologias ativas no ensino de conceitos básicos das ciências Naturais e da Matemática. Compreender que os conceitos e seus significados nos Anos Iniciais, passa pelo ensino superior, principalmente no curso de Licenciatura em Pedagogia, uma vez que o Pedagogo é o profissional habilitado e mais atuante nessa fase da educação, portanto, a formação docente é um dos pontos chaves para conduzir melhor o processo de ensino e aprendizagem desse componente curricular. A problemática consiste que no curso de Pedagogia, as disciplinas que abarcam os conteúdos das Ciências Naturais e da Matemática, remete apenas a parte metodológica, ficando os conteúdos específicos necessários a cargo da educação básica recebida pelos acadêmicos, que em grande parte é falha, portanto, o docente que atua no curso em questão deve ter a sensibilidade de sanar as mazelas que existirem e com isso produzir uma aprendizagem significativa. O uso de Metodologias Ativas é uma alternativa efetiva, visto que incentiva o protagonismo do discente, quando associadas a construção de experimentos científicos, no qual deve-se enfatizar que os mesmos podem serem realizados em qualquer local, independente da existência de um laboratório, requerendo mais da criatividade do docente do que recursos, este trabalho apresenta as vivências do ensino das Ciências Naturais na formação de professores polivalentes, buscando melhorar a prática docente e a construção do Letramento Matemático e Científico.</p> Darcio Pereira Damaceno, Raimundo José Barbosa Brandão Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/695 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Desconstruindo a Heteronormatividade na Literatura Infantil: O Impacto das Narrativas nas Relações Humanas e na Visão de Mundo http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/693 <p style="font-weight: 400;">A possibilidade de padronizar e conservar as características ditas normais da sociedade faz com que as diversidades sejam suprimidas ou invisibilizadas. As instituições sociais, incluindo a escola, são usadas na estratégia de manter essa relação de poder. &nbsp;A heteronormatividade é encontrada dentro da escola e pode ser percebida no currículo de maneira sutil, em normas institucionais, na arquitetura, nas músicas e na literatura infantil. Este trabalho tem por objetivo analisar os livros infantis que abordam as mais diversas formações familiares que encontramos em nossa sociedade e sua representação, considerando as novas composições familiares. Para tanto, foi utilizada a perspectiva foucaultiana de resistência com o aporte da Teoria Literária em diálogo com autores dos Estudos Culturais e de Gênero. Abordando o livro para a infância enquanto artefato cultural que produz e/ou reproduz e, veicula em seu texto (verbal e ilustrativo), as representações de gênero e de modelos heteronormativos. Assim, observamos a existência de esteriotipais de famílias, um modelo patriarcal e romantizado. Dessa forma, utilizar a literatura como uma ferramenta pedagógica para se trabalhar a temática das novas configurações familiares na escola é propiciar às crianças uma aprendizagem significativa, na qual, as diferenças sejam respeitadas e compreendidas com naturalidade.</p> Tarissa Marques Rodrigues dos Santos, Mariana Vaca Conde, Josiane Peres Gonçalves Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/693 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Curso de formação sobre metodologia da pesquisa científica para estudantes de enfermagem: relato de experiência http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/707 <p><strong>Objetivo: </strong>Relatar a experiência acerca de um curso de formação sobre metodologia da pesquisa científica a estudantes de graduação em enfermagem. <strong>Método: </strong>Estudo descritivo, do tipo relato de experiência, baseado nas vivências do Curso de Metodologia da Pesquisa Científica: construindo um estudo acadêmico, realizado em uma universidade pública, com estudantes do curso de graduação em Enfermagem, durante o mês de junho de 2022. A experiência partiu de uma atividade curricular da disciplina de Metodologia do Ensino Superior, ofertada no primeiro semestre de mestrado<strong>. Resultados: </strong>A experiência proporcionou aos estudantes de enfermagem conhecimentos sobre a metodologia da pesquisa, através dos módulos apresentados no decorrer do curso de formação, incentivando o interesse em desenvolver trabalhos acadêmicos na área da saúde. A inserção estudantil em processos de capacitação permite a realização de tarefas, em que é possível utilizar o conhecimento prévio e o conhecimento adquirido, contribuindo no processo de aprendizagem. <strong>Conclusão: </strong>A oferta de cursos nas instituições de ensino superior que abordem aspectos da metodologia científica permite ao acadêmico desenvolver artigos científicos que possam contribuir com a sociedade, aperfeiçoando práticas e ampliando olhares a inúmeras situações.</p> Ana Karoline Alves da Silva, Simony de Freitas Lavor, Stéffane Costa Mendes, Maria do Socorro Vieira Lopes Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/707 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Avanço da telenfermagem a partir da pandemia da Covid-19 no amparo à pessoa com Alzheimer e seu cuidador http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/680 <p>Objetivo: identificar como a telenfermagem foi utilizada como recurso no atendimento à pessoa com Alzheimer e seu cuidador durante a pandemia Covid 19. Método: Revisão integrativa de literatura por meio de buscas de artigos realizada através das bases de dados: Cumulative Index To Nursing And Allied Health Literature (CINAHL), National Library of Medicine National Institutes of Health (PUBMED), Scientific Electronic Library Online (SCIELO), Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), e Google Acadêmico.” Para a discussão foram incorporados 10 estudos propagados no período de 2019 a 2023, realizados em mais de um país. Resultados: As principais atuações da telessaúde são: amparo à pessoa idosa com Doença de Alzheimer e seus cuidadores, em ambiente residencial e em ambiente hospitalar. Conclusão:&nbsp; a telenfermagem durante o Covid-19 permitiu aos pacientes&nbsp; o acesso a serviços de saúde mais seguros e eficientes, oferecendo maior tranquilidade às pessoas com Alzheimer e seus cuidadores.</p> Maria Rosangela de Freitas Costa, Vanusa Alves de Almeida, Thaís Martins Gomes de Oliveira Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/680 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Atuação do enfermeiro em instituições de longa permanência para idosos http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/650 <p><strong>Objetivo: </strong>buscar na literatura científica a importância da atuação do enfermeiro em instituições de longa permanência para idosos. <strong>Método</strong>: revisão integrativa da literatura, foram realizadas buscas nas seguintes bases de dados: Medical Literature Analysis and Retrieval System Online, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Scientific Eletronic Library Online e Bases de Dados da Enfermagem, considerando como critérios de inclusão estudos primários disponíveis na íntegra, publicados em português, e no período de 2017 e 2022. <strong>Resultados: </strong>foram selecionados seis artigos, sendo provenientes do Brasil, Turquia e Correia do Sul. Após leitura e análise dos estudos, foram construídas duas categorias temáticas, são elas: “O enfermeiro nas instituições de longa permanência para idosos” e “O cuidado de enfermagem como instrumento para melhorar a qualidade de vida dos residentes”. <strong>Conclusão: </strong>o enfermeiro desempenha um papel crucial na Instituição de Longa Permanecia para Idoso, atua tanto na assistência quanto na gerência, o que pode gerar sobrecarga de trabalho. Embora, a resolução que normatiza o funcionamento dessas instituições no país não determine a contratação do enfermeiro, muitas possuem seu quadro técnico de profissionais.</p> Lidiane Maria da Silva, João Paulo Malta da Silva, Maísa Isabella Faustino Santos Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/650 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Análise do uso de psicotrópico em uma Unidade de Saúde da Família durante a pandemia do Covid-19 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/672 <p><strong>Objetivo:</strong> Analisar o uso de psicotrópicos por usuários de uma Unidade da Estratégia da Saúde da Família de um município de médio porte durante a pandemia da COVID-19.&nbsp; <strong>Método:</strong> Estudo transversal e retrospectivo, a partir de análise de prontuários no período de março a julho de 2022. <strong>Resultados: </strong>A amostra foi composta por 282 prontuários em que a maioria era de pacientes do sexo feminino, com ensino médio completo, sem companheiro e desempregada. Com a pandemia, percebeu-se aumento na prescrição de psicotrópicos da classe dos antidepressivos a partir do diagnóstico mais frequente de ansiedade, porém sem acompanhamento longitudinal pela equipe. Durante a segunda onda da pandemia, ocorreu uma diminuição na prescrição do Biperideno, Haloperidol e o aumento da Sertralina. <strong>Conclusões:</strong> Houve um crescimento significativo no diagnóstico de transtornos psiquiátricos e a prescrição de medicações psicotrópicas durante a pandemia, evidenciando a necessidade de atenção pelas equipes à essa população.</p> Suzana de Oliveira Moraes, Lucas Cardoso dos Santos, Michelle Cristine de Oliveira Minharro, Juliane Andrade, Guilherme Correa Barbosa Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/672 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Acolhimento à demanda espontânea na atenção primária: percepção dos enfermeiros http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/690 <p><strong>Introdução: </strong>O acolhimento é uma prática presente nas relações de cuidado, entre trabalhadores de saúde e usuários, nos atos de receber e escutar as pessoas, sendo um mecanismo de ampliação e facilitação do acesso. <strong>Objetivos: </strong>Compreender, na percepção dos enfermeiros que atuam na Atenção Primária à Saúde, como ocorre o processo de acolhimento nas Unidades Básicas de Saúde da Região Norte do Distrito Federal. <strong>Métodos:</strong> Trata-se de um estudo descritivo, exploratório de cunho qualitativo, realizado com 33 enfermeiros. A coleta de dados ocorreu no período de 10 de outubro a 30 de novembro de 2022. Os dados foram analisados por meio da análise de conteúdo de Bardin: pré-análise, exploração do material e tratamento dos resultados, inferência e interpretação. <strong>Resultados: </strong>Foi possível encontrar dois núcleos de sentido que foram divididos em duas categorias: 1- processo de trabalho do enfermeiro no atendimento à demanda espontânea; e 2-necessidades de aprendizagem na percepção do enfermeiro. <strong>Conclusões:</strong> Verificou-se a necessidade de ampla divulgação dos documentos norteadores com as atividades a serem desenvolvidas pelo enfermeiro do acolhimento, com clareza dos fluxos e dos papéis de cada profissional, além de ampla capacitação de todos os profissionais, a fim de que sejam estabelecidas a organização e a condução do processo de acolhimento com base nas necessidades do território e na organização interna da equipe.</p> Elisabete Mesquita Peres de Carvalho, David Ximenes Pires, Thaísa Massa Oliveira, Kellen Aparecida Spadoti, Joyce Sousa Leite, Renata Mercêz da Silva Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/690 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Caracterização sociodemográfica dos casos de infarto agudo do miocárdio no nordeste brasileiro http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/681 <p>No Brasil, entre as doenças cardiovasculares, O IAM é a primeira causa de morte direta. O IAM se apresenta como dano tecidual ao miocárdio. A produção científica sobre infarto agudo do miocárdio ainda é escassa, tomando como base a importância da temática, este estudo teve como objetivo caracterizar os casos de infarto agudo do miocárdio no nordeste brasileiro. Trata-se de um estudo ecológico, descritivo, retrospectivo, de abordagem quantitativa, que utilizou dados secundários do Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH-SUS), no recorte temporal de 2017 a 2021. No nordeste brasileiro entre 2017 a 2021 foram registrados 124.904 casos de infarto agudo do miocárdio. A idade de maior incidência de IAM foi indivíduos entre 60 a 69 anos, os quais registraram 36.080 casos. Em relação ao caráter de atendimento, 14.695 (11,77%) foram de caráter eletivo, contrapondo 110.209 (88,93) em caráter de urgência. No que concerne a cor, 47.474 não foram caracterizados, correspondendo a 38,01% dos registros, em seguida, a cor parda apresentou maior evidência, com 63.795 (51,08%) dos casos. Estudos demonstram que evidentes diferenças entre os fatores de risco estão relacionadas a diversos padrões de comportamento, ao desenvolvimento de comorbidades relacionados ao estilo de vida, e ao sedentarismo. O que explana e corrobora para os achados do presente estudo. Inclui-se a necessidade de aprimoramento de políticas públicas especificas na habilitação de ações de promoção da saúde, manejo dos fatores de risco cardiovascular e manejo clínico dos casos agudos de IAM.</p> Nisiane dos Santos, Joyce Pereira Santos, Merijane Araújo de Sousa, Gracineiva Vieira Pereira Silva Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/681 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Pirataria de marcas de moda: consumo, identidade e inclusão http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/691 <p class="paragraph" style="margin: 0cm; text-align: justify; background: white; vertical-align: baseline;"><span class="eop"><span style="font-family: 'Arial',sans-serif; color: black;">Este artigo se propõe a refletir sobre o fenômeno do consumo de pirataria na sociedade brasileira no que diz respeito a marcas de moda. Há uma teia complexa de motivações, impregnadas de significados culturais que se intensificam no consumo pirata, de modo que se faz necessário investigar os fluxos de sentido e significados construídos pelos consumidores que aderem ao consumo das marcas de moda pirateadas. Para isso, partimos de uma pesquisa bibliográfica fundamentada nos estudos de comunicação, consumo, subjetividades, marca e moda. Como considerações finais, podemos observar que consumo de bens falsificados pode ser entendido como uma modalidade de consumo não-hegemônica, que insere consumidores no circuito da moda, dando-lhes a oportunidade de pertencer ao estilo de vida proposto pelas marcas de moda de luxo, auxiliando na construção da identidade do sujeito contemporâneo. </span></span></p> Aliana Barbosa Aires, Josenilde Silva Souza, Andrea Celeste Montini Antonacci Copyright (c) 2023 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/691 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Os malefícios da utilização de telas eletrônicas na infância: uma revisão integrativa da literatura http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/705 <p>Introdução: A incorporação da tecnologia na rotina das crianças originou a chamada cyber-infância, trazendo consigo vantagens, bem como malefícios que devem ser debatidos, assim, surgem questionamentos sobre o tempo de tela adequado e as consequências do uso exacerbado. Objetivo: Analisar a literatura científica sobre os malefícios do uso de telas eletrônicas na infância. Metodologia: Se trata de uma revisão integrativa da literatura, onde utilizou-se os Descritores de Ciências da Saúde (DeCS/MeSH): <em>screen time</em>; <em>child</em> e <em>child development</em> combinados com o operador booleano AND. A pesquisa foi realizada em Julho de 2023, nas bases de dados: <em>Medical Literature Analysis and Retrievel System Online</em>(MEDLINE) <em>Literatura Latino-Americana de Ciências da Saúde</em> (LILACS) e PubMed, no período de 2018 a 2023. Resultados: A seleção final contou com 17 artigos que atenderam aos critérios de inclusão e exclusão determinados e foram categorizados em: ano de publicação; título do periódico; título do artigo; idioma e principais resultados. Discussão: A análise dos artigos selecionados demonstrou que as repercussões causadas por exposição a telas se apresentam de diferentes formas, atentando: o desenvolvimento da linguagem, cognição, aspectos socioemocionais, atenção, hábitos alimentares, sono, rendimento escolar, Índice de Massa Corporal, entre outros. Ainda traz a covisualização como um meio interativo de exposição à tela. Considerações finais: O estudo revelou associação entre o tempo de uso de telas e consequentes malefícios que afetam de forma clara o desenvolvimento neuropsicomotor dessas crianças, relacionando-se com sedentarismo, introversão, má qualidade de sono e a manifestação de doenças tais como obesidade, depressão e ansiedade.</p> Nathalie Felix Soares Arruda, Sarah Marinho Pereira Paiva, Maria Elizabeth Lima Almeida, Karen Rayane Brito Torres, Marianne Adelina Seixas de França Lavor, Layza de Souza Chaves Deininger Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/705 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Análise das barreiras enfrentadas pelas pessoas com deficiência nos serviços de saúde: uma revisão integrativa http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/708 <p>O objetivo da presente revisão integrativa foi analisar a literatura científica sobre o atendimento das pessoas com deficiência nos serviços públicos de saúde. Nesse sentido, foi realizada revisão integrativa, buscando artigos nas bases de dados BVS, LILACS e BVS, pelas quais foram selecionados 14 artigos acerca da temática. Assim, a leitura na íntegra dos artigos permitiu concluir que as pessoas com deficiência enfrentam diversas barreiras no sistema de saúde, podendo essas ser estruturais, envolver o despreparo dos profissionais e a falta de tecnologias. Além disso, é notória a falta de protocolos os quais permitam a referência e contrarreferência apropriada para esse grupo. Concluiu-se, então, que combater as barreiras que impedem o atendimento adequado de pessos com deficiências é essencial para concretizar a inclusão social.</p> Ana Luiza Dias Arruda da Silva Sousa, Clara Jessica de Sousa Melo, Letícia Pordeus Gonzalez, Ana Vitória de Sousa Melo, Amanda Apolori Tissiani, Isadora Pereira Brito, Luiz Luna Barbosa, Layza de Souza Chaves Deininger Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/708 Ter, 02 Jan 2024 00:00:00 +0100 Transtorno do Espectro Autista: a trajetória, desafios, necessidades e conquistas de direitos de crianças autistas na educação básica http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/892 <p>O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é uma condição neurológica caracterizada pela repetição de comportamentos, comprometimento da fala, dificuldades de manter um contato visual, de interação social, e por não ser diagnosticado através de exames, possui difícil conclusão e complexidade, pois abrange uma série de investigações e observações clínicas comportamentais. A pesquisa ganha relevância a partir das&nbsp;evidências estudadas acerca de fatores ambientais, genéticos&nbsp;e neurológicos. Para contextualizar este trabalho, foram realizados estudos sobre o autismo, com resgate histórico para compreensão da origem do temo (Transtorno do Espectro Autista) e suas complexidades, termo este, utilizado pela primeira vez no ano de 1911, pelo psiquiatra Euler Bleuler, que após vários estudos passa a adotar a nomenclatura TEA “Transtorno do Espectro Autista”. A problematização&nbsp;discorre sobre os anseios na busca de qualidade do ensino e aprendizagem dos alunos com TEA, na mudança de referência&nbsp;e estatísticas sobre a inclusão de forma individualizada e igualitária, a fim de proporcionar mudanças e qualidades nos serviços prestados aos alunos com autismo. O objetivo vem apresentar sobre as relevantes conquistas e os desafios dentro do contexto escolar, trazer evidências, especificar as barreiras enfrentadas ao longo dos anos pelos alunos com TEA e&nbsp;demonstrar&nbsp;o relevante papel da formação dos professores para o pleno desenvolvimento. A metodologia aplicada foi através da pesquisa bibliográfica, de caráter qualitativo, com objetivo exploratório e nas contribuições dos autores Marconi e Lakatos (2021). Quanto aos principais referenciais utilizados, seguem Silva, A. (2012) e Mantoan (2003) com denso referencial acerca do tema, seguidos de Dias (2019).&nbsp;</p> Laressa Oliveira Paiva, Rosane Ferreira de Souza Ramos, Rosely Ribeiro dos Santos, Antônio Adônnis Sátiro de Souza Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/892 Dom, 07 Jan 2024 00:00:00 +0100 Uso de aplicativo móvel para assistência à saúde mental em ambiente acadêmico: uma revisão integrativa http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/894 <p><strong>Objetivo: </strong>Descrever a importância da utilização de aplicativos móveis como ferramenta de auxílio na assistência à saúde mental no ambiente acadêmico<em>. </em><strong>Método: </strong>Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Foram realizadas buscas nas bases eletrônicas de dados<em>: </em>PubMed, Scopus e <em>Web of Science</em>. Após a elegelibilidade dos artigos científicos, foi realizada a identificação das bases de dados: remoção de duplicatas; leitura dos títulos; leitura dos resumos e excluídos aqueles que não atenderam aos critérios de inclusão após a leitura na íntegra. Em seguida, os artigos selecionados foi realizada a leitura na íntegra e extraído os principais pontos de análise do artigo, entre eles o planilhamento do título, objetivo, principais resultados e conclusão. <strong>Resultados:</strong> O desenvolvimento de aplicativos móveis de saúde tem aumentado exponencialmente, e foi relatado que o uso de aplicativos melhora a eficiência da prestação de cuidados de saúde e a eficácia do tratamento. Vale destacar que esses aplicativos têm potencial para ampliar o acesso às informações de saúde, facilitar o atendimento remoto e capacitar os usuários. <strong>O setor de mHealth é uma das categorias de aplicativos que mais cresceram nos últimos anos.</strong> No entanto, tem havido falta de foco e dedicação quando se trata de avaliar a credibilidade e a precisão científica destas aplicações. Isto é particularmente evidente no domínio dos aplicativos de saúde mental.<strong> Considerações finais:</strong> Desta forma, embora existam inúmeros aplicativos móveis para iOS e Android no Brasil que abordam transtornos mentais, há escassez de opções cientificamente validadas na língua portuguesa projetadas especificamente para o bem-estar mental de estudantes universitários.</p> Kaline Delgado de Almeida Gama, Willams Alves da Silva, Silvino Costa Ferro, Euclides Maurício Trindade-Filho, José Claudio da Silva, Clarice Thamires de Lima Ferreira, Marianny de Souza, Renata Guerda de Araújo Santos, Kristiana Cerqueira Mousinho Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/894 Seg, 08 Jan 2024 00:00:00 +0100 Compartilhamento de conhecimento na administração pública: um mapeamento da literatura internacional http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/895 <p>A pesquisa tem como objetivo realizar um mapeamento da literatura internacional sobre o tema compartilhamento de conhecimento na Administração Pública. Para conduzir a pesquisa, utilizou-se um processo construtivista, denominado Knowledge Development Process – Constructivist (ProKnow-C), um instrumento estruturado de seleção e análise da literatura. Foram selecionados 34 artigos que representam o fragmento da literatura de estudos sobre compartilhamento do conhecimento na Administração Pública formando o Portfólio Bibligráfico (PB) final desta pesquisa. Como resultados evidenciam-se: (i) os autores de destaque S. J. Armstrong, J. Rowley, S. K. Singh, G. Tangaraja, S. Al-Ahbabi, S. Balasubramanian e I. Seba, cada um com 2 artigos no PB Final; (ii) o artigo mais citado Determinants of knowledge sharing in a public sector organization, da autora Ângela Titi Amayah, de 2013, com 597 citações; (iii) o periódico Journal of Knowledge Management destacou-se tanto no PB quanto nas referências, sendo responsável pela publicação de 7 artigos no PB final. (iv) as palavras-chave mais citadas foram knowledge sharing e knowledge transfer com a frequência de 200 e 197 vezes, respectivamente; (v) a universidade que mais pesquisa a temática é o Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia e Educação Superior em Macáçar; (vi) a Coreia é o país que mais realiza pesquisa nessa temática participando no PB final com 11 pesquisadores localizados naquele país.</p> Dayana Santos Rodrigues Sell, Ademar Dutra, Clarissa Carneiro Mussi Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/895 Seg, 08 Jan 2024 00:00:00 +0100 Toxicidade preliminar dos extratos e frações obtidas das folhas e das cascas do caule da Dalbergia brasiliensis http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/896 <p>O gênero&nbsp;Dalbergia&nbsp;Linn.&nbsp;f.&nbsp;(Fabaceae) contém cerca de 250 espécies e encontra-se ameaçado em extinção devido ao alto valor econômico da sua madeira. Muitas espécies do gênero são utilizadas na medicina tradicional chinesa. A espécie <em>Dalbergia brasiliensis</em> ocorre de forma natural no Brasil (Cerrado e Floresta Atlântica) e possui poucos estudos na literatura. O objetivo do estudo foi avaliar a toxicidade preliminar por meio do ensaio frente ao microcrustáceo <em>Artemia salina</em> Leach. e pela avaliação da atividade hemolítica dos extratos e frações das cascas do caule e das folhas da espécie <em>Dalbergia brasiliensis</em>. No ensaio sistemático de prospecção fitoquímica, nos extratos aquoso e hidroalcóolico das folhas, mostraram a presença de alcaloides, flavonoides, esteroides, iridóides, taninos condensados e aminogrupos; nos extratos das cascas mostraram os mesmos compostos e ainda, heterosides antocianicos e saponínicos. O material vegetal seco e triturado foi utilizado para a obtenção dos extratos brutos etanólicos em aparelho Soxhlet. A partir do extrato bruto das cascas do caule e das folhas, foram obtidas as frações hexano, clorofórmio e acetato de etila. Em relação a toxicidade preliminar frente a <em>A. salina</em>, todas as amostras apresentaram um valor de CL50 superior a 1000μg/mL, evidenciando a baixa toxicidade. Na avaliação da atividade hemolítica, o mesmo resultado negativo foi evidenciado nas placas de Agar sangue. Na avaliação em tubos, a fração hexanica da casca apresentou resultado positivo necessitando de mais estudos para compreender sua atividade tóxica. A baixa toxicidade dos extratos e frações de <em>D. brasiliensis </em>nos testes realizados demostra o potencial desta planta para futuros estudos de purificação de compostos e de determinação de outras atividades biológicas.</p> Luciane Dalarmi, Elisiane Bona Sartor, Cíntia Aparecida dos Anjos, Karine Amorim Fladzinski, Idonilton da Conceição Fernandes, Deise Prehs Montrucchio, Josiane de Fátima Gaspari Dias, Marilis Dallarmi Miguel Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/896 Seg, 08 Jan 2024 00:00:00 +0100 O enfermeiro na abordagem terapêutica da esquizofrenia: uma revisão integrativa http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/897 <p>Muito se tem discutido, recentemente, acerca da saúde mental e da esquizofrenia. A esquizofrenia e os denominados transtornos esquizofrênicos, são um grupo de doenças que possuem distorções de pensamento variados. Várias teorias são consideradas para sua etiologia que modifica a interpretação de sua fisiopatologia. &nbsp;O presente estudo em desenvolvimento trata-se de uma revisão integrativa da literatura, desenvolvido com o intuito de reunir e sintetizar os resultados de outras pesquisas científicas sobre o assunto pertinente a confecção do trabalho. É sob o olhar do profissional que traz a importância de podermos enxergar que os pacientes são pessoas que merecem atenção, respeito e dignidade&nbsp;para lidar com o processo de ajuste com foco para obter equilíbrio e auxiliar aos familiares na rede de apoio que precisam de ajuda para entender a complexidade de um familiar com a doença.</p> Kananda da Silva Rodrigues, Luís Filipe Dias Oliveira Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/897 Seg, 08 Jan 2024 00:00:00 +0100 Crescimento e expansão no uso de software como serviço (SaaS): estratégias e obstáculos para empresas de tecnologia http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/902 <p><strong>Introdução</strong>: na recente era da informação, a dinâmica empresarial é impulsionada por avanços tecnológicos que redefinem modelos e desafiam convenções estabelecidas. <strong>Objetivo</strong>: analisar estratégias de empresas de tecnologia para impulsionar o crescimento do SaaS, propondo soluções inovadoras para otimizar a implementação no mercado empresarial. <strong>Metodologia</strong>: a abordagem metodológica baseou-se em revisão periódica mediante pesquisa descritiva, sob uma perspectiva qualitativa, conduzida por meio da consulta a periódicos científicos disponíveis na plataforma online da Scientific Electronic Library Online (SciELO). <strong>Resultados e Discussão</strong>: ressalta-se a importância crucial da segurança da informação e da conformidade regulatória no contexto da expansão do SaaS, traduzindo-se em uma abordagem integradora. <strong>Conclusão</strong>: o Software como Serviço (SaaS) não é apenas um traço provisório da evolução tecnológica, mas sim um fenômeno resiliente e adaptativo que perpetuará sua influência no pioneirismo do modelo digital.</p> Geovanni dos Santos Correia, Gabriel Santos de Lima Barreto, Nathalia de Meneses Alves Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/902 Sex, 12 Jan 2024 00:00:00 +0100 Conhecimento dos profissionais de educação infantil sobre a obstrução de vias aéreas por corpo estranho (OVACE) em crianças: uma revisão integrativa http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/903 <p><strong>Introdução: </strong>No Brasil, em 2021 foram registrados 2.339 óbitos na faixa etária dos 0 aos 5 anos de idade por causas acidentais, dentre as causas a Obstrução de Vias Aéreas por Corpo Estranho (OVACE) se encontra em terceiro lugar no <em>ranking</em>. <strong>Objetivo: </strong>Identificar o conhecimento existente e a presença de treinamento sobre OVACE para professores da educação infantil. <strong>Método: </strong>Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. A estratégica PICO foi utilizada para estabelecer a seguinte pergunta norteadora: “os profissionais da educação infantil recebem treinamento e apresentam conhecimento suficiente para agir em situações de OVACE?”. Integraram o estudo artigos publicados nos últimos 5 anos (2019 a 2022), nos idiomas Português e Inglês. As bases de dados utilizadas para a busca de artigos científicos foram: <em>Pubmed</em> e Biblioteca Virtual da Saúde (BVS). <strong>Resultados: </strong>Foram identificados 172 estudos e, após exclusão dos 11 duplicados, restaram 161 para análise: 133 na <em>National Library of Medicine</em> (<em>Pubmed</em>) e 28 na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Após aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, 5 artigos foram incluídos na amostra. Evidenciou-se o despreparo dos educadores em relação a medidas de identificação e intervenção em casos de OVACE, assim como, deficiências relacionadas ao treinamento.</p> Larissa Santos de Lima, Matheus Barbosa Pinto Cardoso, Manuela Filter Allgayer Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/903 Ter, 16 Jan 2024 00:00:00 +0100 Efeitos da distração cognitiva sobre os sintomas de ansiedade de pacientes em uma unidade de terapia intensiva http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/908 <p>Uma internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pode impactar a saúde mental dos pacientes, sendo alterações psicológicas comuns neste contexto, incluindo elevados índices de ansiedade, o que remete a relevância de estratégias de intervenção. O objetivo desse estudo foi avaliar os efeitos da distração cognitiva sobre a ansiedade de pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O delineamento da pesquisa foi quase-experimental, sendo um ensaio clínico não randomizado. Participaram 21 pacientes conscientes internados em uma UTI pública do Distrito Federal-DF. Os instrumentos utilizados na investigação incluíram: 1) entrevista inicial, abordando o diagnóstico atual, antecedentes clínicos pessoais e avaliação do estado mental do paciente; 2) questionário complementar pré-intervenção, por meio do qual foi realizada avaliação da ansiedade e; 3) questionário complementar pós-intervenção. Com relação aos resultados foi observado moderado nível de ansiedade dos pacientes antes da realização de qualquer intervenção (Md = 8, em uma escala de 0-10, onde 0 = sem ansiedade e 10 = intensa ansiedade). Após a aplicação da distração cognitiva, houve redução estatisticamente significativa importante dos escores de ansiedade (Md = 5), conforme o teste dos postos de sinais de Wilcoxon (z = -3,72, p&lt; 0,001), sugerindo a efetividade da proposta de intervenção empregada. Assim, destaca-se a importância de estratégias não farmacológicas, tais como a distração cognitiva, como um recurso a ser utilizado no contexto de UTIs para promoção da humanização e saúde mental dos pacientes.</p> Filipe Casati Viana, Graziela Sousa Nogueira Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/908 Sex, 19 Jan 2024 00:00:00 +0100 Um olhar sobre os impactos emocionais nos pacientes acometidos por lesão medular traumática http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/917 <p><strong>Introdução:</strong> A lesão medular traumática (LMT) é uma condição complexa que pode resultar em várias comorbidades e causar impactos emocionais significativos. Além dos desafios físicos, os indivíduos com LMT frequentemente enfrentam dificuldades psicológicas, requerendo um ajuste para lidar com as mudanças em suas vidas. O enfrentamento da situação é uma jornada única para cada pessoa, envolvendo diferentes formas de adaptação. <strong>Objetivo:</strong> Investigar os impactos emocionais vivenciados por indivíduos com LMT, observando as etapas experienciadas pelos indivíduos. <strong>Método:</strong> com o intuito de investigar essas implicações, foi utilizado uma abordagem qualitativa exploratória, por meio da análise de discurso de Bardin. A amostra consistiu em dez relatos de pessoas com LMT, abrangendo diferentes idades e gêneros. Este artigo científico teve como enfoque a análise de materiais publicados na plataforma de vídeos YouTube, que expressaram a percepção de indivíduos acometidos por LMT. <strong>Considerações finais: </strong>A análise da nossa amostra revelou que a maioria das LM foram causadas por acidentes automobilístico, queda, e ferimento por arma de fogo, resultando em tetraplegia ou paraplegia. Os relatos também evidenciaram que os indivíduos enfrentaram uma variedade de emoções, incluindo tristeza, medo, ansiedade e desespero diante da incerteza sobre a sua condição.</p> Ellen Lemes Amancio, Caetano Cavalcanti Bandeira de Melo Neto, Lurdeci de Souza Silva, Aline Hisako Vicente Hidaka, Pedro Henrique Mourão Silva Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/917 Qua, 24 Jan 2024 00:00:00 +0100 Fatores associados ao abandono do tratamento da tuberculose: uma revisão integrativa http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/922 <p><strong>Objetivo: </strong>Descrever os principais fatores associados ao abandono do tratamento da tuberculose<em>. </em><strong>Método: </strong>Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Foram realizadas buscas nas bases eletrônicas de dados<em>: </em>PubMed, Scopus e <em>Web of Science</em>. Após a elegelibilidade dos artigos científicos, foi realizada a identificação das bases de dados: remoção de duplicatas; leitura dos títulos; leitura dos resumos e excluídos aqueles que não atenderam aos critérios de inclusão após a leitura na íntegra. Em seguida, os artigos selecionados foi realizada a leitura na íntegra e extraído os principais pontos de análise do artigo, entre eles o planilhamento do título, objetivo, principais resultados e conclusão. <strong>Resultados:</strong> Os motivos da interrupção do tratamento da Tuberculose (TB) podem ser atribuídos principalmente a diversos fatores, como aspectos sociais, biológicos, econômicos, culturais e psicossociais. Tem sido consistentemente observado em numerosos estudos que o abandono do tratamento constitui um fator de risco significativo, particularmente quando combinado com uma história de tratamento prévio da TB. <strong>Considerações finais:</strong> Desta forma, ao implementar intervenções inovadoras, o objetivo é reforçar a adesão dos pacientes ao tratamento da TB. A compreensão desses fatores é essencial para que profissionais e gestores de saúde desenvolvam estratégias eficazes que possam diminuir as taxas de abandono, levando, em última análise, à redução da incidência de doenças, das taxas de mortalidade e da resistência aos medicamentos.</p> Isabelle de Paula Correia Lemos de Messias, Rozangela Maria de Almeida Fernandes Wyszomirska Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/922 Seg, 29 Jan 2024 00:00:00 +0100 Educação para a vida: promoção da paz no ambiente escolar http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/925 <p>A escola é um local de ensino formal, que possibilita o desenvolvimento motor, cognitivo, social e emocional dos estudantes, da educação infantil à educação de jovens e adultos, e como tal, deve ser um ambiente acolhedor e que permita relações de bons tratos, cordialidade, gentileza, respeito e empatia pela diversidade social e cultural que nela estão presentes. A escola deve, dentre outras coisas, influenciar positivamente na formação de cidadãos críticos, conscientes e responsáveis por suas ações. Entretanto, infelizmente, nos últimos meses aqui no Brasil, a mídia noticiou vários ataques a escolas, que entristeceram a população brasileira. Diante do exposto, precisamos incentivar a cultura da paz nas escolas, de modo a assegurar aos estudantes, professores e a todos os funcionários da comunidade escolar, um ambiente acolhedor e seguro. Por esta razão, o presente trabalho teve como objetivo promover a reflexão sobre a manutenção da paz e o bem-estar no ambiente escolar. O estudo foi desenvolvido em uma Escola Estadual de Manaus, com estudantes do segundo ano do ensino médio. Para o desenvolvimento das atividades, foram realizadas aulas expositivas dialogadas e rodas de conversas, onde os estudantes foram estimulados a pensar, refletir e discutir sobre os acontecimentos de insegurança que assolaram as escolas brasileiras, bem como sobre o tipo de ambiente escolar que cada um deseja. Além disso, os estudantes foram organizados em equipe e orientados a elaborar cartazes sobre a temática em questão, de forma que pudessem expressar suas ideias e desejos de paz e segurança no ambiente escolar. Os cartazes produzidos foram utilizados para produzir um mural, que foi exposto para a comunidade escolar, com o intuito de sensibilizar os demais estudantes, bem como todas as pessoas que fazem parte da comunidade escolar a refletir sobre suas ações na promoção da paz no ambiente escolar.</p> Diana Nunes de Oliveira, Anna Carla de Castro Paixão, Wellison Rafael de Oliveira Brito Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/925 Qui, 01 Fev 2024 00:00:00 +0100 Manejo do Tratamento Medicamentoso por Pacientes Diabéticos http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/928 <p>Objetivo: Descrever o manejo do tratamento medicamentoso por pacientes diabéticos. Método: Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem quantitativa e delineamento transversal. A amostra do estudo foi composta por usuários acompanhados em uma Unidade Básica de Saúde do Distrito Federal, portadores de DM tipo I ou II, em uso de hipoglicemiantes orais e/ou insulinas. A seleção se deu por amostragem aleatória, convencional e simples. O instrumento de coleta de dados utilizado elencava variáveis sociodemográficas, recomendações clínicas e protocolos de segurança do paciente e do manejo do paciente com DM. Os dados encontrados foram analisados por meio de estatística descritiva. Resultados: A amostra foi composta por 41 participantes, com predominância do sexo feminino e baixa escolaridade, com média de 66,8 anos de idade. Quanto ao perfil clínico, todos os usuários eram portadores de DM tipo II, observando-se predominância de multimorbidade, alto risco cardiovascular alcance das metas de controle glicêmico. Observou-se que 68,5% estavam em polifarmácia, sendo 31,5% em uso de sulfonilureias e 36,6% de insulinas. As maiores barreiras para adesão medicamentosa foram o esquecimento e a dificuldade em cumprir horários, com 61% e 53,7%, respectivamente. Quanto a insulinoterapia, as principais inconsistências encontradas foram: 86,7% a respeito do desconhecimento sobre validade da insulina após a abertura do frasco; 93,3% da ausência de registro da data de abertura do frasco; 73,3% de transporte inadequado da insulina; 93,3% do descarte inadequado de agulhas/seringa; 80% do rodízio inadequado de locais de aplicação; e 85,7% não retiram o ar da caneta a cada aplicação. Conclusão: Os pacientes diabéticos deste estudo têm encontrado diversas dificuldades para manejar o tratamento medicamentoso, o que pode potencializar o erro humano. Dessa forma, ratifica-se a necessidade de estratégias para identificação e manejo dessas dificuldades e acompanhamento equânime, de forma a favorecer a autonomia, a adesão terapêutica e a segurança do paciente.</p> Rafaela Barbosa Rafacho Moura, Francilisi Brito Guimarães Valente, Simone Souza Nascimento Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/928 Qui, 01 Fev 2024 00:00:00 +0100 Instrumentos de ensino de botânica para o ensino médio: o jardim escolar como sala de aula http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/935 <p>O artigo apresenta uma sequência didática realizada com estudantes do ensino médio em uma instituição privada situada em Manaus, Amazonas.&nbsp; O objetivo foi realizar o levantamento florístico das espécies existentes no jardim escolar, gerando subsídios para o ensino de botânica, em especial os conteúdos de classificação biológica, taxonomia e sistemática. Para isso, foi estruturada uma sequência didática dividida em 5 etapas em aulas de 50 a 100 minutos, tais como conceitos de diversidade biológica, oficina de nomenclatura científica, visitas ao jardim da escola, levantamento e identificação das espécies e análise dos dados. A elaboração da sequência didática possibilitou que os estudantes compreendessem as distinções entre as nomenclaturas popular e científica, por meio de métodos ativos para identificar as espécies presentes no jardim escolar. A análise do conhecimento prévio dos alunos revelou uma deficiência na compreensão dos conceitos de botânica e nomenclatura científica. Isso indica a necessidade de uma metodologia de ensino mais integrada e relevante para a realidade dos estudantes, promovendo uma conexão entre os conceitos biológicos e o meio ambiente. Tal abordagem tende a ser mais efetiva e motivadora, melhorando a compreensão dos alunos sobre as características dos diferentes grupos de organismos de forma integrada e lógica, evitando a memorização desconectada de conceitos e características.</p> Wellison Rafael de Oliveira Brito, Anna Carla de Castro Paixão, Diana Nunes de Oliveira, Joicy Falcão de Sousa Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/935 Sex, 09 Fev 2024 00:00:00 +0100 Contribuições da auditoria em enfermagem para uma gestão de alta performance no âmbito Hospitalar http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/936 <p>A auditoria em enfermagem dentro do meio hospitalar está cada vez mais&nbsp; frequente e têm sido utilizada para verificar a efetividade dos protocolos assistenciais, dos custos, além de evitar ou reduzir as inconformidades por meio da avaliação dos registros em prontuários, que se configura como um&nbsp; importante documente para avaliação da assistência. Baseado em pesquisas existentes, o presente estudo teve como objetivo responder a seguinte questão norteadora: quais as contribuições da auditoria em enfermagem para uma gestão de alta performance no âmbito hospitalar? Este estudo trata – se de uma integrativa de literatura, no qual permite sintetizar e discutir achados sobre determinado tema estudado. Como resultados, pode – e observar que a auditoria em enfermagem contribui para Identificação de falhas na educação permanente, Identificação de falhas na assistência, Possibilidade de levantamento de gastos hospitalares, Identificação de melhorias na experiência do paciente, Identificação de falhas existentes no prontuário eletrônico e Identificação de falhas existentes em protocolos. As diferentes abordagens de auditoria, baseada em registros e documentos referentes à comprovação do cuidado para fins de faturamento, fornecem subsídios à gestão para processos decisórios e de capacitação da equipe.</p> Joyce Pereira Santos, Nisiane dos Santos, Talita Raquel da Costa Araújo, Camilla Barros Faustino Viana, Patrícia Passos Prazeres Copyright (c) 2024 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/936 Sex, 09 Fev 2024 00:00:00 +0100