AÇÕES DO ENFERMEIRO NAS PRÁTICAS EDUCATIVAS EM SAÚDE À GESTANTE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.6124423

Palavras-chave:

Educação em Saúde; Enfermagem; Gestantes; Atenção Primária à Saúde.

Resumo

Ações do enfermeiro nas práticas educativas em saúde a gestante. Problema: Qual a dificuldade da equipe de enfermagem nas práticas educativas a saúde a gestante. O tema justifica nas ações do enfermeiro nas práticas educativas em saúde à gestante. Objetivo: Compreender a importância do enfermeiro no desenvolvimento de atividades educativas, na promoção e prevenção de saúde da gestante. Metodologia: Revisão integrativa, que tem como finalidade de avaliar os artigos já publicados por meio de pesquisa embasada em artigos científicos nas bases de dados, do LILACS Medline/Pubmed e SCIELO. Resultado: O estudo identificou que as práticas educativas desenvolvidas por enfermeiros estão relacionadas à educação em saúde com orientações à prevenção. À atuação do enfermeiro no pré-natal, é necessário que O profissional seja qualificado para atender as necessidades das gestantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ingrid Monikely Dias Lima, Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, Valparaíso de Goiás, Brasil

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-0453-1899       
Lattes: http://lattes.cnpq.br/3974482444593053 
Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, Valparaíso de Goiás, Brasil
E-mail: ingridmonikelly@gmail.com

Catiana dos Santos   Sousa, Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, Valparaíso de Goiás, Brasil

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-6646-3890
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5788563670502039
Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, Valparaíso de Goiás, Brasil
E-mail: santos.catiana84@gmail.com

Sandra Godói de Passos, Centro Universitário - UNIDESC, Brasil

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Católica de Goiás (2004) , Mestrado em Gerontologia pela Universidade Católica de Brasília (2019) e Especialização em Saúde Coletiva pela Universidade de Brasília (UNB). Atualmente, docente presencial e EAD FACESA , enfermeira em Unidade Básica de Saúde . Experiência na área de Enfermagem, atuando principalmente nos seguintes temas: Estratégia Saúde da Família/UBS, Saúde da Mulher e do recém - nascido, Saúde Pública, enfermagem cirúrgica, saúde do adulto e do idoso, enfermagem, mulher - presa, cuidado com o idoso, urgência e emergência e UTI .

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-6180-2811
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4574159500823027
E-mail: sandragodoi@senaaires.com

Referências

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Atenção ao pré-natal de baixo risco. Brasília: Ministério da Saúde, 2012. 318 p.

.Anastasiou, L. G. C. Ensinar, aprender, apreender e processos de ensinarem. In: (Org.), 1998

Mara Vasconcelos, Maria Jose Cabral Grillo, Sonia Maria Soares. Práticas pedagógicas em atenção básica a saúde. Tecnologias para abordagem ao individuo, família e comunidade. Belo Horizonte: Editora UFMG.

Brasil. Programa de humanização do pré-natal e nascimento. Brasília(DF): Secretaria de politicas de Saúde; 2000.

Cunha, Margarina de Aquino. Assistência pré-natal por profissionais de enfermagem no município de Rio Branco-AC: contribuição para o estudo da atenção qualificada no ciclo gravídico-puerperal. 2012. 161 f.

Costa, D. (2019). Análise da exclusão e inclusão no contexto de jovens universitários. Revista Coleta Científica, Vol. 3, n. 6, p. 1-10. http://dx.doi.org/10.29327/233824.3.6-2.

Pereira ALF. As tendências pedagógicas e a pratica educativa nas ciências da saúde. Cad Saude Publica. 2003;19(5):1527-34.

Mendes, K. D. S.; Silveira, R. C. C. P.; Galvão, C. M. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & contexto enfermagem, Florianópolis, v. 17, n. 4, p. 758- 64, out./dez. 2008

Marcon SS. “Flashes” de como as gestantes percebem a assistência pré- natal em um Hospital Universitário. Rev Lat Am Enfermagem. 1997;5(4):43-54.

Dias EG, Santo FGE, Santos GR, Alves JCS, Santos TMF. Percepção das gestantes quanto a importância das ações educativas promovida peloenfermeiro no pré-natal em um unidade básica de saúde. Revista Eletrônica Gestão & Saúde. Vol.06, N°. 03, Ano 2015 p. 2695-10

Cardoso RFC, Souza HP, Paiva TR, Lima DEOB, Costa JB, Oliveira LRL, Marques SES, Dias PDS, Silva FAC Pereira DV. Educação em saúde na assistência pré-natal: revisão de literatura. Revista Eletrônica Acervo Saúde / Electronic Journal Collection Health | ISSN 2178-2091

Wild F, Silveira C, Favero A, Barrionuevo N. Ações educativas com o grupo de gestantes usuárias da atenção básica: um relato de experiência. Biblioteca Lascasas, 2015; 10(2). Disponible en http://www.index f.com/lascasas/documentos/lc0776.php

Silva KQO, Santos LMF. Educação em saúde na atenção a gestante da rede básica:revisão integrativa. Governador Mangabeira – Ba, 2018.32 f.

Silva N, Santos FBO. As práticas educativas do enfermeiro na estratégia saúde da família: uma REVISÃO INTEGRATIVA

Neves AM, Mendes LC, Silva SR. Práticas educativas com gestantes adolescentes visando a promoção, proteção e prevenção em saúdeRev Min Enferm. 2015 j DOI: 10.5935/1415-2762.20150019 an/mar; 19(1): 241-244.

Quental LLC, Nascimento LCCC, Leal LC, Davim RMBD, Cunha CBC. Práticas educativas com gestantes na Atenção Primária a Saúde. Rev enferm UFPE on line., Recife, 11(Supl. 12):5370-81, dez., 2017. https://doi.org/10.5205/1981-8963-v11i12a23138p5370-5381-2017.

Cardoso RF, Souza VHP, Paiva TR, Lima DEOB, Costa JB, Oliveira LRL, Marques SES, Dias POS, Silva FAC, Pereira DV. Educação em saúde na assistência pré-natal: revisão de literatura. Revista Eletrônica Acervo Saúde / Electronic Journal Collection Health | ISSN 2178-2091

Cunha, Margarina de Aquino. Assistência pré-natal por profissionais de enfermagem no município de Rio Branco-AC: contribuição para o estudo da atenção qualificada no ciclo gravídico-puerperal. 2012. 161 f.

Oliveira, Gésica Kelly da Silva. intervenções de enfermagem nas adaptações fisiológicas da gestação. VEREDAS FAVIP – Revista Eletrônica de Ciências - v. 3, n. 1

Cunha, Margarina de Aquino. Assistência pré-natal por profissionais de enfermagem no município de Rio Branco-AC: contribuição para o estudo da atenção qualificada no ciclo gravídico-puerperal. 2012. 161 f. Dissertação (Doutor) - Departamento de Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.

Lopes EM, Anjos SJSB, Pinheiro AKB. Tendência das educações em saúde realizadas por enfermeiros no Brasil. Rev Enferm UERJ [Internet]. 2009 [cited 2017 Aug 3];17(2):273-77. Available from: http://docplayer.com.br/6373126- Tendencia-das-acoes-de-educacao-em-saude-realizadas-por-enfermeiros-no- brasil.html

Whittemore R, Knafl K. The integrative review: update methodology. J Adv Nurs. 2005;52(5):546-53.Roman AR, Friedlander MR. Revisão integrativa de pesquisa aplicada à enfermagem. Cogitare Enferm. 1998 Jul-Dez; 3(2):109-1

Maron LC, Cabral FB, Sand ICPVd, Hildebrandt LM. Motivos e repercussões da participação de gestantes em grupo operativo no pré-natal. Rev enferm UFSM. 2014 Jul/Set; 4(3).

Guerreiro M, Rodrigues P, Queiroz BA, Ferreira dA. Educação em saúde no ciclo gravídico-puerperal: sentidos atribuídos por puérperas. Rev Bras Enferm. 2014

jan/fev; 67(1).

Guerreiro M, Rodrigues P, Queiroz BA, Ferreira dA. Educação em saúde no ciclo gravídico-puerperal: sentidos atribuídos por puérperas. Rev Bras Enferm. 2014

jan/fev; 67(1).

Paula RAd. [Relação multiprofissional do trabalho em equipe na atenção básica de saúde]. [cited 2017 Novembro 15. Available from:

Campos ML, Veleda AA, Coelho DF, Telo SV. Percepção das gestantes sobre as consultas de pré-natal realizadas pelo enfermeiro na atenção básica. Jounal of

Nursing and Health. 2016; 6(3).

Quadros Sd, Reis TLdRd, Colomé S. QUADROS, J. S. de; REIS, T. L. daEnfermagem obstétrica e educação em saúde: contribuições para vivência do processo de parturição. Rev Rene. 2016 jul/ago; 17(4).

Mendes, K. D. S.; Silveira, R. C. C. P.; GALVÃO, C. M. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enfermagem, Florianópolis, v. 17, n. 4, p. 758- 764, out./dez. 2008.

Downloads

Publicado

2022-02-17

Como Citar

Lima, I. M. D. ., Sousa, C. dos S., & Passos, S. G. de . (2022). AÇÕES DO ENFERMEIRO NAS PRÁTICAS EDUCATIVAS EM SAÚDE À GESTANTE. Revista JRG De Estudos Acadêmicos, 5(10), 68–76. https://doi.org/10.5281/zenodo.6124423