O impacto do ultrassom point-of-care transtorácico no tempo de pausa entre as compressões torácicas durante a reanimação cardiopulmonar: revisão sistemática e metanálise

Autores

DOI:

https://doi.org/10.55892/jrg.v6i12.480

Palavras-chave:

Ultrassonografia, Reanimação Cardiopulmonar, Parada cardíaca

Resumo

Objetivo: Avaliar o impacto do ultrassom point-of-care (POCUS) transtorácico no tempo de pausa entre as compressões torácicas durante a reanimação cardiopulmonar. Métodos: Revisão sistemática da literatura nas bases de dados PubMed, Embase, Scopus e Biblioteca Virtual em Saúde. O desfecho primário da metanálise foi a diferença no tempo de pausa entre as compressões torácicas. O desfecho secundário foi o retorno da circulação espontânea dos grupos de verificação manual e POCUS transtorácicos. O software R versão 4.1.3 foi utilizado para realizar todas as análises estatísticas. A diferença no tempo de pausa foi expressa por meio da diferença de média (MD) com intervalo de confiança de 95% e o retorno à circulação espontânea por meio do risco relativo. O p-valor foi considerado estatisticamente significativo quando < 0,05. Resultados: A pesquisa nas bases de dados resultou em 6177 publicações, no entanto, apenas cinco foram incluídas. Houve uma associação estatística entre o uso de POCUS e pausas mais longas entre compressões torácicas com uma MD de 3,88 (95% CI 2,76; 5,01; p-valor < 0,0001). A exclusão adicional de qualquer um dos cinco estudos não alterou o resultado, ou seja, o DM entre os dois grupos continuou a ser estatisticamente significativo. Conclusão: A análise combinada dos dados sugere que a utilização do POCUS aumenta o tempo de pausa entre as compressões torácicas numa média de 3,88 segundos. Contudo, são necessários estudos randomizados controlados que avaliem o impacto no retorno à circulação espontânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Alberto de Melo Filho, Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil

[1] Graduando em Medicina pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA, Campus Pinheiro (2019-2025). Atualmente participa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Voluntária (PIBIC-V), é diretor científico da Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Baixada Maranhense (LATE-BM) e colunista no Sanarmed.com. Foi voluntário no Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde - PET-Saúde (2020-2021), presidente da LATE-BM (2021) e monitor do módulo Aspectos Morfofuncionais do Ser Humano I (2020). Tem interesse acadêmico em emergência e medicina intensiva.

Aline Ferreira Miranda, Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil

[2] Graduanda em Medicina pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA, Campus Pinheiro (2019-2025). Atualmente é vice-presidente da Liga Acadêmica de Trauma e Emergência da Baixada Maranhense (LATE-BM), e Vice Diretora de Extensão da Liga Acadêmica de Fisiologia Humana (LAFISIOH-BM). Foi voluntária no Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde - PET-Saúde (2019-2021) e monitora do módulo Aspectos Morfofuncionais do Ser Humano I (AMFI) em 2020. Tem interesse acadêmico em fisiologia, anatomia, atenção primária à saúde, endocrinologia, trauma e emergência

Daise Costa Silva, Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil

[3] Graduação em andamento em Medicina pela Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.

Rafael Lima Soares, Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil

[5] Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.

Camila Alves Melo, Faculdade Catolica Rainha do sertão, FCRS, Brasil.

[6] Graduada em Enfermagem pela Faculdade Catolica Rainha do sertão, FCRS, Brasil.

Ellen Nayhara Cardoso de Oliveira, AVM Faculdade Integrada UNYLEIA, GO, Brasil

[7] Graduada em Enfermagem. Pós-graduada em Terapia Intensiva.

Wanderson Alves Ribeiro, Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil

[9] Graduado em Enfermagem (Bacharelado) pela UNIABEU (2012); Mestre e Doutorando pelo Programa Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde pela Escola de Enfermagem Aurora Afonso da Costa pela Universidade Federal Fluminense e também acadêmico de medicina.

Sueli de Souza Costa, Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil

[10] Possui Doutorado em Ciências Odontológicas; mestrado em Odontologia; especializações em Saúde Pública, Saúde da Família, Odontologia legal, Odontologia do Trabalho, Estomatologia, Autogestão em saúde, e graduação em Odontologia. Atualmente ministra o módulo de disciplinas integrantes de Bases da Formação Científica (História da Medicina, Legislação do SUS, Saúde e Meio Ambiente, Metodologia Científica, Ética e Bioética), e Eixo Integrador, no curso de medicina. Tem experiência também como professora de Odontologia legal e Orientação Profissional Odontológica, além de coordenação de estágio multiprofissional (interiorização e capital) da Universidade Federal do Maranhão. Atuou ainda como cirurgiã dentista de Centro de Especialidades Odontológicas. Tem experiência nas áreas de Saúde Coletiva; Saúde pública; Saúde, sociedade e meio ambiente; Odontologia legal; Odontologia do trabalho; Ética e legislação odontológica; Odontologia Desportiva;Cirurgia oral menor, Estomatologia, laser, clínica geral odontológica

Maine Virgínia Alves Confessor, Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil

[11] Docente no curso de Medicina na UNIFACISA, em Campina Grande, Paraíba, ministrando as disciplinas de Patologia e Estudos Interdisciplinares. Técnica em Citopatologia no HUAC/UFCG. Mestre em Biologia pela Universidade de Coimbra, Portugal (2012), cujo título foi reconhecido junto à Universidade Federal de Ouro Preto. É licenciada e Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB (2009). É Especialista em Gestão e Auditoria Ambiental pela UEPB. Atualmente é aluna do Curso de Doutorado em Biologia Aplicada à Saúde da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Referências

Gao M, Niu H, Yuan S. Comparison between automated cardiopulmonary resuscitation and manual cardiopulmonary resuscitation in the rescue of cardiac and respiratory arrest. Pakistan J Med Sci. 2022;38(8):2208–14.

Ávila-Reyes D, Acevedo-Cardona AO, Gómez-González JF, Echeverry-Piedrahita DR, Aguirre-Flórez M, Giraldo-Diaconeasa A. Point-of-care ultrasound in cardiorespiratory arrest (POCUS-CA): narrative review article. Ultrasound J [Internet]. 2021;13(1). Available from: https://doi.org/10.1186/s13089-021-00248-0

Merchant RM, Topjian AA, Panchal AR, Cheng A, Aziz K, Berg KM, et al. Part 1: Executive summary: 2020 american heart association guidelines for cardiopulmonary resuscitation and emergency cardiovascular care. Circulation. 2020;142:S337–57.

Lentz B, Fong T, Rhyne R, Risko N. A systematic review of the cost-effectiveness of ultrasound in emergency care settings. Ultrasound J [Internet]. 2021 Dec 1;13(1). Available from: /pmc/articles/PMC7943664/

Link MS, Berkow LC, Kudenchuk PJ, Halperin HR, Hess EP, Moitra VK, et al. Part 7: Adult advanced cardiovascular life support: 2015 American Heart Association guidelines update for cardiopulmonary resuscitation and emergency cardiovascular care. Circulation. 2015;132(18):S444–64.

Soar J, Nolan JP, Böttiger BW, Perkins GD, Lott C, Carli P, et al. European Resuscitation Council Guidelines for Resuscitation 2015: Section 3. Adult advanced life support. Resuscitation [Internet]. 2015 Oct;95:100–47. Available from: http://www.resuscitationjournal.com/article/S0300957215003287/fulltext

Blanco P, Martínez Buendía C. Point-of-care ultrasound in cardiopulmonary resuscitation: a concise review. J Ultrasound [Internet]. 2017 Sep;20(3):193. Available from: /pmc/articles/PMC5573702/

Huis in ’t Veld MA, Allison MG, Bostick DS, Fisher KR, Goloubeva OG, Witting MD, et al. Ultrasound use during cardiopulmonary resuscitation is associated with delays in chest compressions. Resuscitation [Internet]. 2017 Oct 1;119:95–8. Available from: http://www.resuscitationjournal.com/article/S0300957217303027/fulltext

Reynolds JC, Nicholson T, O’Neil B, Drennan IR, Issa M, Welsford M. Diagnostic test accuracy of point-of-care ultrasound during cardiopulmonary resuscitation to indicate the etiology of cardiac arrest: A systematic review. Resuscitation [Internet]. 2022 Mar 1;172:54–63. Available from: http://www.resuscitationjournal.com/article/S0300957222000089/fulltext

Moher, D., Liberati, A., Tetzlaff, J., Altman, D. G., & PRISMA Group (2009). Preferred reporting items for systematic reviews and meta-analyses: the PRISMA statement. PLoS medicine, 6(7), e1000097. https://doi.org/10.1371/journal.pmed.1000097

Extração de dados contínuos em metanálise: dificuldades e imputação | HTANALYZE [Internet]. Available from: https://www.htanalyze.com/blog/extracao_continuos/

Roever, L. Guia Prático de Revisão Sistemática e Metanálise. 2020; 1. Ed. – Rio de Janeiro – RJ: Thieme Revinter Publicações.

Sterne JA, Hernán MA, Reeves BC, Savović J, Berkman ND, Viswanathan M, et al. ROBINS-I: a tool for assessing risk of bias in non-randomised studies of interventions. BMJ [Internet]. 2016;355. Available from: /pmc/articles/PMC5062054/

Shi L, Lin L, Omboni S. The trim-and-fill method for publication bias: practical guidelines and recommendations based on a large database of meta-analyses. Medicine (Baltimore) [Internet]. 2019 Jun 1;98(23). Available from: /pmc/articles/PMC6571372/

Yamane D, McCarville P, Sullivan N, Kuhl E, Lanam CR, Payette C, et al. Minimizing Pulse Check Duration Through Educational Video Review. West J Emerg Med [Internet]. 2020 Nov 1;21(6):276. Available from: /pmc/articles/PMC7673890/

Schwartz BE, Gandhi P, Najafali D, Gregory MM, Jacob N, Helberg T, et al. Manual Palpation vs. Femoral Arterial Doppler Ultrasound for Comparison of Pulse Check Time During Cardiopulmonary Resuscitation in the Emergency Department: A Pilot Study. J Emerg Med [Internet]. 2021 Dec 1;61(6):720–30. Available from: http://www.jem-journal.com/article/S0736467921002997/fulltext

Clattenburg EJ, Wroe PC, Gardner K, Schultz C, Gelber J, Singh A, et al. Implementation of the Cardiac Arrest Sonographic Assessment (CASA) protocol for patients with cardiac arrest is associated with shorter CPR pulse checks. Resuscitation [Internet]. 2018A Oct 1;131:69–73. Available from: http://www.resuscitationjournal.com/article/S0300957218303745/fulltext

Clattenburg EJ, Wroe P, Brown S, Gardner K, Losonczy L, Singh A, et al. Point-of-care ultrasound use in patients with cardiac arrest is associated prolonged cardiopulmonary resuscitation pauses: A prospective cohort study. Resuscitation [Internet]. 2018B Jan 1;122:65–8. Available from: http://www.resuscitationjournal.com/article/S0300957217307475/fulltext

Sterne JAC, Sutton AJ, Ioannidis JPA, Terrin N, Jones DR, Lau J, et al. Recommendations for examining and interpreting funnel plot asymmetry in meta-analyses of randomised controlled trials. BMJ [Internet]. 2011 Jul 22;343(7818). Available from: https://www.bmj.com/content/343/bmj.d4002

Downloads

Publicado

2023-02-15

Como Citar

MELO FILHO, C. A. de .; MIRANDA, A. F.; SILVA, D. C.; GUTERRES, L. G. M.; SOARES, R. L.; MELO, C. A.; OLIVEIRA, E. N. C. de; NOGUEIRA, I. de A. T.; RIBEIRO, W. A.; COSTA, S. de S.; CONFESSOR, M. V. A. O impacto do ultrassom point-of-care transtorácico no tempo de pausa entre as compressões torácicas durante a reanimação cardiopulmonar: revisão sistemática e metanálise. Revista JRG de Estudos Acadêmicos , Brasil, São Paulo, v. 6, n. 12, p. 119–130, 2023. DOI: 10.55892/jrg.v6i12.480. Disponível em: https://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/480. Acesso em: 17 abr. 2024.

ARK