Leucose enzoótica bovina (LEB) – revisão bibliográfica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.8033671

Palavras-chave:

Bovinocultura, Perda econômica, Soro positividade, Vírus

Resumo

O presente estudo tem como objetivos, evidenciar as formas de contágio e desenvolvimento da LEB, assim como apresentar medidas de controle e prevenção e apresentar as duas condições clínicas da doença relacionadas aos bovinos. A Leucose Enzoótica Bovina (LEB) acomete principalmente bovinos causando uma queda na produção que resulta em perda econômica para o produtor. Essa doença é causada por um deltaretrovirus, que apresenta potencial imunossupressor com curso crônico.Esse vírus possui RNA tumoral que atua no sistema linfoide, causando uma desorganização dos tecidos e órgãos do animal, os mais afetados são os linfonodos que acabam perdendo suas características primárias e são substituídos por um novo tecido de natureza neoplásica que formam os linfossarcomas, esse processo pode causar um processo leucêmico. Sendo assim, o objetivo geral do trabalho é mostrar aos produtores a importância de ter conhecimento sobre essa doença infecto-contagiosa que causa significativas perdas econômicas a bovinocultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Eduarda Guntzel, Centro Universitário União Dinâmica das Cataratas, UDC, PR, Brasil

Lattes
Graduanda em Medicina Veterinária pelo Centro Universitário Dinâmica das Cataratas, Foz do Iguaçu-PR.

Neide Maria Griebeler, Centro Universitário União Dinâmica das Cataratas, UDC, PR, Brasil

Lattes
Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Luterana do Brasil (2018). Atualmente é professora e coordenadora do curso de Medicina Veterinária no Centro Universitário Dinâmica das Cataratas (UDC) e mestranda pela Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). Tem experiência na área de Medicina Veterinária de Pequenos Animais, com ênfase em anestesiologia

Referências

AXEL, Villalobos-Cortés. Enzootic bovine leukosis and the risk to human health. African Journal of Biotechnology, v. 16, n. 15, p. 763–770, 12 abr. 2017. DOI 10.5897/AJB2016.15736.

BENATO, N.; BORGES, J.R.J.; FONTANA, I.; MEIRELLES, F.C.; RUGGIERO, A.P.M.; SILVA, R.C. Ocorrência de Leucose Enzoótica Bovina na forma de linfossarcomas no distrito federal: relato de caso. Arquivo Instituto Biológico, São Paulo, v.75, n.4, p.507-512, out./dez., 2008.

CARNEIRO, P. A. M.; ARAÚJO, P. W.; BIRGEL, E. H.; SOUSA, K. W. Prevalência da infecção pelo vírus da leucose dos bovinos em rebanhos leiteiros criados no Estado do Amazonas. Acta Amazônia, Manaus, v. 33, n. 1, p.111-125, 2003.

CARVALHO, L. Impacto da peste suína africana nas exportações de carne bovina brasileira. Dissertação (mestrado profissional MPAGRO) – Fundação Getulio Vargas, Escola de Economia de São Paulo, 2021. Disponível em < https://hdl.handle.net/10438/30444 >

FERNANDES, C.H.C., et al. Soroprevalência e fatores de risco da infecção pelo vírus da leucose dos bovinos em rebanhos leiteiros da região norte do estado do Tocantins, Brasil. Arquivos do Instituto Biológico, v. 76, n. 3, p. 327–334, set. 2009. DOI 10.1590/1808-1657v76p3272009.

GLAZKO, V. I.; KOSOVSKY, G. Yu. Structure of genes coding the envelope proteins of the avian influenza a virus and bovine leucosis virus. Russian Agricultural Sciences, v. 39, n. 5–6, p. 511–515, set. 2013. DOI 10.3103/S1068367413060074.

GILLET, N. A.; WILLEMS, L. Whole genome sequencing of 51 breast cancers reveals that tumors are devoid of bovine leukemia virus DNA. Retrovirology, v. 13, n. 1, p. 75, dez. 2016. DOI 10.1186/s12977-016-0308-3.

JIMENEZ, D. L. F.; VALLE, C. R. Leucose enzoótica bovina - revisão. PUBVET, v. 7, n. 21, p. 2088-2188, 2013.

KOBAYASHI, T.; INAGAKI, Y.; OHNUKI, N.; SATO, R.; MURAKAMI, S.; IMAKAWA, K. Increasing Bovine leukemia virus (BLV) proviral load is a risk factor for progression of Enzootic bovine leucosis: A prospective study in Japan. Preventive Veterinary Medicine, v. 178, p. 104680, maio 2020. DOI 10.1016/j.prevetmed.2019.04.009.

MEKATA, H.; YAMAMOTO, M.; HAYASHI, T.; KIRINO, Y.; SEKIGUCHI, S.; KONNAI, S.; HORII, Y.; NORIMINE, J. Cattle with a low bovine leukemia virus proviral load are rarely an infectious source. Japanese Journal of Veterinary Research, v. 66, n. 3, p. 157–163, ago. 2018.

NEKOUEI, O. et al. Lifetime effects of infection with bovine leukemia virus on longevity and milk production of dairy cows. Preventive Veterinary Medicine. 2016. Disponível em: < http://dx.doi.org/10.1016/j.prevetmed.2016.09.11>.

NORBY, B. et al. Effect of infection with bovine leukemia virus on milk production in Michigan dairy cows. Journal of Dairy Science, v. 99, n. 3, p. 2043-2052, 2016. Disponível em: < http://dx.doi.org/10.3168/jds.2015-10089>.

OIE. World Organization for Animal Health. Manual of diagnostic tests and vaccines for terrestrial animals, 2021. Disponível em: < https://www.oie.int/en/what-we-do/standards/codes-and-manuals/terrestrial-manualonline-access/ > Acesso:

PANEI, C. J. et al. Study of horn flies as vectors of bovine leukemia virus. Open Veterinary Journal, v. 9, n. 1, p. 33-37, 2019.

PEREIRA, A. L. M. et al. Soroprevalência da leucose enzoótica bovina. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, v. 23, n. 1, p. 47-59, 2014.

PINHEIRO JUNIOR, J. W. et al. Epidemiologia da infecção pelo vírus da leucose enzoótica bovina (LEB). Ciência Animal Brasileira, v. 14, n. 2, p. 258–264, 2013

POLAT, M.; TAKESHIMA, S.; AIDA, Y. Epidemiology and genetic diversity of bovine leukemia virus. Virology journal, v. 14, n. 1, p. 1-16, 2017.

RUGGIERO, V.J.; BARTLETT, P.C. Control of bovine leukemia virus in three US dairy herds by culling ELISA-positive cows. Veterinary medicine international, v. 22 2019, p. 1-6, 2019.

SANTOS, H. P. et al. Frequência de anticorpos e fatores de risco associados á Leucose Enzoótica Bovina em rebanhos da bacia leiteira do estado do Maranhão. Arquivos do Instituto Biológico, v. 78, p. 351-358, 2011.

SPADETTO, R.M.; DIAS, A.S. Leucose Enzoótica Bovina – Revisão De Literatura. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, Ano XI – n. 20, 2013.

SPINOLA, T.R. et al. Correlação entre a atipia linfocitária e o perfil imunológico de vacas leiteiras infectadas pelo vírus da leucemia bovina. Semina: Ciências Agrárias, v. 34, n. 1, p. 293-300, 2013.

Downloads

Publicado

2023-06-13

Como Citar

GUNTZEL, M. E.; GRIEBELER, N. M. Leucose enzoótica bovina (LEB) – revisão bibliográfica. Revista JRG de Estudos Acadêmicos , Brasil, São Paulo, v. 6, n. 13, p. 745–752, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.8033671. Disponível em: https://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/579. Acesso em: 16 jun. 2024.

ARK