Perfil farmacoterapêutico e epidemiológico de pacientes Covid-19 submetidos a ventilação mecânica invasiva em um hospital privado do oeste do Paraná

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.8091777

Palavras-chave:

Covid-19, Ventilação Mecânica, Sedativos, Analgésicos, Bloqueador Neuro muscular

Resumo

Introdução: O tratamento farmacoterapêutico no cenário da Covid-19 apresentou desafios complexos para as equipes multidisciplinares. Os fármacos ocuparam um espaço muito importante na recuperação da saúde de pacientes com a doença da covid-19, entre as classes mais prescritas encontram-se os sedativos, os benzodiazepínicos, os analgésicos, os bloqueadores neuromusculares, os antipsicóticos e os antidepressivos, administrados para indução, manutenção e/ou desmame da ventilação mecânica invasiva (VMI). Esses procedimentos, além de atenderem às necessidades ansiolíticas, hipnóticas e amnésicas desses pacientes, visaram aliviar o desconforto associado à intubação orotraqueal e a traqueostomia e prevenir a dessincronia ventilatória.  Objetivo: deste estudo foi descrever o perfil farmacoterapêutico e as características epidemiológicas dos pacientes graves com COVID-19 que necessitaram de VMI e foram internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) covid. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo com análise de prontuários de pacientes confirmados com Covid-19, e submetidos a VMI com uso da farmacoterapia associada e hospitalizados em UTIs- Covid no período de janeiro a dezembro de 2021, em um hospital privado do oeste do Paraná. Resultados: Foram analisados prontuários de 81 pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRGA) submetidos a VMI e que fizeram uso de medicamentos, analgésicos, BNM, antipsicóticos e antidepressivos para induzir, manter, ou realizar o desmame da VMI. Observou-se nos prontuários avaliados que 100% dos pacientes em estado crítico necessitaram de intubação orotraqueal (IOT), e que 24,7% evoluíram para traqueostomia (TQT). Na descrição dos prontuários os tempos médios de permanência na unidade de terapia intensiva e de ventilação mecânica foram de 31,71 e 22,95 dias, respectivamente. Em relação a farmacoterapia utilizada durante a evolução do tratamento, os medicamentos mais prescritos foram o fentanil com 93,8% das prescrições, midazolam 91,4%, rocurônio 88,9%, dexmedetomidina 64,2% e a morfina com 55,6%. A média de idade dos 81 pacientes foi de 59 anos, sendo 43 (53%) eram do sexo masculino, 30 (37%) possuíam educação básica. Em relação à evolução clínica dos pacientes, 34 (42%) pacientes tiveram alta e 47 (58%) pacientes foram a óbito. A idade média dos pacientes que faleceram foi de 63 anos. Conclusão: Conclui-se que os dados coletados neste estudo fundamentaram um protocolo terapêutico estabelecido para atendimento de pacientes diagnosticados com a Covid-19 e hospitalizado em UTI, principalmente no que se refere a terapia medicamentosa os pacientes que necessitaram de ventilação mecânica fizeram o uso dos medicamentos fentanil e o midazolam e o bloqueador neuromuscular rocurônio, todos os protocolos estabelecidos tiveram manutenção recomendada durante o período avaliado o que proporcionou uma alta taxa de sobrevida dos pacientes hospitalizados e principalmente os que foram submetidos ao procedimento de traqueostomia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carina Fabrícia Antunes, Associação de Ensino

Lattes

Graduanda em Farmácia pela faculdade Biopark.

Monique Goncalves, Associação de Ensino, Pesquisa e Extensão Biopark – Faculdade Biopark, Toledo/Paraná, Brasil

Lattes

Graduanda em Farmácia pela faculdade Biopark.

Dayane Kelly Sabec-Pereira, Associação de Ensino, Pesquisa e Extensão Biopark – Faculdade Biopark, Toledo/Paraná, Brasil

Lattes

Doutorado em Ciência Animal pela Universidade Federal de Goiás, com linha de pesquisa em Patobiologia e morfofisiologia animal, experimental e comparada e tese na área de Neuroanatomia comparativa (2020). Mestre em Ciências Aplicadas à Saúde pela Universidade Federal de Jataí (2015). Especialista em Inovação e Tendências da Educação pelo Instituto Ânima (2021) em parceria com a MIF Academy da Soprano (Finlândia), com imersão em Metodologias Ativas. Especialista em Anatomia e Patologia Associada pela Faculdade Unyleya (2018). Graduada em Farmácia pelo Centro Universitário de Maringá (2005).

Marcos Antonio da Luz , Centro Universitário e Faculdades UNIFTEC, Caxias do Sul/Rio Grande do Sul, Brasil

Lattes

Graduado em Engenharia de Produção pelo Centro Universitário e Faculdades UNIFTEC.

Referências

ADLY, Ahmed., YOUSSEF, Tamer.Ali., EL-BEGERMY, Marwa., YOUNIS, Hunssein. Timing of tracheostomy in patients with prolonged endotracheal intubation: a systematic review. Eur Arch Otorhinolaryngol. v. 275, n. 3, p. 679-690, mar. 2018. https://doi.org/10.1007/s00405-017-4838-7.

ARAÚJO, Edna. Maria; CALDWELL, Kia. Lilly., SANTOS, Márcia. Perreira. Alves., SOUZA, Ionara. Magalhães., ROSA, Patrícia. Lima. Ferreia. Santa., SANTOS, Andreia. Beatriz. Silva., BATISTA, Luís. Eduardo. Morbimortalidade pela Covid-19 segundo raça/cor/etnia: a experiência do Brasil e dos Estados Unidos. Saúde Em Debate, v. 44, n.4, p. 191–205. 2020. https://doi.org/10.1590/0103-11042020E412.

BALLER, Erica. B., HOGAN, Charlote. S., FUSUNYAN, Mark. A, IVKOVIC, Ana., LUCCARELLI, James. W, MADVA, Elisabeth., NISAVIC, Mladen., PRASCHAN, Nathan., QUIJIJE Nadia. V, BEACH, Scott. R., SMITH, Felicia. A Neurocovid: pharmacological recommendations for delirium associated with COVID-19. Psychosomatics. v. 61, n. 6, p. 585-596. Mai. 2020. https://doi.org/10.1016/j.psym.2020.05.013.

BRASIL. Diretrizes Brasileiras para Tratamento Hospitalar do Paciente com COVID-19 Capítulo 3: Manejo da Dor, Sedação e Delirium em Pacientes sob Ventilação Mecânica Invasiva. 2020. Disponível em: https://www.gov.br/conitec/ptbr/midias/protocolos/diretrizes/diretrizesbrasileiras_tratamentohopitalar_pacientecovid_capitulo3.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Coronavírus Brasil: Painel Coronavírus 2020. Disponível: https://covid.saude.gov.br.

CONASS - Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Painel CONASS Covid-19. Brasília: 2021. Disponível em: https://www.conass.org.br/painelconasscovid19.

CORRÊA, Tiago. Domingos., MATOS, Gustavo. Faissol. Janot., BRAVIM, Bruno. Arruda., CORDIOLI, Ricardo. Luis., GARRIDO, Alexandra. Pilar. Gallardo., ASSUNCAO, Murilo. Santucci. Cesar., BARBAS, Carmem. Silva. Valentes., TIMENETSKY, Karina. Tavares., RODRIGUES, Roseni. Reis., GUIMARÃES, Hélio. Pena., RABELLO, Roberto. Filho., LOMAR, Frederico. Polito., SCARIN, Farah. Cristina. Cruz., BATISTA, Carla. Luciana., PEREIRA, André. José., GUERRA, João. Carlos. Campos., CARNEIRO, Barbára. Vieira., NAWA, Ricardo. Kenji., BRANDÃO, Rodrigo. Martins., PESARO, Antonio. Eduardo. Perreira., JÚNIOR, Moacir. Silva., CARVALHO, Fabrício Rodrigues. Torres., ALMEIDA, Ana. Claúdia. Ferraz., FRANKEN, Marcelo., PENSAVENTO, Marcele. Liliane., FERRAZ, Leonardo. José. Rolim. Intensive support recommendations for critically-ill patients with suspected or confirmed COVID-19 infection Einstein (São Paulo); v. 18, p 1-9. 2020. https://doi.org/10.31744/einstein_journal/2020ae5793.

CHEN, Nanshan., ZHOU, Min., DONG, Xuan., Qu, JIEMING., GONG, Fengyun., HAN, Yang., QIU, Yang., WANG, Jingli., LIU Ying., WEI, Yuan., ZHANG, Xinxin., ZHANG, Li. Epidemiological and clinical characteristics of 99 cases of 2019 novel coronavirus pneumonia in Wuhan, China: a descriptive study. The lancet. V. 395, n. 10223, p. 507-513. 2020. https://doi.org/10.1016/s0140-6736(20)30211-7.

CRUZ, Daniel. Alves., SOUSA, Ismailia. Lima., SANTANA, Paloma. Veluma, OLIVEIRA, Luciane. Karine., SOUSA, Francisco. Wagner., ARAÚJO, Ágata.Maria., SILVA, Keila. Maria. Paiva., R, ARAÚJO, Glória. Stephany., COSTA, Jayanne. NASCIMENTO, Isabel. Rodrigues. Impactos da ventilação mecânica invasiva em pacientes de COVID-19: revisão integrativa. Investigação, Sociedade e Desenvolvimento. , [S. l.], v. 10, n. 11, pág. e380101119656, 2021.https://doi.org/10.33448/rsd-v10i11.19656.

TEN-CATEN, Felipe., GONZALEZ-DIAS, Patrícia., CASTRO, Ícaro., OGAVA, Rodrigo., GIDDALURU, Jeevan., SILVA, Juan Carlo., MARTINS, Felipe., GONÇALVES, André., COSTA-MARTINS, André G., ARAUJO, José., VIEGAS, Ana Carolina., CUNHA, Fernando Q., FARSKY, Sandra., BOZZAF, Fernando., LEVING, Anna S., PANNARAJH, Pia S., SILVA, Thushan., MINOPRIO, Paola., SILVA, Fabiano Pinheiro., ANDRADE, Bruno B., NAKAYA, Helder I. In-depth analysis of laboratory parameters reveals the interplay between sex, age, and systemic inflammation in individuals with COVID-19. International Journal of Infectious Diseases, v. 105, p. 579 – 587.2021. https://doi.org/10.1016/j.ijid.2021.03.016.

Fundação Oswaldo Cruz- Fiocruz – Glossário de acesso aberto. https://portal.fiocruz.br.

GRASSELLI Giacomo., GRECO, Maximiliano., ZANELLA Alberto., ALBANO, Giovanni., ANTONELLI Massimo, BELLANI, Giacomo., BANANOMI, Ezio., CABRINI Luca., CARLESSO, Eleonora., CASTELLI, Gian Paolo., CATTANEO, Sérgio., CEREDA, Danilo., COLOMBO, Sérgio., COLOCILLO, Antonio., CRESCINI, Giuseppe., MOLINARE, Andrea., FOTI, Giuseppe., FUMAGALLI, Roberto., LOTTI, Giorgio. Antonio., LANGER, Thomas., LATRÔNICO, Nicola., LORENI., Ferdinando. Luca., MOJOLO, Francesco., NATALINI, Giuseppe., PESINA, Carla. Maria., RANIERI, Vito. Marco., RECH, Roberto., SCUDELLER, Luigia., ROSANO, Antonio., STORTI, Enrico., TIRANI, Marcelo., VILLANI, Pier. Giorgio., PENSETI, Antonio., CECONNI, Mauricio., REDE UTI COVID-19 LOMBARDIA. COVID-19 Lombardy ICU Network. Baseline Characteristics and Outcomes of 1591 Patients Infected With SARS-CoV-2 Admitted to ICUs of the Lombardy Region, Italy. JAMA internal medicine; v.180, n. 10, p.1345-1355. 2020. https://doi.org/10.1001/jamainternmed.2020.3539.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo 2010. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/marechal-candido-rondon/panorama.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua) 2021. Disponível: https://educa.ibge.gov.br/jovens/conheca-o-brasil/populacao/18319-cor-ou-raca.html.

HANIDZIAR, Dusan; BITTNER, Edward. A; Sedation of mechanically ventilated COVID-19 patients: challenges and special considerations. Anesthesia and Analgesia: v. 131, n. 1, p e40-e41. 2020. https://doi.org/10.1213/ane.0000000000004887.

HUANG, Chaolin., WANG, Yeming., LI, Xingwang., REN, Lili., ZHAO, Jianping., HU, Ye., ZHANG, Li., FAN, Guohoi., XU, Jiuyang., GU, Xiaoyng., CHENG, Zhenshun., YU, Ting., XIA, Jiann., WEI, Yuan., WU, Weinjuan., XIE, Xuelei., YIN, Wen., LI, Hui., LIU, Min., XIAO, Yan., GAO, Hong., GUO, Li., CAO, Bin. Clinical features of patients infected with 2019 novel coronavirus in Wuhan, China. Lancet (London, England), v.395, n.10223, p.497–506. 2020. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30183-5.

KAPP, Christopher. M., ZAEH, Sandra., NIEDERMEYER, Shannon., PUNJABI, Naresh. M., SIDDHARTHAN, Trishul., DAMARLA, Mahendra. The Use of Analgesia and Sedation in Mechanically Ventilated Patients With COVID-19 Acute Respiratory Distress Syndrome. Anesthesia and analgesia, v. 131, n. 4, p. e198–e200. 2020. https://doi.org/10.1213/ANE.0000000000005131.

KING, Christopher. S., SAHJWANI, Dhwani., BROWN, A. Whitney., FEROZ, Saad., CAMERON, Paula., OSBORN, Eric., DESAI, Mehul., DJURKOVIC, Svetolik., KASARABADA, Aditya., HINERMAN, Rachel., LANTRY, James., SHLOBIN, Oksana. A., AHMAD, Kareem., KHANGOORA, Vikramjit., ARYAL, Shambhu., COLLINS, A. Claire., SPEIR, Alan., NATHAN, Steve. Outcomes of mechanically ventilated patients with COVID-19 associated respiratory failure. PloS one, v.15, n.11, e0242651. 2020. https://doi.org/1,0.1371/journal.pone.0242651.

LUO, Mengqiang., CAO, Shumei., WEI, Liqun., ZHAO, Xu., GAO, Feng., LI, Shengqing., MENG, Lingzhong., WANG, Yingwei. Intubation, mortality, and risk factors in critically ill Covid-19 patients: A pilot study. Journal of clinical anesthesia, v 67, n. 110039, 2020. https://doi.org/10.1016/j.jclinane.2020.110039.

MAIA, André. Benetti. Fonseca., DAYLHANA, Coleti. Casavilca. “O USO DE ANTIDEPRESSIVOS NA INTERNAÇÃO DE PACIENTES NA UTI.” UNILUS Ensino e Pesquisa v.16, n. 43, p.110-118. 2019.

MÁXIMO, Maria. Ana.; PUGA, Andreia. Gestão da sedação em UCI: Sedação em UCI. Revista da Sociedade Portuguesa de Anestesiologia, [S. l.], v. 30, n. 4, 2022. https://doi.org/10.25751/rspa.24797.

MCKAY, B., MEYERS, M., RIVARD, L., STANKEWICZ, H., STOLTZFUS, J. C., & RAMMOHAN, G. Comparison of Early and Late Intubation in COVID-19 and Its Effect on Mortality. International journal of environmental research and public health, v. 19, n. 5, p.3075. 2022. https://doi.org/10.3390/ijerph19053075.

MOURA Karolinny. Borinelli. Aquino., BERTOLDI Rennan A., MORAES Rafael. Barbarena. Desafios relacionados a sedação, analgesia e bloqueio muscular no paciente com COVID-19. In: Associação de Medicina Intensiva Brasileira; Dal-Pizzol F, Amorim FF, organizadores. PROAMI Programa de Atualização em Medicina Intensiva: Ciclo 19. Porto Alegre: Artmed Panamericana; 2022. p. 41–92. (Sistema de Educação Continuada a Distância, v. 2). https://doi.org/10.5935/978-65-5848-516-2.C0002.

Núcleo de Operações e Inteligência em Saúde (NOIS), Análise socioeconômica da taxa de letalidade da COVID-19 no Brasil. Nota Técnica 11. 2020. https://ponte.org/wp-content/uploads/2020/05/NT11-An%C3%A1lise-descritiva-dos-casos-de-COVID-19.pdf.

OLIVEIRA, Raíssa Martins Fraga. Avaliação do perfil de utilização de medicamentos para COVID-19 em um hospital privado no Norte Fluminense. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Farmácia) -Instituto de Ciências Farmacêuticas, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Macaé, 2021.

Orientações sobre o manejo de medicamentos analgésicos, sedativos e bloqueadores neuromusculares para intubação traqueal, manutenção de pacientes em ventilação mecânica e anestesia em situações de escassez no contexto da pandemia Covid-19. Disponível em www.amib.org.br.

PIJLS, Bart. G., JOLANI, Shahab., ATHERLEY, Anique., DIJKSTRA, Janna. I., FRANSSEN, Gregor. H., HENDRIKS, Stevie., YU, Evan. Yi-Men., ZALPURI, Saurabh., ZEEGERS, Mauricio. P. Temporal trends of sex differences for COVID-19 infection, hospitalisation, severe disease, intensive care unit (ICU) admission and death: a meta-analysis of 229 studies covering over 10M patients F1000Research , v. 11, n. 5, 2022. https://doi.org/10.12688/f1000research.74645.1.

RANZANI Otávio., T, BASTOS, Leornardo., GELLI, João. Gabriel., MARCHESI, Janaína. F., BAIÃO, Fernanda., HAMACHER, Silvio. Characterisation of the first 250 000 hospital admissions for COVID-19 in Brazil: a retrospective analysis of nationwide data. The Lancet Respiratory Medicine. V.9, n.4, p 407–418. 2021. https://doi.org/10.1016/S2213-2600(20)30560-9.

SANTOS, Paloma. Stephany. Andrande., MATEUS, Sérgio. Ricardo. Menezes., SILVA, Magali. Franscisca. Oliveira., FIGUEIREDO, Paulo. Tadeu. Souza., CAMPOLINO, Rafael. Gonçalves. Perfil epidemiológico da mortalidade de pacientes internados por Covid-19 na unidade de terapia intensiva de um hospital universitário / Perfil epidemiológico da mortalidade de pacientes internados por Covid-19 na unidade de terapia intensiva de um hospital universitário. Revista Brasileira de Desenvolvimento, [S. l.] , v. 7, n. 5, pág. 45981–45992, 2021. https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29466.

TANAKA, Lilian Maria Sobreira; SERAFIM, Rodrigo Bernardo; SALLUH, Jorge Ibrain Figueira. O que todo intensivista deveria saber sobre sedação leve em pacientes em ventilação mecânica. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, v. 33, p. 480-482, 2021.

TEICH, Vanessa. Damasio., KLAJNER, Sidney., ALMEIDA, Felipe. Augusto. Santiago., DANTAS, Anna. Caroline. Batista., LASELVA, Cláudia. Regina., TORRITESI, Mariana. Galvani., CANERO, Tatiane. Ramos., BERWANGER, Otávio., RIZZO, Luis. Vicente., REIS, Eduardo. Pontes., CENDOROGLO, Miguel. Neto. Epidemiologic and clinical features of patients with COVID-19 in Brazil. Einstein (São Paulo), v. 18, p. eAO6022, 2020.

VINCENT, Jean. Louis., SHEHABI, Yahia., WALSH, Timothy. S., PANDHARIPANDE, Patrik. P., BALL, Jonathan. A., SPRONK, Pedro., LONGROIS, Dan., STROM, Thomas., CONTI, Giorgio., FUNK, Georg. Cristian., BADENES, Rafael., MANTZ, Jean., SPIES, Claúdia., TAKALA, Jukka. Comfort and patient-centred care without excessive sedation: the eCASH concept. Intensive care medicine, v.42, n. 6, p. 962–971. 2016. https://doi.org/10.1007/s00134-016-4297-4.

ZHOU, Fei., YU, Ting., DU, Ronghui., FAN, Guohui., LIU, Ying., LIU, Zhibo., XIANG, Jie., WANG, Yeming., SONG, Bin., GU, Xiaoying., GUAN, Lulu., WEI, Yuan., LI, Hui., WU, Xudong., XU, Jiuyang., TU, Sheingjin., ZHANG, Yi., CHEN, Hua., CAO, Bin. Clinical course and risk factors for mortality of adult inpatients with COVID-19 in Wuhan, China: a retrospective cohort study. Lancet. V. 395, n. 10229, p.1054–1062. https://doi.org/10.1016/s0140-6736(20)30566-3.

Wang Dawei., Hu Bo., Hu Chang., Zhu Fangfang., Liu Xing., Zhang Jing., Wang Bin., Xiang Hui., Cheng Zhenshun., Xiong Yong., Zhao Yan., Li Yirong, Wang Xinghuan, Peng Zhiyong. Clinical Characteristics of 138 Hospitalized Patients With 2019 Novel Coronavirus-Infected Pneumonia in Wuhan, China. JAMA. v. 323, n. 11, pág. 1061-1069, 2020. doi:10.1001/jama.2020.1585.

WUNSCH, Hannah. Mechanical ventilation in COVID-19: interpreting the current epidemiology. American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine, v. 202, n. 1, p. 1-4, 2020. https://doi.org/10.1164/rccm.202004-1385ED.

Downloads

Publicado

2023-06-27

Como Citar

ANTUNES, C. F.; GONCALVES, M.; SABEC-PEREIRA, D. K.; DA LUZ , M. A. Perfil farmacoterapêutico e epidemiológico de pacientes Covid-19 submetidos a ventilação mecânica invasiva em um hospital privado do oeste do Paraná. Revista JRG de Estudos Acadêmicos , Brasil, São Paulo, v. 6, n. 13, p. 1158–1175, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.8091777. Disponível em: https://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/658. Acesso em: 16 jun. 2024.

ARK