OS DESAFIOS LOGÍSTICOS E AS TENDÊNCIAS EM RELAÇÃO AO CHAMADO E-COMMERCE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.4319128

Palavras-chave:

e-commerce, logística urbana, transportes urbanos

Resumo

O trabalho trata dos principais desafios da logística urbana, sendo o lugar onde mora a maioria das pessoas e o centro das trocas comerciais no território nacional. O  texto pretende apontar a atenção aos estudos da logística em relação ao território e as variáveis geográficas das áreas urbanas e metropolitanas. Há novos desafios da logística nas áreas urbanas e eles foram discutidos nesse trabalho como elementos de reflexão teórica e metodológica: e-commerce e city logistics. O objetivo da pesquisa é mostrar as abordagens e as características relevantes das dimensões espaciais e suas relações para que sejam discutidas e incorporadas como base permanente nos estudos básicos de logística. Os elementos que agregam valor na análise foram o conhecimento dos fluxos do movimento das mercadorias, o uso do solo e as relações entre lugares reais e virtuais nas cidades, de modo a encontrar uma estratégia para a gestão do conjunto das atividades primárias (transporte, estoque e armazém) e complementares mais eficientes para cada lugar, considerando o alto custo de oportunidades existentes nas metrópoles.

Biografia do Autor

Alessandro Aveni, Universidade de Brasília, UnB, DF, Brasil.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0679425851663633
Orcid: https://orcid.org/0000-0001-6266-6818
E-mail: alessandro@unb.br

Referências

BALLOU, R. Logística Empresarial: Transporte, administração de materiais e distribuição física. São Paulo, Atlas, 2007.

BARRY, J.; GIRARD, G. & PERRAS, C. Logistics planning shifts into reverse. Journal of European Business, vol. 5, nº 1, p. 34-38, 1993.

BOWERSOX, D. J. & CLOSS, D. J. Logística Empresarial: O Processo de Integração da Cadeia de Suprimento. São Paulo: Atlas, 2001.

CABÚS, J. A gestão ambiental aplicada aos transportes: o caso da agência nacional de transportes terrestre – ANTT. Revista ANTT - V. 2 Nº 1 - Maio - 2010 - Brasília 64- 74, 2010

MUNICÍPIO DE CURITIBA. Lei Complementar nº11266/2004, de 16 de dezembro de 2004. Plano Diretor Municipal de Curitiba. Disponível em: http://www.ippuc.org.br/informando/ index_plano_diretor.htm. Acessado em 16 abr 2007.

DURAND B. (2010) “e-commerce et logistique urbaine : quand le développement durable s’en mêle…”, Revue Française de Gestion Industrielle 29 (2) , pp. 7-26.

DUTRA DA SILVA, N. G.. O enfoque de “city logistics” na distribuição urbana de encomendas. Tese doutorado. Orientador Antonio Galvão Naclério Novaes. PPGEP/UFSC. Cap. 4. Florianópolis: 2004

FRANÇA, P.T.; RUBIN, M. Transporte Urbano de Mercadorias, Logística Urbana e City Logistics. Grupo de estudos logísticos – GELOG/UFSC. Florianópolis. [s.d.]. Disponível em: <http://www.gelog.ufsc.br/Publicacoes/og%EDstica%20Urbana.ppt>. Acessado em 21 abril 2006.

GONZALEZ J. F. , AMBROSINI C., ROUTHIER J. New trends on urban goods movement: modelling and simulation of e-commerce distribution European Transport Trasporti Europei (2012) Issue 50, Paper N° 6, ISSN 1825-3997

HALL P., HESSE M., RODRIGUE J,P., Reexploring the interface between economic and transport geography. Environment and Planning. Volume 38, pages 1401- 1408, 2006.

KOPICKI, R.; BERG, M. & LEGG, L. L. Reuse and recycling-reverse logistics opportunities. Oak Brook, IL: Council of Logistics Management, 1993.

KROON, L. & VRIJENS, G. Returnable containers: an example of reverse logistics. International Journal of Physical Distribution and Logistics Management, vol 25, nº 2, p. 56-68, 1995.

LAKATOS, E. M.; MARCONI de ANDRADE M. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2010.

MINISTÉRIO do MEIO AMBIENTE - MMA. Resolução CONAMA nº 1, de 23 de

janeiro de 1986. Disponível em http://www.mma.gov.br/port/conama/legiabrecfm?codlegi=23. Acessado em Abril de 2014.

MINISTÉRIO do MEIO AMBIENTE. Resolução CONAMA nº 237, de 19 de dezembro de 1997. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama/res/res97/res23797.html. Acessado em 08 de Maio de 2014.

MACÁRIO, R. e CAIADO, G. Logística urbana e plataformas de comunicação e informação. Aula ministrada. Mestrado em Transporte. Instituto Superior Técnico. [s.l.] [s.d.]. Disponível em: <http://www.cesur.civil.ist.utl.pt/~sgvct/mt/ 2_semestre/ITL/Download_docs/ ITL_03_sess07.pdf>. Acessado em: 21 abr. 2006.

MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE. Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental. Disponível em: http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/spm/usu_doc/pddua_com_alteracoes

_de_2005.pdf. Acessado em 16 abril de 2007.

PACHÉ, G. (2008) Efficient Urban e-Logistics: Mutualisation of Resources and Source of Competitive advantage, In RIRL 2008 -Proceedings of the 7th International Meeting for Research in Logistics, Avignon, pp. 24-26.

RICCIARDI, N., CRAINIC, T.G.; STORCHI, G. Models for Evaluating and planning city logistics systems. Disponível em: https://www.cirrelt.ca/DocumentsTravail/CIRRELT-2009-11.pdf. Acessado em Maio de 2014.

STOCK, J. R. Reverse Logistics. Illinois: Oak Brook, Council of Logistics Management, 1992

Publicado

2019-11-10

Como Citar

Aveni, A. . (2019). OS DESAFIOS LOGÍSTICOS E AS TENDÊNCIAS EM RELAÇÃO AO CHAMADO E-COMMERCE. Revista JRG De Estudos Acadêmicos, 2(5), 71–83. https://doi.org/10.5281/zenodo.4319128