CUIDADOS E PREVENÇÕES AO DIABETES NO BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.4321960

Palavras-chave:

DIABETES. SUS. PREVENÇÃO. MEDICAMENTOS. MEDIDAS.

Resumo

O diabetes, assim como outras doenças crônicas tais como hipertensão, ocupa um lugar de relevância no que diz respeito às doenças que mais atingem a população e mais causam mortes. As políticas públicas voltadas à sua erradicação, embora vantajosas, são insuficientes e custosas. Sendo assim, há a alternativa do diagnóstico precoce da doença, rastreamento, que obteve, do total, 44% representando novos casos. Objetiva-se a solução por meio de novas políticas e conhecimento da doença. O fator degradante da doença exige seu estudo, ao ser observada em familiares próximos. As pesquisas utilizadas usaram questionários fechados para obter dados. A conclusão é que as propostas das pesquisas se mostram eficientes como complementos às políticas existentes.

Biografia do Autor

Jonas Rodrigo Gonçalves, Universidade Católica de Brasília, UCB, DF, Brasil.

Doutorando em Psicologia; Mestre em Ciência Política (Políticas Públicas, Direitos Humanos e Cidadania). Especialista em: Letras: Revisão de texto; Formação em Educação a Distância; Docência no Ensino Superior; Didática no Ensino Superior em EAD. Licenciado em Filosofia e em Letras (Português e Inglês). Escritor, autor de 36 livros didáticos e acadêmicos. Coordenador dos grupos de pesquisa: Direito e Políticas Públicas; Políticas Públicas do Agronegócio e Gestão Ambiental; Português Jurídico; Língua Portuguesa e Carreiras Públicas.

Caroline Pereira Gurgel, Faculdade Processus, DF, Brasil

Graduando(a) em Direito pela Faculdade Processus (Brasília/DF). Autor (a) do artigo “Cuidados e Prevenções ao Diabetes no Brasil”. Participante do grupo de pesquisa Direito e Políticas Públicas, da Faculdade Processus, sob coordenação do professor MSc. Jonas Rodrigo Gonçalves. Palestrante no Seminário de Pesquisa da Faculdade Processus em 2018.

Referências

ARTILHEIRO, Martha Maria Vieira de Salles Abreu, FRANCO, Selma Cristina, SCHULZ, Victor Cubas, COELHO, Camila Carneiro. Quem são e como são tratados os pacientes que internam por diabetes mellitus no SUS? Saúde em Debate [online], v. 38, p. 210-224, 2014.

CODOGNO, Jamile Sanches, FERNANDES, Rômulo Araújo, MONTEIRO, Henrique Luiz. Prática de atividades físicas e custo do tratamento ambulatorial de diabéticos tipo 2 atendidos em Unidade Básica de Saúde. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia [online], p. 6-11, Jan. 2012.

COSTA, Karen Sarmento, TAVARES, Noemia Urruth Leão, MENGUE, Sotero Serrate, PEREIRA, Marco Aurélio, MALTA, Deborah Carvalho, DA SILVA JÚNIOR, Jarbas Barbosa. Obtenção de Medicamentos para Hipertensão e Diabetes no Programa Farmácia Popular do Brasil: resultados da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Epidemiologia e Serviços de Saúde [online]. ISSN, v. 25, n. 1, p. 33-44, 2016.

GAERTNER, Franciele, SCHNEIDER, Aline, SPANAVELLO, Stella, COLET, Christiane. Procedimentos relacionados ao uso de insulina por portadores de Diabetes Mellitus tipo I e tipo II. Revista Contexto & Saúde [online], v. 14, n. 27, p. 44-53, 2015.

GONÇALVES, Jonas Rodrigo. Metodologia Científica e Redação Acadêmica. 7.ed. Brasília: JRG, 2015.

NASCIMENTO, Bárbara do, GRACIA, Diego Fabian Karvat, DE ALBUQUERQUE, Guilherme Souza Cavalcanti, PREISLER, Luisa, DE SILVA, Marcelo José de Souza, PERNA, Paulo de Oliveira. Adesão de Hipertensos e Diabéticos analfabetos ao uso de medicamento a partir da prescrição pictográfica. Trabalho, educação e

saúde, Rio de Janeiro, ISSN, v. 14, n. 2, p. 611-624, Ago. 2016.

TOSCANO, Cristina M. As Campanhas Nacionais para Detecção das Doenças Crônicas Não-Transmissíveis: Diabetes e Hipertensão Arterial. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, p. 885-895. Mai. 2015.

Publicado

2019-06-20

Como Citar

Gonçalves, J. R. ., & Gurgel, C. P. . (2019). CUIDADOS E PREVENÇÕES AO DIABETES NO BRASIL. Revista JRG De Estudos Acadêmicos, 2(4), 01–16. https://doi.org/10.5281/zenodo.4321960

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>