OS DESAFIOS DA ESCOLHA PROFISSIONAL PARA ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DA REDE PÚBLICA DE CEILÂNDIA

Autores

  • Leonardo Carvalho de Sousa Instituto de Educação Superior de Brasília - IESB  
  • Pedro Henrique Nascimento de Oliveira Instituto de Educação Superior de Brasília - IESB 
  • Beatriz Amália Albarello Universidade Católica de Brasília, UCB, DF, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-7116-7428

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.4404858

Palavras-chave:

Escolha Profissional. Jovens do Ensino Médio. Fatores Sociodemográficos.

Resumo

Este artigo tem por objetivo refletir sobre as dificuldades, interesses e conhecimento do jovem quanto ao ensino superior e o mercado de trabalho. A constituição se dá por meio de uma pesquisa de caráter exploratória, feita com jovens de uma escola pública da região da cidade de Ceilândia, as informações coletadas se referem a dados sociodemográficos e socioeconômicos destes respectivos alunos. Percebe-se que em sua maioria se trata de alunos de classe baixa, sem condições de frequentar uma boa instituição de ensino superior, observou-se também que uma porcentagem considerável deste público habita em bairros periféricos. Com a coleta destes dados foi possível também visualizar que os alunos pretendem seguir carreira pública e suas principais dificuldade para atingir tais objetivos são os recursos financeiros e oportunidades de ingressar na universidade para alcançar esse objetivo.

Biografia do Autor

Leonardo Carvalho de Sousa, Instituto de Educação Superior de Brasília - IESB  

Graduando em Administração pelo Instituto de Educação Superior de Brasília - IESB  

Pedro Henrique Nascimento de Oliveira, Instituto de Educação Superior de Brasília - IESB 

Graduando em Administração pelo Instituto de Educação Superior de Brasília - IESB 

Beatriz Amália Albarello, Universidade Católica de Brasília, UCB, DF, Brasil.

Mestre(a) em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Docente do Centro Universitário Instituto Superior de Brasília e da Universidade Católica de Brasília.

Referências

ALMEIDA, M. E. G. G. & PINHO, L. V. Adolescência, família e escolhas: implicações na orientação profissional. Psicologia Clínica, 2008.

BAE, Dayoung; WICKRAMA, Kandauda A. S. Situação socioeconômica familiar e desempenho acadêmico entre adolescentes coreanos: mecanismos de ligação de processos familiares e adolescentes, o diário do adolescente precoce, 2015. Disponível em: < https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/0272431614549627 >. Acesso em: 10 de outubro de 2020.

BROWN, Duane, Informações de carreira, aconselhamento de carreira e desenvolvimento de carreira. Carolina do Norte, 2003.

DE-FARIAS, C. R . RIBEIRO. Ana Karina, Michela Rodrigues, Skinner vai ao Cinema. Brasília: Walden4, 2014.

CALLIGARIS, Contardo, A adolescência. São Paulo: Publifolha, 2000.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: e o novo papel dos recursos humanos na organização. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

COUTO, Marcus Ennes Rangel, Orientação profissional: O estudante é muito mais que uma opção. Rio de Janeiro, 2014.

DAFT, Richard L. Administração. 6.ed. São Paulo: Pioneira Thomson Learning,

IBGE, Dados demográficos por região administrativa do Distrito Federal. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/df/panorama>. Acesso em: 10 de abril de 2020.

IBGE, Desemprego de jovens, 2019. Disponível em: <https://static.poder360.com.br/2020/02/pnad-continua-4t2019.pdf>. Acesso em: 10 de abril de 2020.

LUCCHIARI, D. H. P. S. A escolha profissional do jovem ao adulto. São Paulo: Summus Editorial, 2002.

MORAES E ANDRADE, Aprendizagem Relacionada ao Trabalho. Brasília, 2010.

MOURA, A. Curiosidades sobre a região “A Ceilândia.com”, Disponível em: <http://www.ceilandia.com/?page_id=1848>. Acesso em: 12 de maio de 2020.

PIGOZZI, Valentina, Adolescente – viva em harmonia com ele. São Paulo: Gente, 2005.

PROPOSTA PEDAGÓGICA: Centro de Ensino Médio 12 de Ceilândia, 2019. Disponível em: <http://www.educacao.df.gov.br/wp-conteudo/uploads/2019/07/pp_cem_12_ceilandia.pdf >. Acesso em: 12 de maio de 2020.

RIBEIRO, Marcelo Afonso. Compêndio de orientação profissional e de carreira. São Paulo: Vetor, 2011.

MOURA, R. REIDY & POSSATO, S. As dificuldades de inserção no mercado de trabalho e suas repercussões na vida dos jovens: apontamentos a partir de uma experiencia em comunidade periférica de Ponta Grossa-PR. Eleuthera, 2012.

SAVICKAS, M.L., Interesses vocacionais: uso de significado, medição e aconselhamento. Palo Alto, CA, 1999.

SAVICKAS, M. L. Uma Perspectiva de Desenvolvimento do Comportamento Profissional: Padrões de Carreira, Saliência e Temas. Jornal Internacional de Orientação Educacional e Profissional, 2001.

SOBRAL, J. M., GONÇALVES, C. M., & COIMBRA, J. L. A influência da situação profissional parental no desenvolvimento vocacional dos adolescentes. Revista Brasileira de Orientação Profissional, 2009.

SOBROSA, CAMERIN, SANTOS & DIAS, Considerações acerca da inserção profissional de jovens do ensino médio, 2012.

VALLET, L. A. Forty years of social mobility in France: change in social fluidity in the light of recent models. Revue Française de Sociologie, 2001. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.2307/3323052>. Acesso em: 10 de outubro de 2020.

WESCHENFELDER, Greicy, 2013. O jovem no mercado de trabalho. Disponível em: <https://www.jornaldocomercio.com/site/noticia.php?codn=122400 >. Acesso em: 12 de maio de 2020.

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Sousa, L. C. de ., Oliveira, P. H. N. de ., & Albarello, B. A. . (2020). OS DESAFIOS DA ESCOLHA PROFISSIONAL PARA ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DA REDE PÚBLICA DE CEILÂNDIA. Revista JRG De Estudos Acadêmicos, 3(7), 818–833. https://doi.org/10.5281/zenodo.4404858