A INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA NO TRATAMENTO DAS DESORDENS TEMPOROMANDIBULARES: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Autores

  • Samara Emanuela Coelho da Silva Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil.
  • Karen Luany da Silva Santos Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil.
  • Ronney Jorge de Souza Raimundo Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-1379-7595

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.4451231

Palavras-chave:

ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR. FISIOTERAPIA. TRANSTORNOS DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR.

Resumo

A Articulação Temporomandibular (ATM) é formada por um conjunto de estruturas anatômicas que estabelecem uma ligação entre o osso temporal e a mandíbula. Essa articulação é suscetível a variações patológicas originando desordem como a disfunção temporomandibular. Disfunção Temporomandibular (DTM) é definido pela alteração patológica que prejudica a articulação temporomandibular (ATM), tendo potencial de afetar os músculos mastigatórios e sistema estomatognático. A intervenção fisioterapêutica visa amenizar a dor musculoesquelética, reduzir inflamação e espasmos, ganhar ou manter a amplitude de movimento, recuperar a função do sistema mastigatório e promover a reeducação do paciente para melhorar a qualidade de vida. Objetivo: Desta forma o objetivo desse estudo foi analisar as evidências científicas sobre o tratamento fisioterapêutico na desordem temporomandibular. Métodos: Foram realizadas buscas eletrônicas nas bases de dados PubMed, Lilacs e Scielo a fim de identificar os artigos científicos indexados e publicados nos anos de 2011 a 2018. Foram selecionados 20 artigos após analise utilizou-se 11. Resultados: Os resultados obtidos neste estudo, nota-se que os recursos fisioterapêuticos trazem bons resultados em paciente com DTM, reduzindo a dor e aumentando a amplitude de movimento. Conclusão: Conforme os resultados apresentados neste estudo, conclui-se que os recursos fisioterapêuticos trazem bons resultados em paciente com DTM.

Biografia do Autor

Samara Emanuela Coelho da Silva, Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil.

Acadêmica de Fisioterapia. Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires. Goiás, Brasil.

Karen Luany da Silva Santos, Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil.

Acadêmica de Fisioterapia. Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires. Goiás, Brasil.

Ronney Jorge de Souza Raimundo, Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil.

Graduação em Fisioterapia , doutorado em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília. Membro do NDE no curso de fisioterapia da UNIP, UNIPLAN, FACESA , Estácio de Sá e Anhaguera/Kroton. Coordenador e professor no processo de avaliação ENADE/INEP desde 2004. Revisor de artigo científico. Professor premiado pelo sistema de meritocracia nos anos de 2015, 2016 e 2017 . Professor com mérito reconhecido pelo sistema de adesão ao modelo de ensino(AME) nos anos de 2016 e 2017, Prêmio de melhor didática em sala de aula em 2016. Prémio de melhor projeto de extensão "TOP 10 Anatomia" . Participante das olimpíadas Rio 2016 como professor de Gestão. Professor das disciplinas de tronco comum ; anatomia ,fisiologia humana ,fisiologia do exercício , cinesiologia, biomecânica. Professor de disciplinas específicas ; eletrotermofototerapia, cinesioterapia, clinica das disfunções musculoesqueléticas , clinica das disfunções cardiorespiratórias ambulatoriais.

Referências

Pelicioli M, Myra RS, Florianovicz VC, Batista JS. Tratamento fisioterapêutico nas desordens temporomandibulares. Rev. dorvol.18no. 4São PauloOct./Dec.2017. http://dx.doi.org/10.5935/1806-0013.20170129.

Priebe M, Antunes AGF, Corrêa ECR. Estabilidade dos efeitos da fisioterapia na disfunção temporomandibular. Rev. dorvol.16no.1São PauloJan./Mar.2015. http://dx.doi.org/10.5935/1806-0013.20150002 .

Rodrigues CA, Magri LV, Melchior MO, Mazzetto MO. Avaliação do impacto na qualidade de vida de pacientes com disfunção temporomandibular. Rev. dorvol.16no.3São PauloJuly/Sept.2015. http://dx.doi.org/10.5935/1806- 0013.20150036.

Aldiéris A, Pesqueira, Paulo RJ Zuim, Douglas R. Monteiro, Paula Do Prado Ribeiro, Alício R. Garcia. Relação entre fatores psicológicos e sintomas de DTM em estudantes universitários de graduação. Acta odontol.latinoam.vol.23 no.3 Buenos Aires dic.2010.

Girard J, Parkman K, Nat C. The Effects of Dry Needling on Temporomandibular Disorder: A Systematic Review. Review Article Published: 26 Feb, 2018

Freire AB, Nardi AT, Boufleur J, Chiodelli L, Pasinato F, Corrêa ECR. Abordagem fisioterapêutica multimodal: efeitos no diagnóstico e gravidade da disfunção temporomandibular. Fisioter.mov.vol.27 no.2 Curitiba abril / junho 2014. http://dx.doi.org/10.1590/0103-5150.027.002.AO07.

Porporatti AL, Costa YM, Barbosa JS, Bonjardim LR, Conti PCR. Protocolos de acupuntura para o tratamento da disfunção temporomandibular. Rev. dorvol.16no.1São PauloJan./Mar.2015. http://dx.doi.org/10.5935/1806- 0013.20150011.

Franco AL, Zamperini CA, Salata DC, Silva EC, Junior WA, Camparis CM. Fisioterapia no tratamento da dor orofacial de pacientes com disfunçãotemporomandibular crônica. Rev Cubana Estomatolv.48n.1Ciudad de La Habanaene.-mar.2011.

Viana MO, Olegario NBC, Viana MO, Silva GPF, Santos JLF, Carvalho STRF. Efeito de um protocolo de fisioterapia na qualidade de vida relacionada à saúde de pacientes com disfunção temporomandibular. Fisioter.mov.vol.29 no.3 Curitiba julho / setembro2016. http://dx.doi.org/10.1590/1980-5918.029.003.AO08.

Torres F, Campos LG, Fillipini HF, Weigert KL, Vecchia GFD. Efeitos dos tratamentos fisioterapêutico e odontológico em pacientes com disfunção temporomandibular. Fisioter. Mov., Curitiba, v. 25, n. 1, p. 117-125, jan./mar. 2012

Borin GS, Corrêa EC, Silva AMT, Milanesi JM. Acupuntura como recurso terapêutico na dor e na gravidade da desordem temporomandibular. Fisioterapia e Pesquisa, São Paulo, v.18, n.3, p. 217-22 , jul/set. 2011

Downloads

Publicado

2018-12-20

Como Citar

Silva, S. E. C. da ., Santos, K. L. da S. ., & Raimundo, R. J. de S. . (2018). A INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA NO TRATAMENTO DAS DESORDENS TEMPOROMANDIBULARES: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. Revista JRG De Estudos Acadêmicos, 1(3), 82–88. https://doi.org/10.5281/zenodo.4451231

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)