A LÓGICA DO PODER, A HETERONORMATIVIDADE E O RACISMO: O EPISTEMICÍDIO E A SUBALTERNIDADE COMO ESTRATÉGIAS DE REPRESSÃO E DE VULNERABILIDADE

Autores

Palavras-chave:

RACISMO. HETERONORMATIVIDADE. PODER. EPISTEMICÍDIO. SUBALTERNIDADE.

Resumo

A lógica do poder se estrutura para segregar o que não atende ao padrão hegemônico e influenciará diretamente as questões ligadas à sexualidade. A heteronormatividade se fundamentará nas relações padronizadas de soberania e eugenia. Surge, então, a lógica do racismo como justificada pelo papel de não ser atribuído a negros, pretos, pardos, índios e afins. A ideia de corpo e não de pessoa povoa o imaginário do pensamento moderno. Nesse sentido, este artigo tem por objetivo discutir a lógica do poder, a heteronormatividade e o racismo, abordando o epistemicídio e a subalternidade como estratégias de repressão e de vulnerabilidade.

Biografia do Autor

Jonas Rodrigo Gonçalves, Faculdade Processus, DF, Brasil

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6904924103696696
Orcid: https://orcid.org/0000-0003-4106-8071
E-mail: professorjonas@gmail.com

Referências

CARNEIRO, Aparecida Sueli. A construção do outro como não ser como fundamento do ser. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2005.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1987.

GONÇALVES, Jonas Rodrigo. Metodologia Científica e Redação Acadêmica. 6.ed. Brasília: JRG, 2015.

GONÇALVES, Jonas Rodrigo. Padrão heteronormativo: cidadania como estratégias de superação. Revista de Axiologia Jurídica da

MBEMBE, Achille. Políticas da Inimizade. (Tradução de Marta Lança) Portugal: Antígona, 2017.

NIETZCHE, Friedrich. Genealogia da moral. São Paulo: Paz e terra, 1997.

PRADO, Marco Aurélio Máximo, MACHADO, Frederico Viana. Preconceito contra homossexualidades: a hierarquia da invisibilidade. São Paulo: Cortez, 2008.

TOURAINE, Alain. Iguais e diferentes: poderemos viver juntos? São Paulo: Instituto Piaget, 1990. p. 215.

Publicado

2018-12-20

Como Citar

Gonçalves, J. R. . (2018). A LÓGICA DO PODER, A HETERONORMATIVIDADE E O RACISMO: O EPISTEMICÍDIO E A SUBALTERNIDADE COMO ESTRATÉGIAS DE REPRESSÃO E DE VULNERABILIDADE. Revista JRG De Estudos Acadêmicos, 1(2), 69–94. Recuperado de http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/21

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>