USO DOS TANINOS PROVENIENTES DO BARBATIMÃO PARA CICATRIZAÇÃO DE FERIMENTOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.4630783

Palavras-chave:

Taninos. Barbatimão. Cicatrização. Ferimentos

Resumo

O Barbatimão (Stryphnodendron adstringens) é uma planta nativa do cerrado brasileiro que é tradicionalmente usada para tratar enfermidades. Suas cascas são ricas em taninos que são substancias que precipitam proteínas e combina-se formando compostos complexos e resistentes. Esses compostos conferem suas propriedades farmacológicas, entre elas, efeito antimicrobiano, anti-inflamatório, protetor da mucosa gástrica e ação adstringente sobre ferimentos.  Além dos efeitos positivos, de acordo com estudos, também pode possuir efeito tóxico sobre a pele de animais dependendo da forma que for administrado no organismo. Existem outras plantas ricas em taninos e já utilizadas na forma tradicional e também já aplicadas de forma ativa na indústria de cosméticos e remédios alternativos, para tratar gengivites, problemas no estomago, feridas e inflamações das mais diversas origens. O uso do barbatimão ainda deve ser explorado e aplicado em diferentes formas farmacêuticas, especialmente no uso tópico para cicatrização de ferimentos, sendo que é a principal característica explorada nos estudos já realizados. O uso de óleos essenciais vem se tornando a cada dia mais comum, e o grande diferencial deles é a forma de extração que é pode ser explorada de forma positiva pela ciência. Essa forma de extração de compostos ativos pode ser utilizada em diferentes compostos vegetais e é uma alternativa para exploração das propriedades do barbatimão.

Biografia do Autor

Izaias Junio Rodrigues do Nascimento, Faculdade de Ciências eEducação Sena Aires, GO, Brasil

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-6521-6513
Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, GO, Brasil
E-mail: izaiasjuniorn@gmail.com

Helaine Santos de Jesus, Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, GO, Brasil

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-1683-8329
Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, GO, Brasil
E-mail: helainesantos0611@gmail.com

Haline Gerica de Oliveira Alvim, Universidade de Brasília, UnB, DF, Brasil

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-1682-5512
Lattes: http://lattes.cnpq.br/6733311247207705
Universidade de Brasília, UnB, DF, Brasil
E-mail: halinegerica@senaaires.com.br

Referências

- PASSARETTI, Tereza et al. Eficácia do uso do Barbatimão (Stryfhnodendron barbatiman) no processo de cicatrização em lesões: uma revisão de literatura. ABCS Health Sciences, v. 41, n. 1, 2016.

- BORGES FILHO, Henrique Cruvinel; FELFILI, Jeanine Maria. Avaliação dos níveis de extrativismo da casca de barbatimão [Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville] no Distrito Federal, Brasil. Revista Árvore, v. 27, n. 5, p. 735-745, 2003.

- TEIXEIRA, F; MARTINS, MVDM. Barbatimão (Stryphnodendron Adstringens (Mart.) Coville): uma revisão bibliográfica de sua importância farmacológica e medicinal. Cenarium Pharmacêutico, v. 3, n. 3, p. 1-6, 2009

- TREVISAN, Daliah Alves Coelho, et al. Antibacterial activity of Barbatimão (Stryphnodendron adstringens) against Staphylococcus aureus: in vitro and in silico studies. Letters in Applied Microbiology, 2020

- RODRIGUES, D.F, Aspectos gerais sobre o extrato da casca do barbatimão, 2012.Disponívelem<http://ppgca.evz.ufg.br/up/67/o/2%C2%BA_SEMIN%C3%81RIO- Danilo_Ferreira_Rodrigues-vers%C3%A3o_final.pdf> .Acesso em: 18 nov. 2019

- SÁ, Alyda Lowise Ferreira et al. O uso dos óleos essenciais na cicatrização de feridas. Saúde Coletiva (Barueri), n. 52, p. 2064-2079, 2020.

- Estud. av. vol.14 no.39 São Paulo May/Aug. 2000

- Levy – Agenda 2030: seminário discute impactos da poluição química no ambiente e na saúde, 2020. Disponível em < https://www.conass.org.br/agenda-2030-seminario-discute- impactos-da-poluicao-quimica-no-ambiente-e-na-saude-dia-01-06/>. Acesso em: 13 jun. 2020

- IBAMA - Resolução 462, de 24 de julho de 2014.

- LIMA, Caroline Rocha de Oliveira et al. Reparação de feridas cutâneas incisionais em coelhos após tratamento com barbatimão e quitosana. 2010

- COSTA, Marco Antonio et al. Safety evaluation of proanthocyanidin polymer-rich fraction obtained from stem bark of Stryphnodendron adstringens (barbatimão) for use as a pharmacological agent. Regulatory Toxicology and Pharmacology, v. 58, n. 2, p. 330-335, 2010.

- Consulta remédios. Bula maravilha curativa. Disponível em < https://consultaremedios.com.br/maravilha-curativa-do-dr-humphreys/p > Acesso em: 20 mai 2020.

- ARRUDA, E. et al. Stryphnodendron barbatimao. Arch. Serv. flor., Bras., v. 4, p. 101-17, 1950.

- MACEDO, Flávia Moreira et al. Triagem fitoquímica do barbatimão [Stryphnodendron adstringens (Mart) Coville]. Revista brasileira de Biociências, v. 5, n. S2, p. 1166-1168, 2007.

- BORGES FILHO, Henrique Cruvinel; FELFILI, Jeanine Maria. Avaliação dos níveis de extrativismo da casca de barbatimão [Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville] no Distrito Federal, Brasil. Revista Árvore, v. 27, n. 5, p. 735-745, 2003.

- GLASENAPP, J. S. Estrutura genética e fenóis totais de populações naturais de barbatimão (Stryphnodendron adstringens). 2007. Tese de Doutorado. Dissertação, Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 65-84.

- LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. 5. ed. São Paulo: Instituto Plantarum, 2010. v. 2, 38p. Revista enfermagem Brasil, ed. 1, 2019.

- RENISUS. Lista de Plantas Medicinais do SUS, 2014. Disponível em:< https://www.medicinanatural.com.br/plantas-medicinais-do-sus/>. Acesso em: 18 nov. 2019.

- BRAGA, DAYANA CALIXTO. Compostos fenólicos em pedúnculos de clones de cajueiro e a relação com a adstringência e suas subqualidades. Embrapa Agroindústria Tropical- Tese/dissertação (ALICE), 2019.

- DOS REIS, Herald Souza et al. Ausência de efeitos citotóxicos e genotóxicos do extrato aquoso da casca de Stryphnodendron adstringens pelo teste de Allium cepa. Biota Amazônia, v 10, n. 1, p.20-23, 2020.

- ANVISA. Nota técnica sobre a RDC N° 20/2011, 2013. Disponível em < http://www.anvisa.gov.br/sngpc/documentos%202013/Nota_Tecnica_RDC_n_20_2011_24_09_2013.pdf>. Acesso em: 21 nov. 2019.

- ANVISA. Antibióticos: uso indiscriminado deve ser controlado/ 2018. Disponível em < http://portal.anvisa.gov.br/noticias/-/asset_publisher/FXrpx9qY7FbU/content/uso- indiscriminado-de-antibioticos-deve-ser-controlado/219201?inheritRedirect=false>. Acesso em 21 nov. 2019.

- CARVALHO, A.G. et al. Desempenho de painéis OBS com adesivos comerciais e tânico de barbatimão. Revista Árvore, Viçosa-MG, v.39, n.6, p.1155-1163, 2015.

- C. B., ... & Costa, Y. L. (2006). Uso do barbatimão na cicatrização de feridas cutâneas iatrogênicas em cães. Anais Eletron. XIV Sem. Inic. Cient. UFG.

- CHUNG, King-Thom et al. Tannins and human health: a review. Critical reviews in food. science and nutrition, v. 38, n. 6, p. 421-464, 1998.

- MONTEIRO, Julio Marcelino et al . Taninos: uma abordagem da química à ecologia. Quím. Nova, São Paulo , v. 28, n. 5, p. 892-896, Oct. 2005 .

- MARTELLI, Anderson; DE ANDRADE, Thiago Antonio Moretti; DOS SANTOS, Gláucia Maria Tech. Perspectivas na utilização de fitoterápicos na cicatrização tecidual: revisão sistemática. ARCHIVES OF HEALTH INVESTIGATION, v. 7, n. 8, 2018.

- SIMÕES, Cláudia Maria Oliveira et al. Farmacognosia: do produto natural ao medicamento. Artmed Editora, 2016.

- Consulta remédios. Bula maravilha curativa. Disponível em < https://consultaremedios.com.br/maravilha-curativa-do-dr-humphreys/p > Acesso em: 20 mai 2020.

- SILIN, A. V.; SATYGO, E. A.; REUTSKAYA, K. V. Effectiveness of Paradontax toothpaste in patients undergoing orthodontic treatment. Stomatologiia, v. 96, n. 4, p. 20-22, 2017.

- SOUZA, A.L.T, CALIAI, J.S, BIAZII, K. Efeitos do toque terapêutico na cicatrização da pele. Revista enfermagem Brasil, ed. 1, 2019.

- RABELO, R. E., Silva, T. D. P., Santana, F. J. F., Oliveira, S. L., Leão, H. F., Kanashiro, T. após tratamento com barbatimão e quitosana. 2010.

- Consulta remédios. Bula maravilha curativa. Disponível em < https://consultaremedios.com.br/maravilha-curativa-do-dr-humphreys/p > Acesso em: 20 mai 2020.

- CHAVES, Dwight Assis et al. Assessment of Genotoxic and Antigenotoxic Activity of Barbatimão (Stryphnodendron adstringens). Revista EVS-Revista de Ciências Ambientais e Saúde, v. 44, p. 56-61, 2017.

Downloads

Publicado

2021-03-23

Como Citar

Nascimento, . I. J. R. do ., Jesus, H. S. de ., & Alvim, H. G. de O. . (2021). USO DOS TANINOS PROVENIENTES DO BARBATIMÃO PARA CICATRIZAÇÃO DE FERIMENTOS. Revista JRG De Estudos Acadêmicos, 4(8), 201–212. https://doi.org/10.5281/zenodo.4630783

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)