ATUALIZAÇÕES SOBRE ANEMIA FALCIFORME – HIDROXIUREIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.4648381

Palavras-chave:

Anemia Falciforme. Hidroxiuréia. Assistência De Enfermagem.

Resumo

A Anemia Falciforme (AF) é uma doença hereditária que passa de geração para geração que se caracteriza pela presença, em homozigotia. O presente estudo trata-se de uma pesquisa integrativa, que  tem como objetivo geral relatar as atualizações acerca da anemia falciforme. O levantamento de dados para este estudo foi realizado por meio dos bancos de dados LILACS e SciELO, publicados entre os anos de 2013 a 2020. Os resultados demonstraram que os anos em que mais se pesquisou sobre o tema foram os anos de 2017 e 2018. Os artigos  pesquisados demonstraram em sua maioria a utilização da hidroxiureia, como terapia farmacológica, dentre os objetivos principais.  A utilização do fármaco, sua eficiência no tratamento e reações adversas conclui que a hidroxiuréia (HU) até o momento é  um medicamento que teve impacto na qualidade de vida dos pacientes com a doença falciforme, prevenindo complicações clínicas e aumentando a sobrevida dos pacientes.

Biografia do Autor

Maria Priscila Peixoto e Silva, Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-1189-3361
Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil
E-mail: priscilaenfermagem17@gmail.com

Kenia Cristina Paulo Ferreira da Silva, Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-4545-0913
Lattes: https://lattes.cnpq.br/4315491104115740
Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil
E-mail: keniacristina@gmail.com

Walquiria Lene dos Santos, Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-6489-5243
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4723603129713855
Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires, FACESA, GO, Brasil
E-mail: walquiria@senaaires.com.br

Referências

Figueiredo, A. K. B, et al. falciforme: abordagem diagnóstica laboratorial. Revista Ciência Saúde Nova Esperança, v. 12, n. 1, p. 96-103. 2014.

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº 822, de 06 de junho de 2001. Institui, no âmbito do Sistema Único de Saúde, o Programa Nacional de Triagem Neonatal / PNTN. Diário Oficial da União. 2001; 06 jun.

Bandeira, F. M. G. C. et al. Hidroxiureia em pacientes com síndromes falciformes acompanhados no Hospital Hemope, Recife - PE. Revista Brasileira de Hematologia, v. 26, n. 3, p. 189-94, 2004.

Gomes, L.M.; Pereira, I.A.; Torres, H.C.; Caldeira, A.P.; Viana, M.B. Acesso e assistência à pessoa com anemia falciforme na Atenção Primária. Acta Paulista de Enfermagem. v. 27, n. 4, p.348-55, 2014.

Fanti, Fabiana Cristina, et al. "Assistência de enfermagem ao portador de anemia falciforme." Revista Científica das Faculdades Integradas de Jaú. Jaú/SP (2010).

Ruiz, J. A. Metodologia Científica: guia para a eficiência nos estudos. São Paulo, Atlas, 1996.

Vargas, A. E. Expressão gênica e perfil imunogenético de pacientes com anemia falciforme. REPOSITÓRIO DIGITAL-UFRGS. 2009. Disponível em:http://hdl.handle.net/10183/21417 acesso em 16 nov. 2016.

Oliveira AFS, Alves GSA. Uso da hidroxiureia no tratamento da Anemia Falciforme. Centro Universitário de Brasília Faculdade de Ciências da Educação e Saúde Graduação em Biomedicina.

Silva RF, Rodrigues MS, Sousa S M G.A, Rodrigues JS. Atividade Farmocológica Hidroxiuréia em Pacientes com Anemia Falciforme. Revista Saúde em Foco, Teresina, v. 4, n. 2, art. 6, p. 104-117, jun./dez.2017 ISSN Eletrônico: 2358-7946 http://dx.doi.org/10.12819/rsf.2017.5.2.6

Ribeiro CB, Castro SM. Avaliação da Adesão à Terapêutica Medicamentosa de Pacientes em uso de Hidroxiuréia Atendidos pelo Centro de Referência em Doença Falciforme do Rio Grande do Sul – Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Ferreira SCH, Bandeira ICJ. A relação dose dependente da terapia com hidroxiuréia para tratamento de crianças com anemia falciforme. Mostra Científica da Farmácia, Quixadá, Volume 5, Número 1, maio 2018

Sousa MP, Bandeira ICJ. A influência da terapia com hidroxiuréia no perfil laboratorial de crianças portadoras de anemia falciforme no Estado de Ceará. Mostra Científica da Farmácia, Quixadá, Volume 5, Número 1, Maio 2018 <http://publicacoesacademicas.unicatolicaquixada.edu.br/index.php/mostracientificafarmacia/article/view/2245/1810>.

Silva, Michelle C., and Eliana LT Shimauti. "Eficácia e toxicidade da hidroxiuréia em crianças com anemia falciforme." Revista Brasileira de hematologia e hemoterapia 28.2 (2006): 144-148.

-Ministério da Saúde. Portaria Conjunta Nº 05, de 19 DE fevereiro DE 2018. Aprova o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Doença Falciforme, 2018.

- Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia, e Terapia Celular. Recomendações do Comitê de Hematologia e Hemoterapia Pediátrica Doenças Hematológicas Benignas e Covid-19. 2020.

Brasil Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada. Manual de educação em saúde: Linha de cuidado em doença falciforme. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, v. 1, n. 1, p. 72, 2008.

Gomes, Ludmila Mourão Xavier, et al. "Acesso e assistência à pessoa com anemia falciforme na Atenção Primária." Acta Paul Enferm. 27.4 (2014): 348-355.

GONÇALVES, Jonas Rodrigo. Como escrever um Artigo de Revisão de Literatura. Revista JRG de Estudos Acadêmicos, Ano II, Vol.II, n.5, 2019

Steinberg M. Hydroxyurea Treatment for Sickle Cell Disease. The Scientific World JOURNAL (2002) 2, 1706–1728

Charache, S.; Dover, G.J.; Moore, R. D.; Eckert, S.; Ballas, S. K.; Koshy, M.; Milner, P. F.; Orringer, E. P.; Phillips, G. Platt, O. S. Hydroxyurea: effects on hemoglobin F production in patients with sickle cell anemia. Blood. v. 79, n. 10, p. 2555–2565, 1992.

Charache, S.; Terrin, M. Moore, R. D.; Dover, G.J.; Barton, F. B.; Eckert, S. V; Mcmahon, R. P.; Bonds, D. R. Effect of hydroxyurea on the frequency of painful crisis in sickle cell anemia. The New England Journal of Medicine. v. 332, n. 20, p. 1317–1322, 1995.

Ferster, A.; Vermylen, C.; Cornu, G.; Buyse, M.; Corazza, F.; Devalck, C.; Fondu, P.; Toppet, M.; SARIBAN, E. Hydroxyurea for treatment of severe sickle cell anemia: a pediatric clinical trial. Blood. v. 88, n. 6, p. 1960-1964, 1996.

Segal, J. B.; Strouse, J. J.; Beach, M. C.; Haywood, C.; Witkop, C.; Park, H.; Wilson, R. F.; Bass, E. B.; Lanzkron, S. Hydroxyurea for the treatment of sickle cell disease. Agency for Healthcare Research and Quality: Evidence Reports/Technology Assessments, 2008. Disponível em: Acesso em: 10/02/ 2013.

Downloads

Publicado

2021-03-30

Como Citar

Silva, M. P. P. e ., Silva, K. C. P. F. da ., & Santos, W. L. dos . (2021). ATUALIZAÇÕES SOBRE ANEMIA FALCIFORME – HIDROXIUREIA. Revista JRG De Estudos Acadêmicos, 4(8), 318–326. https://doi.org/10.5281/zenodo.4648381

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>