Assistência de enfermagem no pré-natal de risco habitual

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.8097042

Palavras-chave:

Cuidado Pré-Natal, Assistência de Enfermagem, Cuidados de Enfermagem, Consulta de Enfermagem

Resumo

O objetivo deste estudo foi descrever a assistência de enfermagem no pré-natal de risco habitual. Método utilizado foi de um estudo descritivo do tipo revisão de integrativa da literatura. Realizada entre os meses de janeiro a maio de 2023. Foram utilizadas as fontes de dados: Google Acadêmico®, Biblioteca Virtual em Saúde, Sciello e PubMed. Incluíram-se os artigos disponíveis na íntegra, publicados no período de 2018 a 2023, no idioma português e os critérios de exclusão foram dissertações e teses, livros, anais de eventos e artigos que não respondiam à questão norteadora Utilizaram-se os descritores controlados “Cuidado Pré-Natal”; “Assistência de Enfermagem”; “Cuidados de Enfermagem”; “Consulta de Enfermagem”, sendo intercalados pelo operador booleano “AND”. Resultados: 370 artigos científicos foram analisados de acordo com os critérios de elegibilidade. Após leitura do título, foram selecionados 93 artigos. A partir da leitura do resumo, 61 artigos demonstravam responder à questão norteadora, por conseguinte, após a leitura na íntegra, foram selecionados 12 artigos, contudo, 1 destes artigos foi excluído, por estar repetido nas bases de dados, e por fim, 11 artigos constituíram a amostra desta revisão. Conclusão: A assistência de enfermagem no pré-natal de risco habitual é um conjunto de práticas, como a educação em saúde na gestação, como, as mudanças fisiológicas e psicológicas, amamentação, cuidados com o bebê e a própria gestante e puépera. Sendo assim, a enfermagem se faz presente e possui uma abordagem indispensável para as gestantes que dependem do SUS e da assistência de Unidades básicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giselle Mayara Batista Oliveira, Centro Universitário Mario Pontes Jucá - UMJ

Lattes

Graduação em Enfermagem, pelo Centro Universitário Mário Pontes Jucá, UMJ, AL, Brasil.

Rayssa Albuquerque de Carvalho Damasceno, Centro Universitário Mario Pontes Jucá - UMJ, Brasil

Lattes

Graduação em Enfermagem, pelo Centro Universitário Mário Pontes Jucá, UMJ, AL, Brasil.

Bruna Luizy dos Santos Guedes, Centro Universitário Mario Pontes Jucá - UMJ, Brasil

Lattes

Enfermeira Graduada pela Escola De Enfermagem e Farmácia (ESENFAR) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) (2017). Mestre em Enfermagem da Ufal (2020), AL, Brasil.

Referências

ARAÚJO, R.B.; ANJOS, M.R.R.; SOUZA, C.L.O.; RODRIGUES, T.S.. Cuidados de Enfermagem no Pré-Natal de Baixo Risco na Estratégia de Saúde da Família: uma análise em periódicos nacionais. Revista Uningá, Coroatá, v. 56, n. 2, p. 160-173, 17 mar. 2019. Editora UNINGA. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.46311/2318-0579.56.euj2419>. Acesso em: 17 abr. 2023.

BARBOSA, É.O.; GOMES, T. M. C.; MARIANO, A. F.. Assistência de Enfermagem no Pré-Natal: Um Estudo de Caso. Revista Saúde em Foco, Sorocaba, v. 12, n. 1, p. 349-356, jun. 2020. Acesso em: 17 abr. 2023.

BRASIL. Ministério da Saúde. (2013). Secretaria de atenção à saúde. Departamento de atenção básica. Atenção ao pré-natal de baixo risco. Brasília: Ministério da Saúde.z Acesso em: 18 abr. 2023.

BRASIL. Ministério da Sáude. Importância do pré-natal. 2016. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/importancia-do-pre-natal/. Acesso em: 24 abr. 2023.

CASTRO, G. G.; FERREIRA, F. F. G.; CAMARGOS, A. S.. Diferenças da qualidade de vida entre mulheres com alto e habitual risco gestacional. Aletheia, [s. l], v. 52, n. 1, p. 102-115, jul. 2019. Acesso em: 20 abr. 2023

COFEN. Conselho Federal de Enfermagem.Lei n 7.498/86, de 25 de junho de 1986. Dispõe sobre a regulamentação do exercício da Enfermagem e dá outras providências. Disponível em:<http://www.cofen.gov.br/lei-n-749886-de-25-de-junho-de-1986_4161.html>. Acesso em: 23 abr. 2023.

DOURADO, G. G.; CARVALHO, B. R.; DUARTE, I. A.; ROCHA, T. R.; VIEIRA, N. N.; O., M. M.; MATOS, I. G. A.; BARBOSA, J. P.; ROCHA, G. A.; PONTES, A. M.. Assistência de enfermagem ao pré-natal: relato de experiência. Research, Society And Development, Irecê, v. 10, n. 9, p. 1-6, 28 jul. 2021. Research, Society and Development. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i9.18140. Acesso em: 18 abr. 2023.

FERREIRA, G. E.; FERNANDES, I. T. G. Pires; FLORES, P. C. B.; CONCEIÇÃO, K. M. da; CAETANO, S. A.; SOUZA, L. N. de; SANTOS, P. O. F.; DARIO, J. E. N.; S., C. D.F.; NASCIMENTO, A. L.. A atenção do enfermeiro na assistência ao pré-natal de baixo risco/Nurse's attention in assisting low risk prenatal. Brazilian Journal Of Health Review, Morumbi, v. 4, n. 1, p. 2114-2127, 2021. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.34119/bjhrv4n1-172>. Acesso em: 20 abr. 2023.

LEAL, N. J.; BARREIRO, M.S.C.; MENDES, R. B.; FREITAS, C. K. A. C.. Prenatal care: nurses⠹ testimonial / assistência ao pré-natal. Revista de Pesquisa Cuidado É Fundamental Online, Aracajú, v. 10, n. 1, p. 113-122, 9 jan. 2018. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO. http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2018.v10i1.113-122. Acesso em: 22 abr. 2023.

MENDES, K. D. S.; SILVEIRA, R. C.; GALVÃO, C.M.. Método de pesquisa para a incorporação de evidências em saúde. Texto e Contexto em Enfermagem. 2008 v. 17 n .4. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-07072008000400018. Acesso em: 13 abr. 2023.

MENEZES, J. J. S.; MACHADO, S. L. S.; GALDINO, C. V.; BALBINO, C.Marcelo; S., Z. R.; SANTOS, L. M.; JOAQUIM, F. L.. Pré-natal de baixo risco: dificuldade da gestante na realização do pré-natal com o enfermeiro. Research, Society And Development, Rio de Janeiro, v. 9, n. 7, p. 1-17, 16 jun. 2020. Research, Society and Development. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4497. Acesso em: 13 abr. 2023.

MUNIZ, F. F. S.; ROCHA, F. C. G.; RAMOS, A. S. M. B.; NUNES, S. F. L.. Assistência de enfermagem no pré-natal de baixo risco na atenção primária. Jmphc | Journal Of Management & Primary Health Care | Issn 2179-6750, São Luís, v. 9, p. 1-14, 19 dez. 2018. Lepidus Tecnologia. http://dx.doi.org/10.14295/jmphc.v9i0.433. Acesso em: 18 abr. 2023.

NASCIMENTO, D. S.; SILVA, V. F. A.; BELARMINO, C. M. V.; LAGO, V. C. Al. L.; P.. Assistência de enfermagem ao pré-natalna atenção básica: uma revisão integrativa. Arcevo+ Index Base, Jaboatão dos Guararapes, v. 27, n. 1, p. 1-8, abr. 2021. Acesso em: 17 abr. 2023.

OLIVEIRA, A. D. S.. O PAPEL DO ENFERMEIRO NA ASSISTÊNCIA AO PRÉ-NATAL DE BAIXO RISCO. Repositório Unilab, São Francisco do Conde, v. 1, n. 1, p. 1-26, 2018. Acesso em: 10 abr. 2023.

PEREIRA, I. P.; GIOTTO, A. C.. Percepção das gestantes em relação ao atendimento pré-natal de baixo risco realizado pelo enfermeiro. Revista de Iniciação Científica e Extensão, Valparaíso de Goiás, v. 2, n. 1, p. 250-257, 2019. Acesso em: 17 abr. 2023.

ROCHA, S. N.; ANTONELI, S. O.; LEITE, E. P. R. C.; RIBEIRO, P. M.; TERRA, F. S.. DIFICULDADES ENFRENTADAS PELOS ENFERMEIROS PARA A REALIZAÇÃO DAS CONSULTAS DE PRÉ-NATAL DE RISCO HABITUAL. Revista Online de Pesquisa Cuidado É Fundamental, Rio de Janeiro, v. 13, p. 966-973, 2021. Acesso em: 15 abr. 2023.

SILVA, A. A.; JARDIM, M. J. A.; RIOS, C. T. F.; FONSECA, L. M. B.; COIMBRA, L. C.. Pré-Natal da gestante de risco habitual: potencialidades e fragilidades na consulta. Sistema de Publicação Eletrônica de Teses e Dissertações, São Luís, v. 1, n. 1, p. 1-111, 28 fev. 2018. Acesso em: 14 abr. 2023.

SILVA, V. M. C.; TAVARES, N. H. F.; SILVA, M. B.; SILVA, I. C.; RêGO, T. C.; SILVA, D. F. S.; SILVA, T. R. S.; DIAS, M. C. J.; BARROS, K. V. M.; SILVA, A. C. F. A.. Fatores associados ao óbito fetal na gestação de alto risco: assistência de enfermagem no pré-natal. Revista Eletrônica Acervo Saúde, Recife, v. 37, n. 2, p. 1-12, 11 dez. 2019. Revista Eletronica Acervo Saude. http://dx.doi.org/10.25248/reas.e1884.2019. Acesso em: 13 abr. 2023.

SOUSA, P. H. S. F.; AZEVEDO, M. V. C.; TORRES, R. C.; Warlla M. S. M. A.; SOUZA, G. G.. DESAFIOS DO ENFERMEIRO NO PRÉ-NATAL DE BAIXO RISCO. Journal Of Health Connections, Aracajú, v. 9, n. 2, p. 1-14, jun. 2020. Acesso em: 15 abr. 2023. P.H.S.F.S;

TRAJANO, R. C. G. CERETTA, L. B.; SORATTO, M. T.. CONSULTA DE ENFERMAGEM NO PRÉ-NATAL DE BAIXO RISCO NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. Revista Interdisciplinar de Estudos em Saúde, Criciúma, v. 7, n. 2, p. 223-235, 1 dez. 2018. Universidade Alto Vale Do Rio Do Peixe - Uniarp. http://dx.doi.org/10.33362/ries.v7i2.945. Acesso em: 17 abr. 2023.

WARMLING, C. M.; FAJARDO, A. P.; MEYER, D. E.; BEDOS, C.. Práticas sociais de medicalização & humanização no cuidado de mulheres na gestação. Cadernos de Saúde Pública, Porto Alegre, v. 34, n. 4, p. 1-11, 29 mar. 2018. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/0102-311x00009917. Acesso em: 17 abr. 2023.

Downloads

Publicado

2023-06-29

Como Citar

OLIVEIRA, G. M. B.; DAMASCENO, R. A. de C.; GUEDES, B. L. dos S. Assistência de enfermagem no pré-natal de risco habitual. Revista JRG de Estudos Acadêmicos , Brasil, São Paulo, v. 6, n. 13, p. 1192–1205, 2023. DOI: 10.5281/zenodo.8097042. Disponível em: http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/666. Acesso em: 4 mar. 2024.

ARK