FATORES QUE INFLUENCIAM A DEPRESSÃO NO PERÍODO DO CLIMATÉRIO

  • Marilene dos Santos Silva Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos – Uniceplac - DF
  • Maura Rosana Alves da Silva Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos – Uniceplac -DF
  • Me. Lídia Câmara Peres Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil. FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL, FACIPLAC, Brasil. Associação Educacional e Filosófica Logos, ASEFIL, Brasil.
Palavras-chave: Depressão; Climatério; Perimenopausa; Menopausa; Pós Menopausa

Resumo

No período do climatério as mulheres apresentam fatores de risco significativos, aumentando a predisposição para ocorrência de sintomas depressivos e depressão, desse modo, faz-se necessário analisar o índice de depressão no período do climatério. Sendo assim este estudo objetivou analisar, por meio de revisão integrativa os fatores que influenciam a depressão no período do climatério, visando observar as modificações mais frequentes que interferem na qualidade da vida da mulher. O estudo trata-se de uma revisão integrativa, com abordagens qualitativa, baseado em artigos já publicados, nas bases de dados (Lilacs, Scielo), para maior compreensão do tema ultilizou-se o protocolo da atenção básica da saúde da mulher do Ministério da Saúde (MS). A discussão dos resultados foi organizada em 5 subtemas: depressão, climatério, perimenopausa menopausa e pós menopausa. Conclui-se que é e de extrema importância analisar os fatores que influenciam a depressão no período de climatério.

Biografia do Autor

Marilene dos Santos Silva, Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos – Uniceplac - DF

Graduanda do Curso de Enfermagem, do Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos – Uniceplac. E-mail: marileneenfdf@gmail.com.

Maura Rosana Alves da Silva, Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos – Uniceplac -DF

Graduanda do Curso de Enfermagem, do Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos – Uniceplac. E-mail: maura.silva.enf@gmail.com

Me. Lídia Câmara Peres, Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil. FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL, FACIPLAC, Brasil. Associação Educacional e Filosófica Logos, ASEFIL, Brasil.

Graduada em Enfermagem pela União Educacional do Planalto Central (2007). Mestre em gerontologia, Universidade Católica de Brasília- UCB (2012). Possui Pós Graduação em Enfermagem do Trabalho pela CBPEX/ FACISA (2008) e Pós-Graduação em Enfermagem Obstétrica no Centro Universitário UNIEURO (2010). Atualmente é professora da disciplina de saúde da mulher e neonato do curso de Enfermagem da Universidade Católica de Brasília e das Faculdades Integradas do Planalto Central- FACIPLAC. É enfermeira obstetra da SES-DF (Centro Obstétrico HRG), onde atua como preceptora do programa de residência em Enfermagem Obstétrica.

Referências

ALVES, Estela Rodrigues Paiva et al. Climatério: a intensidade dos sintomas e o desempenho sexual, Florianópolis, p. 64-71, 24 mar. 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072015000590014. Acesso em: 17 abr. 2019.

ANDRADE, Daniele Barbosa da Silva et al. O papel do enfermeiro nos cuidados de enfermagem com mulheres no período climatérico. Rev. Cient. Sena Aires, p. 18-22., 24 mar. 2018.

ARRUDA, Felipe Santos, et al. Associação entre a depressão e fatores clínicos em mulheres climatéricas, REAS, Revista Eletrônica Acervo Saúde, 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Protocolos da Atenção Básica: Saúde das Mulheres / Ministério da Saúde, Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa – Brasília: Ministério da Saúde, 2016.

FERNANDES, César Eduardo et al. Climatério: Guideline da SBRH. Sociedade Brasileira de Reprodução Humana. São Paulo: Boletim SBRH, 2011.

FERNANDES, Rita de Cássia Leite Fernandes; ROZENTHAL, Márcia. Avaliação da sintomatologia depressiva de mulheres no climatério com a escala de rastreamento populacional para depressão CES-D. Rev. Psiquiatr RS., Rio de Janeiro(RJ) p. 192-200, 14 ago. 2008.

LUI FILHO, Jeffrey Frederico et al. Epidemiologia da menopausa e dos sintomas climatéricos em mulheres de uma região metropolitana no sudeste do Brasil: inquérito populacional domiciliar. Rev Bras Ginecol Obstet., Campinas (SP), Brasil, p. 152-158, 26 jan. 2015.

MORAES, Tayla Oliveira Souza; SCHNEID, Juliana Lemos. Qualidade de vida no climatério: uma revisão sistemática da literatura, Amazônia, p. 01-40, 31 ago. 2015.

PERSEGUIM, Bruna de Moraes et al. A intervenção da fisioterapia na qualidade de vida de mulheres no climatério. Revista Científica do Unisalesiano. p. 17-21, 21 out. 2011.

POLISSENI, Álvaro Fernando et al. Depressão e ansiedade em mulheres climatéricas: fatores associados, Juiz de Fora/MG, 2009.

REAL, Guadalupe Alva; JIMÉNEZ, Jorge Luis López; GONZÁLEZ, Clotilde
García. Climaterio, salud y depresión, un abordaje psicosocial: Estudio exploratorio en un grupo de mujeres de la Ciudad de México, São Paulo (SP), Brasil: FACHS/NEPE/PEPGG/PUC-SP, 2017.

ROCHA, Lorena Priscila Oliveira. Fatores de risco para a depressão em mulheres no climatério. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel) -, Brasília, 2017.

SANTOS, Lívia Matavelli et al. Síndrome do climatério e qualidade de vida: uma percepção das mulheres nessa fase da vida. Revista APS. Espírito Santo, v.10, n.1, p. 20- 26, jan. /jun. 2007.

SANTOS, Rita de Cassia Ferreira et al. Saúde de Mulheres no Climatério em Sistema Prisional. Cogitare Enferm.Rio de Janeiro, 2017.

SANTOS, Thaiene Rodrigues dos et al. Intensidade da sintomatologia climatérica em mulheres pósmenopausa, Rev Rene, p. 225-232, 26 mar. 2017.

SILVA, Andreia Ramos. Perfil de saúde de mulheres na pré, peri e pós menopausa cadastradas em uma unidade de saúde pública do Estado do Acre. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Programa de Pós-Graduação, São Paulo, 2009.

SOARES, Riguete Souza et al. O viver de mulheres no climatério: revisão sistemática da literatura. Revista electrónica trimestral de Enfermaría. Rio de Janeiro, n.25, p. 452- 463, jan. 2012.
Publicado
2019-09-13
Como Citar
Marilene dos Santos Silva, Maura Rosana Alves da Silva, & Me. Lídia Câmara Peres. (2019). FATORES QUE INFLUENCIAM A DEPRESSÃO NO PERÍODO DO CLIMATÉRIO. Revista JRG De Estudos Acadêmicos , 2(5), 100-114. Recuperado de http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/68