O papel da enfermagem no cuidado de queimaduras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.55892/jrg.v6i13.788

Palavras-chave:

Queimaduras, Cuidados, Enfermagem

Resumo

As queimaduras são uma realidade contemporânea que afeta pacientes de todas as idades. Os Enfermeiros desempenham um papel crucial no cuidado desses pacientes, não apenas tratando as lesões, mas também estabelecendo relações empáticas e profissionais com eles e suas famílias. Objetivo: realizar uma revisão bibliográfica integrativa sobre o papel dos enfermeiros no tratamento de queimaduras. Bases de dados como PubMed, CINAHL, Biblioteca Cochrane e Scopus foram consultadas, juntamente com literatura cinzenta como relatórios governamentais e dissertações. A estratégia de pesquisa seguiu o modelo PICOS (População, Intervenção, Comparação, Resultado e Desenho do Estudo), utilizando operadores booleanos para combinar termos relevantes. Dados relevantes foram extraídos, sintetizados e analisados para identificar temas comuns. Vários estudos foram incluídos na revisão. Resultado: Percebe-se que o cuidado de enfermagem para pacientes com queimaduras é complexo e engloba aspectos físicos, emocionais e educacionais. Além disso, os enfermeiros desempenham um papel importante ao fornecer educação para prevenir futuras lesões. A pesquisa enfatiza a necessidade de práticas baseadas em evidências e abordagens multidisciplinares para melhorar os resultados dos pacientes. Conclusão: O estudo ressalta a importância do papel dos enfermeiros no cuidado de pacientes com queimaduras e como sua participação é essencial para um tratamento eficaz e abrangente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rivia Maria Ferreira dos Santos, Centro universitário Mario Pontes Jucá- UMJ, AL, Brasil

[Lattes] - Graduanda em Enfermagem, pela Universidade Mario Pontes Jucá

Erica Darc de Barros Barboza, Centro universitário Mario Pontes Jucá- UMJ, AL, Brasil

[Lattes] - Graduanda em Enfermagem, pela Universidade Mario Pontes Jucá

Tâmyssa Simões dos Santos, Centro Universitário Mário Pontes Jucá – UMJ, AL, Brasil

[Lattes] - Enfermeira pela Universidade Federal de Alagoas (2020). Mestre em ciências da saúde pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde (PPGCS), na Universidade Federal de Alagoas, integra o Grupo de Pesquisa em Saúde da Mulher e da Gestação no Laboratório de Biologia Celular. 

 

Referências

ALMEIDA, S.H.N. et al. Vivências Emocionais do Cliente Pediátrico Hospitalizado: Intervenções de Enfermagem para um Acolhimento Humanizado. Lisboa, 2016. Disponível em: <https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/18132/1/Relat%C3%B3rio%20Final%20-%20Sandra%20Almeida.pdf>Acesso em: 20 ago. 2023.

CHAGAS, D.C. et al. Assistência de enfermagem ao paciente com grandes queimaduras. R.Interd. v. 7, n. 4, p. 50-60, out. nov. dez. 2014

COSTA, Gabriela Oliveira Parentes et al. Perfil clínico e epidemiológico das queimaduras: evidências para o cuidado de enfermagem. Revista Ciência e Saúde, vol 8, n.03, 2015.

COSTA, Pâmela Cristine Piltz; BARBOSA, Camila Schirmer; RIBEIRO, Cristiano De Oliveira; SILVA, Luana Aparecida Alves Da; NOGUEIRA, Luciana De Alcantara; KALINKE, Luciana Puchalski. Cuidados de enfermagem direcionados ao paciente queimado: uma revisão de escopo. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 76, n. 3, p. e20220205, 2023. DOI 10.1590/0034-7167-2022-0205pt.

GRIFFIN, B. R., et al. Cool running water first aid decreases skin grafting requirements in pediatric burns: a cohort study of two thousand four hundred ninety-five children. Annals of emergency medicine, v. 75, n. 1, p. 75-85, 2019.

HOLAVANAHALLI, R. K.; HELM, P. A.; KOWALSKIE, K. J. Long-term outcomes in patients surviving large burns: The musculoskeletal system. Journal of Burn Care & Research, v. 31, n. 4, p. 631-639, abr. 2010.

MARTINS, J.T. et al. Sentimentos vivenciados pela equipe de enfermagem de um centro de tratamento de queimados. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem vol. 18, n.3, Jul-Set 2014.

MORAIS, E.N. et al. Assistência de enfermagem à vítima de queimadura elétrica: uma proposta estratégica. Revista Brasileira de Queimaduras, Rio de Janeiro, v. 10, n. 4, 2013. p 144 – 148.

MOSER, H.H. et al. Uso de curativos impregnados com prata no tratamento de crianças queimadas internadas no Hospital Infantil Joana de Gusmão. Rev Bras Queimaduras. vol. 13, n.3, 2014; p.147-53.

RICHARDSON, P.; MUSTARD, L. The Management of Pain During Debridement: A Survey of U.S. Burn Units. Pain Medicine, v. 18, n. 3, p. 453–461, mar. 2017.

WASIAK, J., et al. Dressings for superficial and partial thickness burns. Cochrane Database of Systematic Reviews, n. 3, 2013.

WILLIAMS, F. N., et al. The leading causes of death after burn injury in a single pediatric burn center. Critical Care, v. 13, n. 6, p. R183, 2009.

Downloads

Publicado

2023-11-28

Como Citar

SANTOS, R. M. F. dos; BARBOZA, E. D. de B.; SANTOS, T. S. dos. O papel da enfermagem no cuidado de queimaduras. Revista JRG de Estudos Acadêmicos , Brasil, São Paulo, v. 6, n. 13, p. 2033–2043, 2023. DOI: 10.55892/jrg.v6i13.788. Disponível em: http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/788. Acesso em: 4 mar. 2024.

ARK